Apresentando a minha coleção de processadores antigos

Confiram a minha linda coleção de processadores antigos, alguns dos quais marcaram época! Com modelos, descrições e imagens atualizados.

Atualizado em 07/07/2014: inclusão do processador NEC V20.
29/09/2014: inclusão dos processadores Cyrix 80486 DX4 100 MHz, AMD K5 PR166 e Intel Celeron de 1 GHz.
03/12/2014: inclusão do AMD 80386 DX 40 MHz.
26/02/2015: inclusão do Intel 8088.
13/08/2015: inclusão do Zilog Z80.
13/10/2015: novo layout e inclusão do coprocessador aritmético IIT 4C87DLC-40.
13/02/2017: inclusão do AMD 8088 e do Intel 80486 DX4 100 MHz.
02/05/2017: inclusão do coprocessador Intel 8087.

Nesta foto 46 processadores vos contemplam (clique na imagem para ampliar)

Eis a minha humilde coleção (clique nas imagens para ampliar):


Harris 80286


Soquete 3

Intel 80486 DX2

Cyrix 80486 DX2


IBM 5x86C

Intel 80486 DX4

Soquete 7

Intel Pentium

AMD K5

Intel Pentium MMX

Cyrix MII

AMD K6

AMD K6-2

AMD K6-III

Soquete 8

Intel Pentium Pro

Slot 1

Intel Celeron-A

Intel Pentium II

Intel Pentium III

Slot A

AMD Athlon

Soquete 370

Intel Celeron

Intel Celeron

Intel Pentium III

Intel Pentium III

Soquete 462

AMD Duron

AMD Athlon

AMD Athlon XP

AMD Sempron

Soquete 423

Intel Pentium 4

Soquete 478

Intel Celeron

Intel Pentium 4

Soquete 754

AMD Sempron

Soquete 939

AMD Athlon 64 X2

Soquete AM2

AMD Sempron 64

Soquete 775

Intel Pentium D

Intel Celeron 430

Coprocessadores aritméticos

Intel 8087

IIT 4C87DLC
Veja também:

Comentários

  1. Pratecamente uma grande coleção uhuhhahahahahah =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, tem louco para tudo! hahahahahahaahahhahahahahha :-)

      Excluir
  2. Cara muito legal... tem até um pentium Pro....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente um Pentium Pro hoje em dia é mosca branca de olhos azuis! E pensar que encontrei ele durante um "dia do descarte" que teve na empresa onde trabalho, por muito pouco ele não foi descartado como lixo eletrônico!

      Excluir
  3. Cyrix MII. Esse é um dos mais clássicos na minha opinião, junto como Pentium Pro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Pentium Pro foi um objeto de desejo na sua época, me lembro até hoje do furor que a arquitetura P6 causou!

      Excluir
  4. Esse olhar para o passado mostra o quanto a arquitetura reina sobre o desempenho e eficiência dos processadores e etc, e não sua frequência ou memória Vram como muito se achava no passado. Excelente coleção, pretende um dia vendê-la ou você ampliá-la cada vez mais?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vendo e não troco! :-)
      Com certeza a arquitetura é o mais importante a ser observado, mas infelizmente os menos versados em tecnologia olham apenas a frequência de operação.

      Excluir
  5. Eu tenho uma pequena coleção, e gostaria de vender... Se tiver alguém interessado, meu email... É... Pedroalgayer@hotmai.com abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, você poderia mandar a relação do que você tem através do formulário de contato?
      Link: http://www.michaelrigo.com/p/foxyform-functiond-t-var-g-d.html

      Excluir
  6. me tira uma duvida, porque você não limpa a pasta térmica e retira os adesivos de garantia? existe algum motivo para não fazer isto? também tenho uma pequena coleção que em breve estarei postando em meu blog... parabéns pela bela coleção...
    abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque sou preguiçoso! :p

      A pasta térmica tiro somente do die, já as etiquetas de garantia são um charme nostálgico. Acho bacana manipular um processador cuja garantia venceu em março de 1996, apenas para citar um exemplo.

      Excluir
  7. Cara, to gostando muito dos seus artigos. Pena que eu não tenho mais meu RbMark, senão te enviaria para você fazer os benchmarks em todos os computadores antigos. Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. É, tu tem coisas aí que me fazem brilhar os olhos! Um K5! Fez testes de benchmark nele? Dava um coro nervoso no Pentium. Se tivesse evoluído, seria de longe o mais rápido hoje. E o Tualatin? Como vc falou mesmo! Dava um coro nos Pentium 4 Willamette. Eu corri muito atrás de um desses quando tinha um PIII. O meu era Coppermine.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente os PIII Tualatin foram boicotados pela própria Intel, que na época estava embarcando na barca furada da arquitetura Netburst - o que é uma pena, pois os Tualatin eram sérios competidores para os Athlon.

      Quanto ao K5, sem dúvida um clássico absoluto! Ainda não analisei ele, mas está na fila!

      Excluir
  9. Sem falar nas outras raridades, como o Pro, o IBM/Cx 5x86 etc. Tive a oportunidade de testar exaustivamente um processador dessa linha Cyrix, tinha como ativar recursos avançados de hardware dele via código, programado em assembly. O Norton Sysinfo jogava a marca de desempenho dele lá embaixo. Mas ele era mais rápido que os da Intel. E, ativando os recursos, melhorava! Pene que alguns recursos eram instáveis e não funcionavam. Muito bom lembrar das épocas de escovador de bits! Pena que vou ter que sair agora e não vouver mais por enquanto. Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho saudades desta época de escovador de bits!

      Excluir
  10. Que tempos... não bate uma saudade?

    eu fico nostalgico... lembrando daquele periodo AMD athlon 64 (os primeiros comerciais 64 bits hehe)

    era briga amd x intel pra todo lado, e a comunidade no orkut, AMD x Intel, lembram?

    nao sei participavam, mas era divertido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que lembro, bons tempos! :-)

      O Athlon 64 foi a era de ouro da AMD. Enquanto que a Intel chafurdava na lama dos P4, os A64 dominavam em todos os aspectos. A arquitetura K8 marcou época, afinal de contas foi ela que trouxe as instruções AMD64!

      Excluir
  11. Caramba!! Até salvei a página em pdf! Todos funcionando?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, todos funcionando perfeitamente! :-)

      Excluir

Postar um comentário