Usando duas placas de vídeo no modo SLI

Olá amigos leitores! No presente texto irei abordar a instalação, configuração e alguns resultados que obtive com a minha experiência na utilização de um sistema com duas placas de vídeo (e consequentemente também dois processadores gráficos - GPUs), além da minha análise a respeito da viabilidade e o custo x benefício de optar por esta solução, chamada de SLI (Scalable Link Interface) pela Nvidia (e de CrossfireX pela AMD). 

Como mostrei no tópico a respeito do meu PC principal, possuo duas placas de vídeo baseadas na GPU Nvidia GeForce GTX 760 com 2 GB de memória, uma da Gigabyte e outra da MSI. Assim sendo irei me focar no SLI - muito embora as tecnologias SLI e CrossfireX operam de modo bastante similar, então muitos dos conceitos que explorarei aqui também valem para a solução da AMD. Uma ótima leitura!

Histórico

O que talvez muitos não saibam é que a solução de duas placas de vídeo em paralelo não é propriamente nova. Ela surgiu em 1998 com as placas aceleradoras gráficas 3dfx Voodoo2 e também permitia que duas Voodoo2 PCI (não confundir com os atuais slots PCIe) fossem ligadas juntas. Curiosamente esta solução também tinha o nome SLI, mas que neste caso significa Scan Line Interleave - o número de linhas exibidas era dividido entre cada Voodoo2, sendo que uma renderizava as linhas pares enquanto que a outra as ímpares. Em 1999 a Nvidia adquiriu o controle acionário da 3dfx e junto todas as suas patentes e marcas comerciais. É importante destacar, porém, que a tecnologia SLI atual é brutalmente diferente - apenas a sigla é a mesma.



Custo x benefício


Na minha opinião, um arranjo SLI (ou CrossfireX) se justifica para aqueles que já possuem uma placa de vídeo intermediária ou topo de linha e queiram melhorar bastante o desempenho 3D a um custo menor do que teriam ao vender a placa atual (quase sempre perdendo dinheiro) e comprar uma placa mais parruda e, é claro, sejam entusiastas de jogos para PC, já possuam uma placa mãe com suporte adequado ao SLI (nem todas possuem) e uma fonte de alimentação capaz de segurar as duas placas.

No meu caso, como eu já possuía uma GeForce GTX 760 (que é uma GPU intermediária da Nvidia), acredito que acrescentar uma segunda GTX 760 foi uma boa escolha visto que a minha placa mãe é compatível com SLI e a minha fonte de 850 W dá conta do recado. E ainda, conforme um reviews, duas GTX 760 juntas se mostram superiores em relação às caríssimas GTX 780 e Titan, que são as GPUs topo de linha atuais da Nvidia e ainda custando menos.

Já para aqueles que estejam montando um equipamento para jogos do zero eu recomendo sem sombra de dúvida comprar a melhor placa de vídeo que puder, deixando para depois a decisão de adicionar uma segunda placa. Em outra situação, caso o computador possua uma placa antiga vale muito mais a pena vendê-la e comprar uma nova - não faz muito sentido combinar duas placas antigas. No caso das Nvidia, começa a fazer sentido um arranjo SLI a partir da GPU GTX 650 Ti Boost (isto em março de 2014). Outro ponto contrário é que alguns jogos, principalmente os mais antigos, não tiram proveito de mais de uma GPU.


Pré-requisitos

Para se montar um arranjo SLI é necessário o seguinte:
  • Placa mãe com no mínimo dois slots PCIe x16 com suporte ao SLI;
  • Duas placas de vídeo com GPUs idênticas (mesma série e família);
  • É recomendável que as placas também tenham a mesma quantidade de memória de vídeo;
  • Fonte de alimentação com potência adequada e número de conectores auxiliares PCIE suficientes;
  • Ponte SLI, que geralmente acompanha as placas mãe compatíveis.

Exemplo de ponte SLI

Não é necessário que as placas de vídeo tenham a mesma frequência de operação na GPU e na memória de vídeo, neste caso inclusive é possível sincronizar as frequências através de programas como o EVGA Precision X. Também não é preciso que as placas sejam do mesmo fabricante.

Neste texto partirei do princípio de que já se possua uma placa de vídeo instalada e que uma segunda será adicionada.

Instalação física e configuração

Com o PC desligado da rede elétrica, o primeiro passo é abrir o gabinete e localizar na placa mãe um slot PCIE x16 disponível. Fique atento ao fato de que em algumas placas mãe, apesar de trazerem um slot x16, internamente ele funciona apenas a x4, enquanto que o ideal é que ele seja no mínimo x8. A única forma de saber ao certo é olhar no manual da placa mãe. 

