Unboxing e primeiras impressões: Monitor Dell S2716DG de 27”

Com destaques como a taxa de atualização de 144 Hz, tempo de resposta de 1 ms e suporte ao G-Sync da Nvidia o S2716DG é o primeiro monitor gamer da Dell. Confiram aqui as minhas impressões sobre este monitor e se ele é uma boa compra.


Não, eu não fui contaminado pela febre do upgrade. Na verdade estava bem servido com o LG 29MA73D, porém a minha suíte precisava de um aparelho de TV após a montagem dos móveis feitos sob medida. Uma vez que o LG também tem função TV e coube perfeitamente na mobília, o transferi para esta utilização.

Para o seu substituto busquei um aparelho um pouco mais future proof, com taxa de atualização acima dos 75 Hz, resolução mínima de 2560 X 1080 (porém sem ser 4K) e preferencialmente com suporte ao G-Sync. Após muita pesquisa cheguei a este Dell, cujas especificações são as seguintes:

  • Tela de 27”;
  • Resolução de 2560 X 1440 (QHD);
  • Taxa de atualização de 144 Hz;
  • Tempo de resposta de 1 ms;
  • Brilho de 350 cd/m2;
  • Tecnologia Nvidia G-Sync;
  • Painel TN de 8 bits;
  • Conexões: 1x DisplayPort, 1x HDMI e 4x USB 3.0.

O único outro monitor com estas características que encontrei a venda no Brasil é o Asus Rog Swift PG278Q, cujas especificações são idênticas ao S2716DG (na verdade o Dell é ligeiramente melhor pois também conta com uma porta HDMI, enquanto que o Asus só a DisplayPort), porém custa em média R$ 1.500 a mais. Seria o preço da grife Asus Rog?

Unboxing

Mas vamos analisar esta belezinha com calma. A sua embalagem é discreta, o único detalhe que alude ao público gamer é a inscrição Nvidia G-Sync.


Abrindo a caixa (com grande satisfação :p):


Os suportes do monitor (que são absurdamente fáceis de montar, padrão dos Dell), CD com drivers e o manual de montagem rápida. Destaque para o adesivo Nvidia G-Sync na base:


Os cabos que acompanham o S2716DG. Felizmente a Dell despacha junto com o monitor um cabo DisplayPort (à direita), além de um cabo USB 3.0 para ligação ao computador e o de força.


As conexões do painel traseiro, da esquerda para a direita: elétrico, DisplayPort, HDMI, ligação do hub USB e duas portas USB 3.0:


Na lateral esquerda há mais duas portas USB 3.0 e uma saída de áudio P2:


Funcionamento

Após a rápida montagem, eis o bichinho em funcionamento:


Os botões presentes na lateral direita inferior permitem ativar o menu OSD de configuração, como o ajuste do brilho e contraste...


... e da origem do sinal, dentre outros. Uma boa característica deste monitor é também ter uma porta HDMI, o que permite ligar outros dispositivos tais como consoles e reprodutores de mídia em geral.


Calibrando as cores

Sem dúvida uma das características que menos empolgam neste monitor é o painel TN, embora estes novos painéis com 8 bits de profundidade de cor prometem reduzir a diferença de fidelidade para os IPS. Como o LG 29MA73D é IPS, é a oportunidade perfeita para avaliar se isto é verdade ou não.

A calibração de cores de fábrica feita pela Dell realmente não convence. Com cortes desbotadas, assusta principalmente quem como eu estava saindo de um painel IPS. Porém com um calibração fina é possível extrair todo o potencial do TN de 8 bits, e aí posso dizer sem medo de errar que se aproxima bastante de um painel IPS, com cores bastante vívidas. Não posso afirmar que iguala, mas realmente chega muito perto.

Compartilho com vocês a minha calibração de cores. No driver de vídeo...


... e nas configurações do monitor:

Ajustes de brilho e contraste

Ajustes da palheta RGB

Configurando a taxa de atualização

Mesmo na área de trabalho do sistema operacional vale a pena ajustar a taxa para o máximo suportado pelo conjunto, pois o conforto visual fica muito bom. Por exemplo, o meu monitor secundário é um LG W2353V de 23” (1920 X 1080, 60 Hz) e é nítida a diferença de suavidade quando arrasto uma janela do Windows de um monitor para outro.

O ajuste da taxa é facilmente feito pelo driver da Nvidia. Porém descobri que as GTX 760 não suportam a taxa de 144 Hz em 2560 X 1440 – nesta resolução o máximo suportado é 120 Hz e somente a partir das GTX 980 há suporte para 2560 X 1440@144 Hz. Não vou chorar por causa de 14 Hz, e além do mais como afirmei na abertura este monitor foi comprado também pelo future proof. Assim relaxei e gozei.


