O mito 80486 (Parte 4 – Entrando na era do barramento PCI)

Como escrevi na primeira parte desta série, o 80486 talvez tenha sido o processador que mais testemunhou mudanças de paradigmas, a começar pelos barramentos de expansão: começou com o ISA, viu o surgimento e morte do VLB e esteve nos primeiros momentos do PCI. A presente parte sobre o lendário 80486 abordará a utilização da última geração de placas soquete 3, que já incorporavam o barramento PCI em substituição do VLB.


A placa mãe

Eis a placa mãe PCChips M921 486AVIP que conta com o chip ponte-norte UM8881F e ponte sul UM8886AF, ambos da UMC, já com o processador Intel 80486 DX2 de 66 MHz instalado:


As principais características desta placa são as seguintes:

  • Soquete 3;
  • Dois slots de memória SIMM de 72 pinos do tipo FPM ou EDO, suportando no máximo 256 MB;
  • Três slots PCI;
  • Quatro slots ISA de 16 bits;
  • Memória cache L2 de 256 KB;
  • Duas portas IDE (até o modo PIO4), porta de disquete, paralela e duas seriais integradas;
  • Formato Baby AT.

Este adesivo colado no último slot ISA mostra a data de dezembro de 1995, o que indica que esta placa realmente é da última fornada da geração 486.


Com a ajuda do ótimo site Motherboards Database consegui encontrar o manual dela, o que ajudou bastante:


O esquema de jumpeamento para o Intel DX2:


O suporte ao barramento local de 50 MHz propicia compatibilidade com todos os processadores 486 lançados, até mesmo com o exótico DX-50:


Assim como o Vcore de 3,3 V, requisitado pelo 80486 DX4:


Montagem e demais componentes

Como placa de vídeo utilizei esta clássica Trident 9680 PCI, com 1 MB de VRAM:


Uma vez que o WD Caviar de 420 MB estava pedindo aposentadoria, o disco rígido é este Quantum Fireball de 640 MB:


A sua placa de circuito impresso:


Tudo montado! Uma fonte AT genérica, teclado AT, cooler do processador, buzzer, mouse serial, unidade de CD-ROM LG 52X e o emulador de disquetes USB completam a configuração:


Por algum motivo a placa não inicializou (tela preta, sem bipes) com dois módulos SIMM-72 de 16 MB instalados, somente funcionou quando troquei os mesmos por dois de 4 MB. Não me importei muito pois esta era a quantidade de memória típica da época, e esta plaquinha têm vantagens tais como o barramento PCI e o suporte a todos os 486 lançados.

O Setup da placa é o clássico WinBIOS da AMI, igualzinho ao do meu primeiro PC. Inclusive é possível usar o mouse, nostalgia pura!

Realmente, capturar imagens com a ajuda da placa de captura AverMedia é outra vida

As opções do Chipset Setup. Como vimos na segunda parte da série, a memória cache L2 configurada para o modo Write-Back permite um maior desempenho.


As opções clássicas do menu Advanced Setup:


O disco Quantum foi corretamente identificado, ao contrário do que ocorria na placa mãe VLB que utilizava anteriormente.


O resumo da configuração após o POST:


Com tudo positivo e operante, bora instalar o Windows 95 OSR 2.5!


Bônus: conectando o 486 na rede local e navegando na Web

Como placa de rede utilizei esta clássica 3Com EtherLink III ISA:


A placa foi prontamente reconhecida pelo sistema. Para saber mais sobre como integrar o Windows 9X em uma rede local confira esta postagem especial.


Navegando na Web com o Internet Explorer 3.0. O Google funcionou, incrível!


Porém o Blog não deu nem sinal. Aí já era pedir demais... :-)


Se você quiser ter uma melhor noção de como é navegar na Web com um PC antigo recomendo dar uma olhada nesta postagem e nesta também, da série sobre o 80386. ;-)

E isto aí! Esta placa possui uma grande flexibilidade e permitirá que sejam avaliados vários processadores da família 486. Aguardem os próximos capítulos!