Um parênteses: na grande maioria das placas mãe para os soquetes 1155 e 1150 da Intel e dos AM3+ da AMD é normal que os slots PCIE x16 passem a trabalhar a x8 quando mais de uma placa de vídeo for instalada, o que não representa perda de performance perceptível.


Em seguida você deve retirar a proteção metálica da baia do gabinete onde a segunda placa de vídeo será instalada, se a placa usar mais uma baia repita o procedimento para a segunda baia. Instale a placa no slot PCIE (até ouvir o barulho característico do encaixe) e a parafuse no gabinete. Instale também o(s) conector(es) de alimentação auxiliar(es) da fonte que forem necessários. No caso, a GTX 760 usa dois deles, um de seis e outro de oito pinos. Mantenha o cabo de sinal do monitor conectado na primeira placa (a que já estava instalada).


Ligue o computador sem fechar o gabinete e aguarde que o Windows detecte a nova placa de vídeo. Caso você não tenha instalado os drivers da Nvidia, agora é uma boa hora. Verifique no gerenciador de dispositivos do Windows se ambas as placas foram detectadas corretamente. Caso positivo, siga para o próximo passo, caso negativo tente reinstalar o driver da Nvidia e reiniciar o PC.


Ambas as placas de vídeo corretamente detectadas

Agora é a hora de instalar a ponte SLI. Muitos preferem já fazer este passo juntamente com a instalação da placa de vídeo, eu porém prefiro fazer um passo de cada vez para minimizar a chance de problemas no processo. Desligue novamente o computador e insira a ponte SLI nos conectores superiores da placa de vídeo, conforme a imagem abaixo.



Instalação da ponte SLI indicada pela seta vermelha

Agora podemos fechar o gabinete e ligarmos novamente o computador. O Windows deverá carregar normalmente. Para configurar corretamente o modo SLI devemos acessar o Painel de controle do driver Nvidia clicando com o botão direito em qualquer lugar da área de trabalho e selecionando "Painel de controle da Nvidia".


Painel de controle do driver Nvidia - clique para ampliar

A opção que interessa é a "Configurar SLI, Surround, PhysX". Na aba "Configuração SLI" selecione a opção "Maximizar desempenho 3D", aplicando a configuração em seguida. Esta opção é a mais indicada também caso você tenha mais de um monitor e apenas um deles será usado para jogos (como é o meu caso): no desenho exibido o monitor configurado como primário no Windows (que será usado para exibir os jogos) ficará realçado. A aba "Configurações PhysX" pode ser deixada no modo de seleção automática. Reinicie o Windows e pronto, seu arranjo SLI está "positivo e operante"! :-)
Benchmarks

Neste meu modesto ambiente de medição de desempenho irei mensurar os resultados alcançados apenas com o arranjo SLI, ou seja, serão mostrados os ganhos obtidos sobre uma única placa GTX 760. Diferenças de até 3% para mais ou menos não serão consideradas. A configuração de hardware pode ser vista aqui.


3DMark06 (DirectX 9c, 1280 x 1024)






GTX 760 2x GTX 760 SLI Diferença
SM2.0 Score 12541 12249 -2%
HDR/SM3.0 Score 16266 15732 -3%
CPU Score 8459 8430 0%
3DMarks 32575 31828 -2%

O 3DMark06 é um benchmark antigo. Foi incluído nos testes para demonstrar que alguns títulos mais antigos podem não se beneficiar de mais de uma GPU.

 
3DMark Vantage (DirectX 10, 1280 X 1024)






GTX 7602x GTX 760 SLIDiferença
GPU Score 32822 49237 50%
CPU Score 30147 30218 0%
3DMark Score 32110 42543 32%


Aqui a brincadeira começa a ficar interessante, com ganho de 50% no índice de GPU.


3DMark 11 (DirectX 11, 1280 X 720)






GTX 760 2x GTX 760 SLI Diferença
Graphics Score 8918 16182 81%
Physics Score 10072 10370 3%
Combined Score 7355 9084 24%
3DMark Score 8881 13923 57%

Mais de 80% de diferença no índice de gráficos. Muito bom!



3DMark Fire Strike (DirectX 11, 1920 X 1080)






GTX 760 2x GTX 760 SLI Diferença
Graphics Score 6552 11188 71%
Physics Score 11516 11430 -1%
Combined Score 2573 3457 34%
Score 6011 9167 53%


O teste Fire Strike é o mais "pesado" da série 3DMark até o momento e mostrou uma diferença de bons 71%.


Cinebench R15 (renderização em OpenGL)






GTX 760 2x GTX 760 SLI Diferença
Frames per second 119,6 118,4 -1%

Este é outro exemplo de aplicação que não se beneficia de mais de uma GPU.