Conferindo o G-Sync

O G-Sync é uma tecnologia proprietária da Nvidia que tem por objetivo promover um sincronismo perfeito entre o monitor e a placa de vídeo, de forma a aumentar a fluidez dos jogos e evitar os atrasos gerados pelo V-Sync e o screen tearing, quando a tela mostra um novo quadro antes de terminar a exibição do quadro anterior, ficando na mesma uma “quebra” com os dois quadros misturados e grande desconforto visual – isto ocorre comumente quando se desativa o V-Sync. Um monitor compatível com o G-Sync possui um controlador dedicado para manter um perfeito sincronismo com a GPU.

Normalmente o G-Sync é habilitado por padrão quando um monitor compatível é identificado, mas não custa nada verificar. Um detalhe importante: o G-Sync funciona apenas na DisplayPort e não na HDMI.


E os jogos?

Bem, só posso dizer uma coisa: ficaram FODAS! Depois que você joga com o G-Sync e uma alta taxa de atualização você nunca mais vai querer jogar sem isso. A sensação de fluidez é absurda! Não fiz filmagens da tela pois com certeza a minha câmera (uma Nikon Coolpix L820) não seria capaz de capturar estes detalhes a contento. Só jogando mesmo para saber!

Felizmente as minhas três GTX 760 deram conta do recado a 2560 X 1440, porém sem Anti-Aliasing (somente com o FXAA que penaliza muito pouco a performance). De qualquer modo, quanto maior a resolução menor a necessidade do AA. Com a calibração de cores os jogos também ficaram bastante bonitos visualmente.

Confiram esta cena do Nazi Zombie Army. Os 121 FPS estão de acordo com a taxa de 120 Hz utilizada:


Os ajustes gráficos do jogo:


No GTA V também foi possível obter bons resultados. Infelizmente neste título a ferramenta de screenshots do Steam não capturou as informações exibidas pelo EVGA PrecisionX, porém afirmo que em média o jogo roda a 90-95 FPS com picos de 120 FPS, justamente a taxa de atualização máxima do conjunto.


Em 2560 X 1440 não sinto falta nenhuma do AA.


As configurações aplicadas:



Conclusão

Em termos "gamísticos", o Dell S2716DG é o melhor monitor vendido no Brasil para donos de GPUs Nvidia – tecnicamente é igualzinho ao Asus Rog Swift PG278Q custando muito menos, embora também não seja exatamente barato. Sem dúvida o G-Sync, a alta taxa de atualização e o baixo tempo de resposta proporcionam grande prazer à jogatina em termos de fluidez e conforto visual. O painel TN de 8 bits depois de devidamente calibrado não decepciona, ficando com uma fidelidade de cores muito próxima dos IPS, porém ainda sem igualá-los (digo de forma puramente empírica que ficam com 90% da fidelidade de um IPS).

Porém para usufruir plenamente do S2716DG é necessário um hardware de ponta, tenha em mente isto. A GPU deve ser pelo menos uma GTX 980 por suportar 144 Hz em 2560 X 1440 ou um SLI com duas 970 (ou arranjo equivalente, neste caso limitado a 120 Hz). Nada impede, porém, que você compre o monitor e depois melhore o hardware (se lembram do future proof?), a única exigência é que a GPU seja uma Nvidia pelo G-Sync - há suporte ao mesmo a partir das GTX 650 Ti Boost (confira aqui a lista completa de GPUs suportadas). Se você tiver GPU AMD mas pretende migrar para uma Nvidia também é uma escolha válida.

Finalizando, com certeza o maior ponto negativo deste Dell é o preço elevado. Por outro lado a sua longevidade será muito maior do que monitores com especificações inferiores, sem sombra de dúvida. É monitor para dez anos ou mais.

Comentários

  1. cara, parabéns pelo resumo e compartilhamento de sua calibração, estava com duvidas em comprar o monitor apos ler seu depoimento vou fazer minha compra, muito obrigado

    ResponderExcluir
  2. amigo fiz a compra, porem não tem estoque no brasil como assim??? comprei na loja da dell o atendimento via chat informou que o prazo pode chegar a 2 meses para entrega.... e monitor se arrependeu de ter comprado ele? no ta de 0 a 10? pra ele hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não comprei diretamente da Dell justamente pelo prazo de entrega (eles importam conforme a demanda). Na época que fiz a compra achei no Wallmart por menos de 100 reais a mais, porém a pronta entrega - de fato recebi o monitor em dois dias úteis.

      Não me arrependo nem um pouco da compra, é um monitor fantástico. Dou 9,5 a ele. :p

      Excluir
  3. O monitor ta funcionando bem? Não apresentou nenhum defeito? Você sabia que qualquer equipamento dell comprado fora do site eles dão garantia de apenas 1 ano? Eles não cumprem a garantia de 3 anos. To preocupado com isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até o momento está perfeito o monitor.

      Agora essa de não cumprirem a garantia de 3 anos se comprado fora do site é palhaçada, típico caso de venda casada. Se precisar e me negarem a garantia depois do primeiro ano vou buscar os meus direitos.

      Excluir

Postar um comentário