Especial Ryzen: Overclock e Benchmarks

Chegou a hora da verdade. Agora o AMD Ryzen 7 1700 será testado em overclock e comparado ao seu antecessor, o Intel Core i7 3770K. Confira!


Overclock do processador

A minha experiência em overclock não é de hoje: em meados de 1998 eu já colocava o Pentium MMX de 200 MHz que eu tinha na época para trabalhar em 233 MHz, subindo o multiplicador. Pois bem, com base nesta vivência de quase vinte anos na prática posso afirmar que o Ryzen foi um dos processadores mais fáceis de se fazer overclock que eu já tive, ao menos em conjunto com a placa mãe ASRock X370 Fatal1ty Gaming K4. Basta alterar a frequência do processador e a tensão para os valores desejados no Setup:


Uma dica preciosa para uma melhor estabilidade em sistemas AM4 é ajustar o parâmetro Load-Line Calibration para um valor baixo, 1 ou 2. Isto evita grandes flutuações na tensão de alimentação do processador, o que sempre é bom em termos de estabilidade.


Após algumas tentativas, consegui estabilizar o processador a 4 GHz com uma tensão de 1,375 V. Ele até atingiu 4,1 GHz, porém somente ficou estável com 1,425 V de tensão – com certeza não vale a pena por apenas 100 MHz a mais.

Peço que desconsiderem a tensão exibida pelo CPU-Z, pois apenas a partir da versão 1.79.1 o aplicativo passou a mostrar corretamente este valor.


Como viso desempenho máximo optei por desabilitar as funções de economia de energia, mas isto vai de cada um. 😉


Os testes de estabilidade e aquecimento foram feitos com o Cinebench R15 e o Handbrake, este último mostrou-se muito bom para testar a estabilidade ao se encodar um arquivo de vídeo para MP4 com o codec H.264. Como podemos ver na tela do HWMonitor abaixo, o Ryzen a 4 GHz e 1,375 V manteve-se abaixo dos 60 graus Celsius em plena carga, o que é muito bom. Mérito do watercooler Corsair H100i.


Overclock da RAM

Os módulos de memória Kingston HyperX Fury DDR4-2133 também obtiveram um resultado muito bom: atingiram 2667 MHz com apenas 1,24 V de tensão e temporizações 16-15-15-35, e o melhor: com o Command Rate em 1T. Uma dica: nos sistemas AM4 ajustar o parâmetro “AM4 Advance Boot Training” para “Auto” ou “Enabled” ajuda bastante quando se faz overclock da RAM. 


Não foi possível ir além disto mesmo aumentando as latências, a tensão de alimentação (cheguei a até 1,30 V) e o Command Rate para 2T, mas de qualquer modo foi um ótimo resultado. Abaixo podemos ver as configurações presentes no chip SPD dos módulos.


Benchmarks

Chegou a hora da verdade! O AMD Ryzen 7 1700 foi avaliado em uma bateria de benchmarks e comparado com o antecessor Core i7 3770K. As configurações são as seguintes:

Ryzen


Core i7

Os componentes comuns a ambos são os seguintes:


Diferenças de até 3% não serão consideradas. As comparações são as seguintes:

  • Ryzen 3 GHz vs 3770K 3,5 GHz (frequências padrão);
  • Ryzen @ 4 GHz DDR4 @ 2666 vs 3770K @ 4,6 GHz (overclock);
  • Ryzen @ 4 GHz DDR4-2133 vs Ryzen @ 4 GHz DDR4 @ 2666 (overclock da RAM);

PCMark 8

Os testes do PCMark 8 simulam aplicações do dia a dia, jogos e softwares de produção de conteúdo.

Home

Nas frequências padrão a vantagem do Ryzen foi de 5%, e em overclock 7%. Não houve ganhos com o overclock de RAM no Ryzen.


Work

Aqui apenas no padrão o ganho do Ryzen saiu de margem de erro: 5%.