Anterior:

Veja também:

Comentários

  1. Work work!
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Warcraft_II

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, passei muitas noites jogando esse jogo no meu 486.... clássico!

      Excluir
  2. Respostas
    1. E pensar que a Quantum foi comprada pela Maxtor que foi comprada pela Seagate...

      Excluir
  3. Seria interessante colocar um amd-x5 133@160Mhz (com cooler é claro), igual eu tenho para notar que essa placa bate em muitos conjuntos pentium-100 da época. No caso das memórias se elas não estiverem estragadas, existia um mito que as placas mães de 486 só aceitavam as memórias SIMM-72 que estivesse com os dentes dourados (FPM) e não prata (EDO-RAM).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coincidentemente os módulos de 16 MB tem os contatos prata. Quando ao AMD 5x86, é um processador lendário sem dúvida. Se achar um barato pego com certeza.

      Excluir
  4. Em casa a gente tinha um 486DX4 100 Mhz da AMD e ele tinha 2 pentes de memória da Siemens com contatos prata, isso meu irmão tinha comprado em agosto de 1995, não sei qual era a placa mãe, me lembro dos chipsets da UMC e da gigante VESA Cirrus Logic de 1 mega para vídeo - assustadoramente ennorme, HD quantum fireball de 540 mega = menor que um CD... E sem drive de Cd Rom, windows 3,11, sem modem.

    Então eram memórias de contatos prateados. Na empresa que o meu irmão trabalhou até 1999 eles tavam fazendo um lixão quando meu irmão ganhou 2 pentes de 8 megas de ram cada um - acho que eram genéricos com memórias da hynix também de contatos prateados... todos estes pentes eram de 72 vias e todos funcionavam perfeitamente. Não sei se eram FastPage ou EDO... Acredito que pela data acho que ainda eram FastPage. Único upgrade que fizemos nesta máquina que ficou em casa até 2003 - foi doado a uma instituição de caridade - sempre fazemos isso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curiosamente os módulos de 16 MB com contatos prata funcionaram perfeitamente na placa VLB que usava antes. Pena que ela suporta somente até os 486 DX2 (possui alimentação do processador de 5 V apenas).

      Excluir
  5. de memórias de 8 mega de ram siemens passou para 16 mega de ram genérica.... todas de contatos prateados.... Ainda tivemos a epopéia de "converter" um Cd de instalação do windows 95 OSR 2 em disquetes de 1,44 megas....compactados pelo Arj.... Cara, deu 44 disquetes somente com os arquivos da pasta de instalação - sem as demais pastas.... trabalhoso! Meu irmão não queria gastar mais 1 centavo na máquina que há muito tempo pedia um CDRom e um modem.... Em 2002 quando compramos nossa segunda máquina - Amd Arhlon Thunderbird de 1,3 giga - que tivemos a idéia de instalar windows 95 no 486...

    ResponderExcluir
  6. Apesar de sangue novo na máquina - 16 megas de ram e win 95.... sentimos que ficou bem mais pesado o tempo de execução e de resposta para tudo o que a gente fazia - meu irmão trabalhava com autocad na época..... Uma vez tentei tirar o Drive gravador de Cd do Athlon e colocar o mesmo no 486 para fazer backup de arquivos e instalar o win95 mas ai veio a situação - a placa mãe do 486 NÃO tinha porta IDE pra ligar o CdRW 16X10X40 da LG... Merda! Aí veio a idéia de "arjear" o CD do windows 95...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O gravador não funcionou nem como slave na IDE primária? Me lembro quando eu tinha o meu DX4 100 MHz da Intel, quando passei para 16 MB de RAM ficou muito bom.

      Excluir
  7. O Cd do windows 95 também seria jogado fora na empresa onde meu irmão trabalhou e foi doado a ele quando ele se desligou da empresa - quando a telecom foi privatizada....embratel.....1999. Ai nosso novo Athlon Thunderbird não rodou nem a pau o win95... outra merda.... Instalava e dava pau na primeira inicialização. Aí fui para windows 2000 professional e depois 98SE.... Bons tempos foram, com certeza!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também usava o 98 SE e o 2000 em dual-boot no meu Athlon Thunderbird. Muito bom!

