Postagens

Mostrando postagens com o rótulo 3dfx

Apresentando o Cyrix MII-333GP (Parte 1 – Montagem e benchmarks)

Imagem
Confira a apresentação do exótico MII, que marcou a última e desesperada tentativa da Cyrix de competir no mercado de processadores x86 antes de ser vendida para a Via.

Apresentando o AMD K6-2 de 400 MHz (Parte 2 – Overclock)

Imagem
Nesta segunda parte da série sobre o K6-2 de 400 MHz levarei o bichinho até o seu limite. Confiram aqui como ele se saiu!

Projeto 3dFX (Parte 4 – Rodando jogos clássicos)

Imagem
Na quarta parte do Projeto 3dFX mostrarei uma ferramenta muito boa da Microsoft, que permite rodar jogos e programas antigos no Windows XP. Confira!

Projeto 3dFX (Parte 3 – Benchmarks clássicos)

Imagem
Na terceira parte do projeto 3dFX mostrarei o comportamento do PC nos benchmarks antigos. Os resultados foram bastante animadores!

Apresentando o AMD K5 (Parte 2 – Overclock)

Imagem
Após a apresentação deste icônico processador mostrarei agora o mesmo funcionando acima da sua frequência padrão. Veja como ele se saiu!

Projeto 3dFX (Parte 2 – Montagem e configuração)

Imagem
Neste segundo episódio da série mostrarei a montagem e configuração desde ousado e especial projeto. Sigam-me os bons!

Apresentando o AMD K5 (Parte 1 – Benchmarks)

Imagem
Após a pausa para o feriado onde é lembrado o verdadeiro golpe militar brasileiro, retomo as atividades. O K5 foi o primeiro processador x86 completamente desenvolvido pela AMD, portanto confira aqui as suas características técnicas e como ele se saiu nos benchmarks!


O contexto histórico
Dos processadores 8086/8088 até o 80486, todos os chips fabricados pela AMD eram baseados nos projetos da própria Intel, seja via acordo de licenciamento ou mesmo por engenharia reversa. Foi somente em meados da década de 1990, quando a partir do Pentium a Intel decidiu não mais licenciar o projeto dos seus processadores, que a AMD foi à luta e desenvolveu um projeto próprio de processador x86. Sem falar que, ao contrário do que acontecia até o 80486, o nome Pentium era registrado e assim fazer engenharia reversa dele certamente renderia um processo bilionário.

Esta decisão da Intel varreu do mapa muitos outros fabricantes de processadores x86, tais como a Siemens, Harris, UMC, Texas Instruments e até…

Projeto 3dFX (Parte 1 – Apresentação dos componentes)

Imagem
Imagine montar um PC com componentes atuais, porém que também seja capaz de executar jogos e aplicações antigas? Este é o Projeto 3dFX, onde o moderno e o antigo se encontram!



Apresentando o Pentium clássico (Parte 2 - Overclock)

Imagem
Coloquei o Pentium de 133 MHz para funcionar acima da sua frequência padrão. Veja como ele se saiu!



Apresentando o Pentium clássico (Parte 1 - Benchmarks)

Imagem
O Pentium representou a quinta geração de processadores x86 da Intel e, embora não tenha sido marcante como o sucessor Pentium Pro, foi também uma considerável evolução.

CPU Wars: Intel Pentium MMX versus AMD K6 (Quake II)

Imagem
Estes dois processadores clássicos não poderiam ficar de fora do comparativo com o Quake II, que recentemente incluí dentre os benchmarks do blog. Os resultados foram surpreendentes!

O Intel Pentium MMX e o AMD K6 já travaram muitas batalhas aqui no blog, que podem ser conferidas nesta e nesta postagem. O PC utilizado para os testes é o Rebuild #2, cuja configuração completa por ser vista aqui.
Faltava apenas incluir o teste com o Quake II rodando em OpenGL, que se mostrou um título deveras dependente da unidade de ponto flutuante, claramente favorecendo o Pentium MMX – abra a página de benchmarks clássicos para conferir todos os resultados.

Como a unidade de ponto flutuante do K6 não é lá essas coisas, ele não foi muito bem neste teste. Na sua frequência padrão de 233 MHz ele ficou tecnicamente empatado com o Pentium Pro de 200 MHz. Isto não seria demérito de forma alguma, não fosse por um “pequeno” detalhe: o Pentium Pro conta com uma singela 3dfx Voodoo, bem menos poderosa do que …

Montando o PC dos sonhos em 1996 (Parte 4 – Extras)

Imagem
Nesta parte da série mostrarei alguns cenários práticos de uso do Pentium Pro, bem como falarei também sobre uma velha conhecida questão: os backups.

Montando o PC dos sonhos em 1996 (Parte 3 – Benchmarks)

Imagem
Nesta terceira parte da série sobre o PC dos sonhos de 1996 o Pentium Pro passou pelo crivo dos benchmarks. Veja como ele se saiu!

Montando o PC dos sonhos em 1996 (Parte 2 – Configuração)

Imagem
Enquanto que na primeira parte desta série eu apresentei os componentes individualmente e com os preços da época, nesta mostrarei a montagem e funcionamento desta relíquia tecnológica. Aproveitem a jornada!

Montando o PC dos sonhos em 1996 (Parte 1 – Apresentação dos componentes)

Imagem
Nesta nova série de postagens montarei um PC com o melhor (e absurdamente caro) que havia em termos de hardware no ano de 1996. Sigam-me os bons! 😎

Rebuild #3: juntando-se à Aliança Rebelde (Parte 5 - Extras)

Imagem
No quinto episódio da terceira temporada da série Rebuild mostrei algumas aplicações rodando no K6-III, além de alguns cenários de uso e dispositivos de backup.

Rebuild #3: juntando-se à Aliança Rebelde (Parte 4 - Overclock)

Imagem
No quarto episódio da terceira temporada da série Rebuild, exigiremos mais um pouco do honorável AMD K6-III em overclock. Veja aqui como ele se saiu!

Rebuild #3: juntando-se à Aliança Rebelde (Parte 3 - Benchmarks)

Imagem
O bravo PC baseado no processador AMD K6-III e na placa de vídeo 3dfx Voodoo3 foi colocado a prova, o que incluiu também novos testes. Confira os resultados!

Rebuild #3: juntando-se à Aliança Rebelde (Parte 2 - Montagem)

Imagem
Prosseguindo com a série do intrépido AMD K6-III, mostrarei o processo de montagem e configuração da máquina.

Rebuild #3: juntando-se à Aliança Rebelde (Parte 1 - Apresentação)

Imagem
Na terceira temporada da série Rebuild mostrarei o momento que deixei o Império Galáctico (Intel) e juntei-me às fileiras da Aliança Rebelde (AMD), ao trocar o Pentium MMX 200 MHz por um K6-III 400 MHz.