Creative

As diferenças foram de 6% no padrão e 7% em overclock.


3DMark

Cloud Gate (720p)

As diferenças foram de 34% no padrão e 31% em overclock, e aqui o overclock da RAM fez diferença: 16%.


Sky Diver (1080p)

As diferenças foram de 13% no padrão e em overclock, e 4% no overclock da RAM.


Fire Strike (1080p)

Aqui o 3770K e o Ryzen ficaram tecnicamente empatados, sendo que o overclock da RAM permitiu um ganho de 11% para o Ryzen.


Fire Strike Extreme (1440p)

Nas frequências padrão e em overclock a vantagem do Ryzen foi de 4%. Não houve ganhos com o overclock de RAM no Ryzen.


Fire Strike Ultra (4K)

Não houve diferenças acima dos 3% em nenhum dos cenários. Realmente para jogos em 4K o processador e a frequência da RAM pouco importam, pois o limitador de desempenho passa a ser o processamento gráfico.


Time Spy (1440p, DirectX 12)

Nas frequências padrão a vantagem do Ryzen foi de 18%, e em overclock 15%. Não houve ganhos com o overclock de RAM no Ryzen.


3DMark 11 (720p)

As diferenças foram de 16% no padrão e 14% em overclock, e aqui o overclock da RAM fez diferença: 5%.


Unigine

As suítes Unigine não se deram bem com o Ryzen, que ficou sempre atrás do 3770K.

Heaven 4.0 (900p)

A vantagem do 3770K foi de 19% no padrão e de 7% em overclock.


Valley 1.0 (1080p)

A vantagem do 3770K foi de 23% no padrão e de 20% em overclock. O overclock da RAM melhorou o desempenho do Ryzen em 4%.


Cinebench R15

CPU

Fortemente voltado a multitarefas, neste teste o Ryzen deu o troco em grande estilo: 100% no padrão e 111% em overclock.


CPU Single Core

No teste que utiliza apenas um núcleo do processador houve um empate técnico em todos os critérios.


OpenGL

Na renderização em OpenGL do Cinebench houve um empate técnico no padrão, com vantagem de 8% ao Ryzen em overclock. OS resultados estão em quadros por segundo.


CPU-Z

Multi Thread

Neste teste a vitória do Ryzen foi acachapante: 115% no padrão e 112% em overclock.


Single Thread

O 3770K padrão teve uma vantagem de 10% sobre o Ryzen padrão. Este resultado é devido à maior frequência do 3770K (3,5 vs 3 GHz). Nos demais testes houve um empate técnico.


Handbrake

Para os testes com esta ferramenta foi extraído o primeiro episódio da série Band Of Brothers e encodado com o codec H.264 no preset “Fast 1080p”. Os resultados mostram o tempo em segundos que cada configuração levou para concluir a tarefa, desta forma quanto menor o tempo, melhor.

Aqui a vantagem do Ryzen foi de 42% no padrão e de 45% em overclock.


GTA V

Os testes foram efetuados com os ajustes gráficos no nível máximo e com o anti-aliasing desligado, e os resultados são a média de quadros por segundo.

1080p

Aqui a vantagem em overclock do Ryzen foi de 9%, sendo que o overclock da RAM proporcionou um ganho de 15% ao processador da AMD.


1440p

O overclock da RAM ocasionou um ganho de 7% ao Ryzen. Nos demais comparativos houve um empate técnico.


Mad Max

Com a ajuda do utilitário FRAPS foi calculada a média de quadros por segundo da sequência inicial do jogo. Com os ajustes gráficos no nível máximo e com o anti-aliasing desligado.

1080p

Houve um empate técnico em todos os resultados.


1440p

Novamente um empate técnico.


Doom (OpenGL)

Com a ajuda do utilitário FRAPS foi calculada a média de quadros por segundo da sequência inicial do jogo. Com os ajustes gráficos no nível máximo e com o anti-aliasing desligado.

