Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

Os sete mandamentos para comprar no Mercado Livre (Atualizado)

Imagem
Grande parte dos componentes mostrados no blog foram comprados na rede de comércio eletrônico Mercado Livre. Assim decidi compartilhar com vocês um pouco da minha experiência de anos de garimpo.

Outro prego no caixão do Windows 10 Mobile

Imagem
Sistema móvel da Microsoft não faz mais parte do programa Windows Insider. A sua agonia é lenta e terrível.


O disparo tweet do chefe do programa Insider, Brandon LeBlanc, a um usuário foi certeiro e fulminante:

O Windows 10 Mobile está fora do programa Insider, o que era esperado visto que o sistema está oficialmente morto e somente terá correções de segurança.
É uma pena que o sistema operacional móvel da Microsoft teve este final inglório, infelizmente a empresa não foi capaz de recuperar-se da retumbante cagada feita pelo Steve Ballmer no final da década passada, quando não deu a devida atenção aos mobiles (e desdenhou do primeiro iPhone). Assim o mercado fica perigosamente concentrado entre o Google e a Apple.

Born Again, um clássico cult (Atualizado)

Imagem
A insólita formação do Black Sabbath com Ian Gillan nos vocais durou apenas um disco. Mas que disco!


Rebuild #2: o meu PC dos sonhos em 1998 (Parte 4 – Pentium MMX Super 7)

Imagem
E se a Intel tivesse aderido ao padrão Super soquete 7? Confira aqui esta viagem histórica!



Sim, eu saí do Facebook. E até agora não sinto a menor falta

Imagem
Recentemente eu cometi o que chamam de “facebookcídio”. Veja aqui os meus motivos.


Via ressurge dos mortos

Imagem
Assim como Jason Voorhees, a Via sempre reaparece quando é dada como morta. Confira a sua nova linha de processadores x86.



Talvez os mais novos não saibam, mas a Via foi uma gigantesca fabricante de chipsets cujo auge deu-se no início do século, principalmente durante a era dos processadores AMD soquete A (ela perdeu o reinado para os Nvidia Nforce 2). Se hoje apenas a própria AMD e a Intel produzem circuitos de apoio, naquela época era diferente e o mercado de chipsets era duramente disputado por diversos fabricantes.
Em 1999 a Via adquiriu a Cyrix (história que contei aqui), dando início à sua aventura no terreno dos processadores x86: alguns exemplos foram os Via-Cyrix, Nano, C3 e C7, que porém jamais fizeram sucesso. E não é que, 14 anos após ter apresentado o seu último processador (o Nano), a Via volta-se novamente para o x86?
Mas a Via não está sozinha. Com o apoio da cidade de Xangai foi criada uma nova empresa chamada Zhaoxin, o que fomentou o lançamento da linha de processa…

Linus detona a Intel

Imagem
Criador do Linux mostra a sua conhecida sinceridade sobre os problemas de segurança dos processadores Intel.



Tem duas coisas sobre o Linus Torvalds que eu curto pra caramba: ter criado o kernel Linux e as suas declarações politicamente incorretas. Recentemente ele mostrou este lado sobre as falhas de segurança Meltdown e Spectre que assolam principalmente os processadores Intel, em uma lista de discussão do LKML.ORG. Separei os melhores trechos (minha adaptação):

"Os patches são lixos completos e malfeitos"
"Eles (Intel) estão literalmente fazendo coisas insanas, coisas que não fazem sentido"
"Que merda é essa?"
"Eles (Intel) estão ignorando o pior dos problemas: que toda a interface do seu hardware é mal projetada por idiotas"
"O overhead dos patches é enorme no hardware existente, e ninguém em sã consciência vai utilizá-los"
"Acho que precisamos de algo melhor do que este lixo"
As críticas de Linus são duras, mas totalmente pert…

Finalmente saíram as APUs Zen + Vega

Imagem
As novas APUs "Raven Ridge" baseadas na microarquitetura Zen com motor gráfico Vega finalmente são anunciadas pela AMD. Confira todos os detalhes.



Não são poucos os que ansiosamente esperam pelas novas APUs da AMD baseadas nos processadores Ryzen. Agora finalmente a espera chegou ao fim! Confira a ficha técnica dos primeiros modelos anunciados:
Ryzen 5 2400G
Quatro núcleos e oito threads;Frequência de 3,6 GHz (3,9 GHz boost);Motor gráfico Vega 11 com 704 unidades de processamento e frequência de 1250 Mhz;Custo de US$ 169,99.
Ryzen 3 2200G
Quatro núcleos e quatro threads;Frequência de 3,5 GHz (3,7 GHz boost);Motor gráfico Vega 8 com 512 unidades de processamento e frequência de 1100 Mhz;Custo de US$ 99,99.
Em comum os processadores possuem 6 MB de cache, controladora de memória DDR4 de dois canais, TDP de 65 W e litografia de 14 nm. Obviamente utilizam o soquete AM4, sendo que as placas-mãe atuais necessitam de uma atualização de firmware. As novas APUs estarão disponíveis nos E…

Bem-vindos ao blog do Michael!

