Softwares que eu utilizo

Não sei se todos se lembram, mas o primeiríssimo post deste humilde blog foi a respeito da configuração de hardware do meu equipamento principal. Pois bem, no presente post me focarei na parte de software (nos mesmos moldes do que havia feito com o hardware) produzindo uma relação comentada dos aplicativos que utilizo no meu dia-a-dia, até mesmo porque muitas vezes me perguntam sobre qual software utilizo para determinada atividade.

Reitero que todos os softwares que utilizo são originais, gratuitos (freeware) ou software livre. Os que são da Microsoft foram obtidos através de uma assinatura Technet que possuía, visto que o serviço foi descontinuado. Não utilizo e não recomendo de forma alguma softwares piratas. Boa leitura!

Atualizado em 24/04/2014: mudança do sistema operacional Windows 7 para Windows 8.1.
11/06/2015: substituição do VirtualBox pelo VMWare Player, remoção do Core Temp, remoção do Daemon Tools (pelo fato do Windows 8.X ter opção nativa de montar imagens ISO) e inclusão do Steam.
09/09/2015: atualização do sistema operacional para o Windows 10 Pro.
10/11/2015: downgrade do Windows 10 para o 7.
25/01/2016: volta ao VirtualBox como gerenciador de máquinas virtuais.
23/06/2016: instalação do Windows 7 e 10 em dual-boot.
30/01/2017: inclusão do Bitdefender Free, LibreOffice, Mozilla Thunderbird, MSI Afterburner, Corsair Link e o Origin.

Sistema operacional - Microsoft Windows 10/Windows 7 (x64)

As duas melhores versões do Windows.




Segurança - Bitdefender Free

Sempre digo que a melhor proteção contra vírus e todo tipo de praga eletrônica é precaução e bom senso. Por exemplo, tomar cuidado com os sites visitados e anexos de e-mail são práticas altamente recomendáveis. De qualquer modo, não posso deixar de recomendar a utilização de um software antivírus em um ambiente Windows, e dentre as opções gratuitas o Bitdefender é uma ótima opção.


Pacote Office - LibreOffice

Supre perfeitamente as minhas necessidades. E o melhor, é um software livre multiplataforma.

Cliente de e-mail - Mozilla Thunderbird

Uma ótima opção livre de software cliente de e-mail. Em minha opinião é tão bom quando o MS Outlook.


Navegadores Web - Google Chrome e Mozilla Firefox

São os dois melhores navegadores da atualidade sem sombra de dúvida. Utilizo preferencialmente o Chrome, cuja principal vantagem para mim é sincronizar todas as preferências, extensões e favoritos entre os meus diversos dispositivos através da minha conta Google. Uso o Firefox como um ótimo backup para sites que apresentem problemas de exibição no Chrome. 


Editor de vídeo - Cyberlink PowerDirector 12 Ultimate

Esqueçam as versões anteriores do PowerDirector que muitas vezes acompanhavam kits de dispositivos como placas de captura. A partir da versão 12 a Cyberlink reformulou totalmente o software, o tornando uma ótima opção para edição de vídeos para entusiastas. Claro que não se compara ao caríssimo Adobe Premiere, mas custa infinitamente menos e possui funcionalidades bastante satisfatórias que permitem fazer trabalhos de ótima qualidade, além de possuir um bom desempenho devido à otimização realizada no nível de software. Foi bastante elogiado em diversas análises. 


Editor de imagens - GIMP

O software livre GIMP é um poderoso editor de imagens que supre as necessidades de quem precisa de funções avançadas para lidar com imagens de diversos formatos. Altamente recomendado, além de ser multiplataforma: possui versões para Windows, Linux e Mac OS X. 


Editor de áudio - Audacity

O PowerDirector 12 possui várias ferramentas para edição de áudio, mas em certas situações fica faltando alguma função bastante específica para efetuar certos efeitos especiais na(s) trilha(s) de áudio. O Audacity é um excelente software com muitas funções avançadas para manipular sons e, assim como o GIMP, também é um software livre. Muito bom. 