1080p

Aqui o 3770K saiu-se melhor: 9% no padrão e 7% em overclock.


1440p

Aqui o 3770K saiu-se melhor também: 7% no padrão e 17% em overclock.


Para fechar com chave de ouro esta postagem épica, segue um vídeo com os melhores momentos do Ryzen em overclock:


Conclusões

Para quem tem um Core i7 Sandy Bridge ou posterior acredito que os resultados dos ensaios são cristalinos: somente vale a pena migrar para um Ryzen 7 caso você faça uso de aplicações otimizadas para múltiplas threads, tais como renderização de imagens e encode de vídeos. Virtualização é outra área que se beneficia bastante de diversos núcleos de processamento. 

Já se você utiliza o PC principalmente para jogos ainda não é o momento de migrar, pois levará um certo tempo para as produtoras otimizarem os títulos para a arquitetura Zen e/ou para fazer uso de múltiplas threads. Neste caso nem mesmo um Core i7 7700K faria diferença, como bem mostrou este breve comparativo

Quanto ao potencial de overclock do Ryzen 7 1700, diria que ele ficou dentro da expectativa: 1 GHz a mais para um processador recém-lançado é um resultado que pode ser considerado bom. Porém no quesito overclock o grande destaque foram os módulos de memória Kingston HyperX Fury DDR4-2133: por ser um modelo de entrada, obter 2667 MHz com o Command Rate em 1T é algo memorável.

Para finalizar, a AMD fez o dever de casa e a arquitetura Zen é um avanço estrondoso perante a Bulldozer, tanto que o Ryzen deu aquela agitada no até então modorrento mercado de processadores x86 e tirou a Intel da zona de conforto. Aos que fazem uso de aplicações otimizadas para múltiplas threads o Ryzen 7 1700 é um processador com um custo x benefício imbatível: o modelo equivalente da Intel, o Core i7 6900K, custa quatro vezes mais.

Anterior:
Especial Ryzen: Configuração dos arranjos RAID e finalização da montagem

Comentários

  1. Que artigo incrível cara, estive pesquisando há tempos e só agora encontrei seu material tirando todas as dúvidas que eu tenho, ou quase todas. Ontem comprei um R7 1700 e "ganhei" um ssd de 120GB pela kabum. Agora vêm a questão, pretendo montar um pc para utilizar Maya, Zbrush, 3Dmax, renderizar, mas fico na dúvida sobre qual placa mãe pegar, fonte e memória ram.
    Por exemplo, a memória eu encontrei no site da Gearbest a kingston savage 8GB 3000MHz por R$325,00. Seria melhor pegar uma 2133 igual você?
    A placa mãe me indicaram B350, mas vi que elas pecam em vários quesitos.
    Sua placa de vídeo compensa o investimento também? Parece ser muito boa.
    Parabéns novamente pelo ótimo artigo e por compartilhar suas experiências. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário! Vamos lá:

      1. Quanto às memórias, tudo depende do preço! Se os módulos 3000 MHz estiverem muito mais caros, pegue 2133 ou 2400 MHz e mande ver no overclock. No meu caso eu coloquei 32 GB e para tanto peguei 2133 MHz (troquei velocidade por quantidade), felizmente elas chegaram a 2666 sem muito esforço.

      2. Há algumas X370 mais baratas como esta ASRock que eu comprei, além de alguns modelos da Asus, Gigabyte e MSI, mas de qualquer modo as B350 ainda custam bem menos. Se você não pretende fazer SLI ou Crossfire, uma B350 mais equipada pode ser a melhor escolha.

      3. Depende da resolução que você quer jogar. Para 1080p uma GTX 1060 de 6 GB está de bom tamanho, para 1440p uma 1070 já é mais indicada.

      Excluir
    2. Boa noite Michael,

      1 - Andei vendo que o chip da memória ram faz toda diferença no overclock, e que as marcas utilizam diversos tipos de chip. Saberia me dizer como descubro qual o chip da memória antes de efetuar a compra?

