Desativar o serviço de streaming realmente aumenta o desempenho das GPUs Nvidia?

Nas últimas semanas um boato anda correndo em diversos fóruns e listas de discussão, dando conta de que desabilitar o serviço de streaming instalado pelos drivers da Nvidia poderia propiciar ganhos de desempenho que supostamente chegariam a até 5%. Resolvi tirar esta história a limpo e nesta postagem vocês conferem as minhas conclusões.

EDIT 09/06/2015: refiz os testes com um AMD FX-6300 e uma GeForce GTX 650 Ti.



Afinal de contas, de que se trata este serviço?

Basicamente o serviço de streaming instalado pelos drivers da Nvidia permite que jogos instalados no PC possam ser jogados no Shield (console portátil da Nvidia baseado no Android) via streaming, onde todo o processamento “pesado” é feito pelo PC e o console recebe apenas as imagens prontas, já renderizadas. 

O console portátil Nvidia Shield, baseado no Android


Este serviço fica habilitado por padrão após a instalação dos drivers da Nvidia. Segundo boatos, desabilitá-lo poderia propiciar um ganho de até 5% de desempenho. Iremos tirar a prova.

O polêmico Nvidia Streamer Service

Sistema de testes e metodologia

O sistema onde foram feitos os ensaios trata-se do meu PC principal, que possui a seguinte configuração:


Diferenças de até 3% para mais ou para menos serão desconsideradas. Foram realizadas três rodadas de testes com cada um dos softwares, e os melhores e piores resultados foram descartados.

Os resultados

O 3DMark Fire Strike é um teste DirectX 11 voltado para PCs de alto desempenho


Já o Sky Diver avalia PCs intermediários com o DirectX 11


O Cloud Gate utiliza DirectX 11 porém com recursos do DirectX 10


O Heaven 4.0 no preset Extreme



Apesar de não ser da última leva de jogos, o Hitman Absolution é bastante exigente


Conclusão

Como podermos observar nos testes não há qualquer diferença de performance ao desabilitar o streaming. De qualquer modo, caso você não tenha um console Shield este serviço será completamente inútil e um serviço a menos sendo iniciado juntamente com o Windows sempre é algo desejável. Muitos relatos dizem ainda que desabilitar o streaming também ajuda a evitar as indesejáveis quedas na taxa de quadros por segundo (os famosos frame drops) em diversos jogos, o que não observei nos títulos que costumo jogar. Outro fator que deve ser levado em consideração é quanto ao hardware, possivelmente em uma configuração mais modesta poderá haver alguma diferença – em um futuro complemento desta postagem pretendo abordar esta questão. Aguardem!


Veja também:

Desativar o serviço de streaming realmente aumenta o desempenho das GPUs Nvidia? (2)

Comentários