      Excluir
  8. Nosso athlon thunderbird ficou comigo até 2010! Também doamos a instituição de caridade aqui em nossa cidade - Mogi das cruzes, SP. Em 2008 comprei meu Athlon 64X2 6000+ e estou com ele aqui escrevendo este texto.

    Em 2013 comprei um AMD FX que não quer funcionar nem a pau. Já troquei memórias, HD, fonte e Placa mãe.... Dá reset aleatório o tempo todo. Acho que vou jogar fora minha máquina Amd FX 6100....Não sei o que faço. Tinha uma placa mãe asus nacional M5a78L M XL/br que durou apenas 11 meses até estragar, depois comprei uma gigabyte 970a ud3p importada em 07/2014 que desde 12/2015 está resetando igual a asus anterior.... zica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que a fonte não está com problema? Testou com outra?

      Excluir
  9. Rigo, seria legal vc testar este conjunto do 486 com seu 486 de 100 Mhz da Cyrix para ter mais performance, o que vc acha?

    ResponderExcluir
  10. Rigo, já é a terceira fonte que testo meu amdFX 6100. Uma seasonic de 520 w reais Plus 80 bronze.... e nada, continua a resetar o tempo todo. Será que não é cooler do processador não? Utilizo o original que acompanha o FX

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acredito que seja o cooler... você está monitorando a temperatura?

      Excluir
  11. uma vez fiz tri boot com com windows 2000 SP4 + win 98 SE + windows ME no athlon thunderbird..... Muito legal mesmo que era!!!@

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapaz, o Windows Me era ruim de doer! rsrs

      Excluir
  12. O CdRW Não funcionou como slave na IDE secundária não.... sei lá... vai ver que deu algum conflito de IRQ e na época eu não manjava muito igual manjo um pouco mais agora.....kkkkkk

    ResponderExcluir
  13. Às vezes a máquina FX já no boot reseta, nem dando tempo de medir a temperatura. Com o programa hardware monitor, ele fica sempre em 29ºC, no máximo em pico o FX6100 chega a cravados 65ºC com cooler box amd padrão - que é identico ao do seu FX 6300... Será que é cooler? Pensei que fosse memórias..... outro dia apareceu instalada 16 giga mas utilizável apenas 8 giga, outro dia apareceu utilizável 3 gigas....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, o meu FX-6300 às vezes dá esses paus loucos de não reconhecer toda a memória instalada também. Nunca descobri a causa.

      Excluir
  14. 35 cravados - e não 65....escrevi errado...kkkk

    ResponderExcluir
  15. tenho 4 memórias DDR3 de 1333, sendo um par de Kingtons e um par de Amd/Patriot, todas com as mesmas taxas de CAS/latências e temporizações.... e já troquei HD, cabos sata, placa de vídeo.... e reseta! agora reseta bem mais do que antes..... ô zica!

    ResponderExcluir
  16. com a ferramenta de teste de memórias do windows - windows 10 e windows 7 , funciona sem dar erros, sem problema nenhum....

    ResponderExcluir
  17. meu gabinete é um da cooler master bem aberto, com uma fan enorme na parte traseira.

    ResponderExcluir
  18. Placa mãe e HD comprados do Alvi, muito gente fina ele.

    ResponderExcluir
  19. estou com uma placa dessa com um 486 dx2-66, 16mb, uma Sond Blaster ct2290 e um drive de cd Creative 2x. a plaquinha é mesmo muito veloz. para se ter uma ideia, mesmo desligando o turbo, o jogo BOMB ainda fica bem rápido. mesmo o Alone in the dark 1 fica difícil para dar os dois toques para correr. para esses jogos mais clássicos ela vai muito bem, mesmo. mas ainda assim eu gostaria de usar 32mb, embora tenha compreendido que seja difícil encontrar o par certo para essa placa.

    ResponderExcluir

Postar um comentário