      2 - Pensei o mesmo, uma B350 mais equipada seria mais viável, no caso, andei cotando essas aqui, o que você acha? Recomendaria alguma em especifico? Aliás, cotei elas por possuirem o USB tipo C, infelizmente as da Gigabyte têm um aúdio ótimo, mas sem este item que pode ajudar muito futuramente:

      MSI B350M MORTAR - R$509,90:
      https://www.kabum.com.br/produto/86289/placa-mae-msi-p-amd-am4-matx-b350m-mortar-ddr4

      MSI MORTAR ARCTIC - R$539,90:
      https://www.kabum.com.br/produto/86288/placa-mae-msi-p-amd-am4-matx-b350m-mortar-arctic-ddr4

      MSi B350 GAMING PLUS - R$599,90:
      https://www.kabum.com.br/produto/89547/placa-mae-msi-p-amd-am4-atx-b350-gaming-plus-ddr4

      ASRock Fatal1ty AB350 GAMING K4 - R$659,90:
      https://www.kabum.com.br/produto/86199/placa-mae-asrock-p-amd-am4-fatal1ty-ab350-gaming-k4-ddr4

      MSI B350 TOMAHAWK ARCTIC - R$669,90:
      https://www.kabum.com.br/produto/86287/placa-mae-msi-p-amd-am4-atx-b350-tomahawk-arctic-ddr4

      3 - Bom, atualmente tenho um monitor bem fraco e jogo apenas LOL, mas como vou atuar com modelagem 3D, notei que seria mais viável investir um pouco mais numa GTX 1070, porém, dizem que é melhor aguardar as placas "VEGA" chegarem. Aliás, as GTX 1070 são tudo a mesma coisa, por exemplo, seria viável pegar a mais barata delas que surgir?

      Obrigado pelas dicas! Abraço!

      Excluir
    3. Vamos lá:

      1 - Só pesquisando no Google mesmo para saber antes de comprar;

      2- É difícil apontar a placa mãe mais indicada, eu escolheria com base nos recursos e no preço. Você tem quer ver quais recursos são mais importantes para ti, como o já citado USB C. Eu acrescentaria nesta lista ao menos um slot M.2 PCIE.

      3 - A princípio todas as GTX 1070 devem seguir no mínimo a especificação de referência da Nvidia, sendo que algumas tem overclock de fábrica. Mas eu esperaria a Vega sair para depois tomar uma decisão.

      Excluir
    4. Olá Michael, blz?
      Depois de muito pesquisar, acabei montando a seguinte configuração:
      AM4 RYZEN 7 1700
      AsRock X370 Fatal1ty Gaming K4
      2 x 8GB DDR4 3000Mhz CORSAIR
      GTX 1070 EVGA SC
      SSD 120 GB
      RM550 CORSAIR
      CORSAIR CARBIDE 270R

      Estou gostando muito, mas agora pretendo brincar com overclock.

      No caso, minha bios ainda está na versão 2.30 e pelo seu artigo, posso atualizar ela pela própria bios. O ponto é meu receio de fazer alguma besteira, é realmente simples assim?

      Utilizo o próprio cooler box que veio, então acredito que seria inviável subir o clock até o ponto que o seu chegou. Poderia me dar alguma dica sobre qual voltagem e clock ficariam estáveis na minha configuração?

      Desde já, obrigado pela colaboração.

      Abraço!

      Excluir
    5. É difícil dizer sobre qual tensão e frequência daria para colocar em um processador sem testar, visto que cada chip é diferente. Porém acredito que 3,8 GHz você consiga sem problemas, e a tensão de alimentação mantenha no máximo até 1,35 V que é o recomendado pela AMD.

      Quanto à atualização do firmware, basta descompactar o arquivo baixado do site da AsRock em um pendrive. Note que qualquer processo de atualização envolve riscos, muito embora nas placas atuais eles sejam pequenos.

      Excluir

Postar um comentário