Windows 7, aqui me tens de regresso

(Novo XP?) Bom, tentei o máximo que pude, mas os problemas que recentemente reportei com o Windows 10 estavam realmente prejudicando a usabilidade do meu PC, principalmente os relacionados ao Windows Update (que insiste em instalar drivers de dispositivos mesmo eu tendo desativado tal recurso, o que gera erros) e a lerdeza do Windows Explorer. Talvez seja uma infeliz combinação de drivers imaturos e bugs de um sistema recém-lançado (eis o problema de ser early adopter), porém não me restou outra opção senão trocar de sistema operacional principal. Para tanto retornei ao estável, rápido e confiável Windows 7. Sim, ele mesmo!



Até considerei voltar ao 8.1, o qual após o Update 1 até que ficou razoável, porém depois de conhecer coisas melhores fica difícil conviver novamente com alguns dos seus paradigmas, sem falar que em minha modesta opinião a interface Aero ainda é imbatível para PCs Desktop. 



Quanto ao Windows 10, esta não é uma despedida definitiva mas sim um até logo. Continuarei acompanhando o seu desenvolvimento com a ajuda do PC de Testes para compilações de avaliação, além de uma máquina virtual para a versão estável (cuja atualização Threshold 2 começará a pintar no Windows Update a partir de hoje). Quando estiver mais maduro poderei voltar a utilizá-lo sem problemas, mas no momento estou muito satisfeito curtindo uma recaída por um antigo amor.

Veja também:

Comentários

  1. Por isso que ainda não atualizei meu PC de trabalho, que está com uma instalação do 7 firme e forte faz anos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O 7 é um sistema bastante depurado e elegante. Devo ficar um bom tempo com ele agora.

      Excluir

Postar um comentário