Imagem
Ampliar os horizontes sempre é necessário. Precisamente no dia em que o blog completa quatro anos, ele entrará em uma nova fase. Confira as novidades!



Foi exatamente no dia 23 de janeiro de 2014 que eu publiquei a primeiríssima postagem do blog, onde eu exalava todo o meu orgulho nerd ao mostrar a configuração do meu PC. Eu não achava que o blog duraria mais do que seis meses (como muitos outros projetos anteriores meus), assim completar quatro anos no ar é um feito e tanto!
Neste tempo todo fiz bons amigos, o que eu considero a maior conquista do blog, e muitas postagens foram produzidas (mais de 900!), porém todas com algo em comum: eram sobre tecnologia apenas. Após muito refletir cheguei à conclusão de que é hora do blog sair da caixa e ampliar os temas abordados, tendo em vista que além de tecnologia eu gosto também de outros assuntos como música, carros, histórias de vida e até mesmo política. Digamos que a partir de agora o blog terá um “plus a mais”.
Quem me conhece pessoalme…

Veja se o seu PC está vulnerável ao Meltdown e Spectre

Imagem
Pequeno utilitário que dispensa instalação permite realizar a verificação rapidamente. Confira!



Desenvolvido pela renomada Gibson Research Corporation (do grande Steve Gibson), o InSpectre permite verificar facilmente se o seu PC está vulnerável. Basta baixá-lo aqui e executá-lo.
No meu Ryzen 7 1700 o resultado foi o seguinte:

Os AMD são imunes ao Meltdown, porém teoricamente são vulneráveis ao Spectre, muito embora a AMD considera bastante improvável que esta falha possa ser explorada nos seus processadores.
O software faz algumas recomendações para corrigir as falhas. O meu Windows está com todas as atualizações instaladas e com a penúltima versão do firmware da placa-mãe, visto que a última tem um bug com o utilitário de configuração do RAID. Acredito que uma atualização no microcódigo do processador seja necessária.

Como curiosidade, também rodei o utilitário em um Core i5 4590. Realmente nos Intel o bicho é bem mais feio:

Meltdown e Spectre: que loucura! (Atualizado)

Imagem
Sem dúvida a notícia mais importante das últimas semanas foram as graves falhas de segurança dos processadores Intel, AMD e até mesmo ARM. Talvez este seja o mais grave problema que envolve hardware em todos os tempos.

Durante as minhas férias toda hora pingava no celular notícias sobre o Meltdown e o Spectre, assim acho que devo traçar algumas linhas sobre o tema. Como muitos já devem saber, a vulnerabilidade Meltdown compromete o isolamento entre as aplicações e o kernel do sistema operacional, enquanto que o Spectre diz respeito à falhas no isolamento entre diferentes aplicações. Como são oriundas dos processadores, as falhas atingem quaisquer sistemas operacionais: Windows, Linux, Mac OS, Android, iOS...
No caso dos processadores Intel, modelos lançados nos últimos dez anos estão vulneráveis, enquanto que a AMD (que divulgou que não é afetada pelo Meltdown e que acha difícil que o Spectre seja aplicável aos seus processadores) e a ARM também são afetadas em menor escala. A lista …

Os Zen+ estão chegando! (Atualizado)

Imagem
Nova safra de processadores AMD está no forno e deverá ser lançada do final do primeiro semestre. A melhor notícia é que as placas AM4 atuais realmente serão compatíveis. E sim, estou de volta! 😄

A imagem de abertura desta postagem foi tirada da página de suporte da minha placa-mãe ASRock Fatal1ty X370 Gaming K4: o novo firmware compatível com os Zen+ já está disponível! Conforme as primeiras informações os Zen+ terão alguns aperfeiçoamentos: litografia de 12 nm (os atuais são 14 nm), maiores frequências de operação (será que terão mais margem para overclock?) e a tecnologia Precision Boost 2.0. Também há rumores de que o IPC será algo em torno dos 15% maior.
Mas sem dúvida a melhor notícia é a compatibilidade com as placas AM4 atuais, conforme eu já havia antecipado no início de dezembro. Ao contrário do que ocorreu com a última geração da Intel, no caso dos AMD será possível mesclar processadores e placas-mãe de primeira e segunda gerações. Muito bom.

Atualização 21/01/2018: atuali…