Gerenciador de máquinas virtuais - VirtualBox

Para aqueles não familiarizados com a terminologia, um gerenciador de máquinas virtuais é um software que simula um PC completo e permite que outros sistemas operacionais e aplicativos sejam instalados neste PC virtual. Utilizo bastante esta tecnologia para testar funcionalidades da minha rede local bem como também avaliar diferentes versões de softwares. O VirtualBox é um poderoso gerenciador de máquinas virtuais sendo gratuito para uso pessoal. 


Reprodutores de mídia - VLC, Winamp e iTunes

O software livre VLC é um ótimo reprodutor de vídeos compatível com inúmeros formatos, e o que é melhor: sem a necessidade de instalar decodificadores externos. Como reprodutor de áudio utilizava até pouco tempo atrás o AIMP,  mas decidi retornar ao Winamp clássico 5.666. O iTunes é apenas para transferir músicas para o meu iPod Shuffle.

Utilitários de hardware - CPU-Z, GPU-Z, HWMonitor, MSI Afterburner e Corsair Link

Todos são gratuitos. O CPU-Z informa diversas características do processador, placa mãe e módulos de memória, enquanto que o GPU-Z traz diversas informações a respeito de placa de vídeo e do processador gráfico (GPU). Já o HWMonitor é um software monitor compatível com sensores de temperatura, tensão e velocidade de rotação de ventoinhas de diversos dispositivos.

O MSI Afterburner atualmente é o melhor utilitário para se manipular placas de vídeo, GPUs e afins, enquanto que o Corsair Link é obrigatório para quem tem uma solução de refrigeração da empresa.

Extração e codificação de vídeos - MakeMKV e Handbrake

O MakeMKV permite extrair discos de DVD e Blu-Ray em arquivos no padrão aberto MKV. Já o software livre Handbrake é um fantástico codificador e conversor de vídeos para diversos tipos de formatos. O utilizo para codificar no padrão H.264 os arquivos criados pelo MakeMKV, o que gera arquivos de tamanho bem menor e sem perda de qualidade perceptível.


Utilitários diversos - 7-Zip, CCleaner, Steam e Origin

O 7-Zip é um software livre compactador/descompactador que suporta diversos formatos de arquivo. O CCleaner é um utilitário de sistema que permite limpar e otimizar o registro do Windows, arquivos temporários e gerenciar quais softwares iniciam junto com o sistema, sendo gratuito para uso pessoal. Já o Steam creio que dispensa apresentações, sendo na minha opinião a melhor plataforma de distribuição de jogos para PC, porém o Origin também é uma boa alternativa.



É isto aí! Espero que este "pequeno guia" seja de alguma forma útil para lhe ajudar na escolha de softwares para o seu uso. Até a próxima!

Comentários

  1. Hummm. Boa lista aqui. Aqui uso Windows 10 Pro original desde o day one (antes era 8.1 Pro que curti muito por incrível que pareça). Tenho MS Office 2010 Student (3 licenças). Antivírus uso Kaspersky. Pra gravação de mídia uso o Ashampoo Burning Studio 2012. Pra ouvir MP3 uso o Windows Media Player e o Winamp. Para filmes e Séries fico com Media Classic. Para monitorar temperatura uso o HWinfo64. Para checar a saúde do HD e do SSD, Crystal Disk Info e o Hard Disk Sentinel. Tenho o Spotfy instalado mas parei de usar depois daquele bug de escritas no SSD. De jogos, além dos que tu citou, tenho o Uplay e o GOG. Navegador gosto de usar o TOR quando quero mais segurança e privacidade mas no geral fico com o Chrome mesmo. Assim como vc, também uso o CPU-Z, GPU-Z e o MSI Afterburner. Compactação fico com o previsível Winrar. Acho que é isso hehehehe

    ResponderExcluir

Postar um comentário