Hitman Absolution (DirectX 11, 1920 X 1080, perfil Ultra)





GTX 760 2x GTX 760 SLI Diferença
Minimum FPS 23,8 28,84 21%
Maximum FPS 39,62 71,98 82%
Average FPS 29,5 54,62 85%

Bom resultado, principalmente na média dos quadros por segundo (Average FPS).



Unigine Heaven 4.0 Basic (DirectX 9c, 1280 X 720)






GTX 760 2x GTX 760 SLI Diferença
FPS 126,8 171,3 35%
Score 3194 4316 35%
Min FPS 9,2 28,8 213%
Max FPS 236,3 281,4 19%


Bom resultado, principalmente no índice mínimo de quadros por segundo - que foi mais do que o dobro.


Unigine Heaven 4.0 Extreme (DirectX 11, 1600 X 900)


GTX 760 2x GTX 760 SLI Diferença
FPS 42,5 69,9 64%
Score 1070 1754 64%
Min FPS 7,8 27,4 251%
Max FPS 97,8 144,8 48%


O perfil Extreme também mostra resultados expressivos.


Conclusão

Bem, os números falam por si próprios. Nos jogos e simulações onde há um suporte adequado a mais do que uma GPU os ganhos são expressivos, na maioria dos casos beirando os 80%. Caso você esteja na zona do custo x benefício favorável (conforme expus no início do texto) sem dúvida é uma ótima opção de upgrade e que terá uma vida útil razoável.

Veja também:Como habilitar o PCI Express 3.0 nos drivers da Nvidia
Arranjo dual-GPU: o modo x16/x16 realmente faz diferença?
Dimensionando e escolhendo corretamente a fonte de alimentação

Comentários

  1. Os resultados do 3DMark11 em PhysX score não seriam diferentes se vc setasse a segunda placa como PPU?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geralmente os próprios drivers da Nvidia automaticamente setam a segunda placa para rodar o PhysX quando se configura o SLI, desta forma não altero esta configuração. Mas realmente é possível fazer novos testes alterando a placa para o PhysX para ver se há alguma diferença.

      Excluir
  2. Parece que a memória agora soma no Windows 10.
    https://www.facebook.com/groups/606748646118363/permalink/672739942852566/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto é ótimo, esperamos que a AMD e/ou a Nvidia não sabotem a tecnologia.

      Excluir
  3. Michael fiz um sli de 660gtx, ao ativar descobri que uma delas esta morta, fica em gpu usage 0-2% o que poderia ser isso? ja procurei infinitos canais e foruns e nada... minha fonte eh 750w sentey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguns jogos simplesmente não usam mais de uma GPU. O ideal para saber se o SLI está realmente funcional é testar com algum bench pesado como o 3DMark Fire Strike. As suas duas 660 devem escalar de forma similar às minhas 760.

      Excluir
  4. Na opção de configurações do PhysX tem outras opção, se eu trocasse e colocasse no caso o uso de uma VGA isso não melhoraria o desempenho? Ou até mesmo usando a CPU.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atualmente são tão poucos jogos que usam PhysX que sinceramente não vale a pela dedicar uma GPU só para isto. E colocar o PhysX para rodar na CPU gera queda de performance nos títulos suportados, conforme atestam vários reviews.

      Excluir
  5. Olá! Estou montado um arranjo sem a ponte SLI. Tenho 2 Geforce 9500GT da Point of View, ambas com 1GB DDR2, mas uma delas não possui o slot, embora na caixa diz que tem suporte a SLI. Minha placa mãe é uma Asus M2n SLI Deluxe. Será que funciona? E se funcionar, será que há perda de desempenho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Slot seria o conector para a ponte SLI? Bem, o que sei baseado nas minhas experiências é que o suporte ao SLI nas GPUs mais antigas não é dos melhores. Você pode tentar instalar as duas e ver se o driver vai ativar o SLI, e quanto ao desempenho só testando mesmo para saber.

      Talvez seja melhor vender as duas e comprar uma GPU intermediária atual, que terá um melhor desempenho sem dor de cabeça, e com um consumo elétrico bem menor. Sem falar que a 9500GT não suporta DirectX 11, o que limita bastante atualmente.

      Excluir
    2. Olá boa tarde tudo bem.
      Um pouco tarde para pegunta mais aí vai
      Eu tenho uma gtx 760 2 de RAM e consegui uma no valor baixo de 4 RAM
      .
      Meu pc e de 2014 para 2015
      Tem I5 430
      16 de RAM
      2 terá de hd
      Ssd 240 gigas
      A fonte que estou em dúvida que é de 750 seria o suficiente para eu coloca está placa no pc ou não vale a pena pega uma nova

      Excluir
    3. Se a fonte for de uma boa marca, 750 W dá tranquilo para um SLI com duas GTX 760. Apenas lembre-se que da placa com 4 GB de VRAM, apenas 2 GB serão utilizados.

      Excluir

Postar um comentário