Whitebox (Parte 1 – Apresentação)

Eu estava precisando de um equipamento simples para backups e um servidorzinho Git pessoal. O Whitebox não é nada mal!


Uma vez que no meu novo laboratório a topologia da minha rede local mudou e agora os meus dispositivos estão recebendo diretamente o IP do modem de fibra óptica, sem falar que tenho usado exclusivamente virtualização para a execução de aplicativos Windows, eu não precisava mais de um servidor parrudo como o Ryzen Server.

Assim um PC mais simples e econômico (também no consumo elétrico) é mais do que suficiente para manter o meu primeiro nível de backups e também um servidorzinho Git para o controle de versões do software que estou desenvolvendo. Vamos aos componentes escolhidos!

Processador – AMD Athlon 3000G

Com TDP de apenas 35 W, conta com dois núcleos (e quatro threads) na microarquitetura Zen de 14 nm, além de um chip gráfico Vega 3 integrado dispensando assim o uso de uma placa de vídeo avulsa. Detalhes.


Placa-mãe – ASRock A320M-HDV R4.0

É uma placa AM4 básica e plenamente de acordo com o propósito deste projeto. Detalhes.


RAM – 8 GB Kingston Hyper-X Fury DDR4-2400

Plenamente suficiente.


SSD – Lexar (128 GB)

No formato M.2 2280 e com sinalização SATA-600, é uma unidade básica com chips flash TLC para a instalação do sistema operacional.


Disco rígido #1 – Seagate Ironwolf de 3 TB

Com interface SATA-600, rotação de 5900 RPM e 128 MB de cache, é a unidade de armazenamento principal para os backups por ser um modelo voltado para a confiabilidade.


Discos rígidos #2 e #3 – 2x Seagate Barracuda de 2 TB (em RAID 0)

Voltado para a cópia de dados menos sensíveis e compartilhamento de arquivos comuns. Este modelo conta com rotação de 7.200 RPM e 64 MB de cache, com interface SATA-600.


Cooler – AMD Box

Não há necessidade de usar nada além do cooler que acompanha o processador.


Fonte de alimentação – Cooler Master MWE de 450 W

É plenamente suficiente para o conjunto e conta com boa eficiência energética (80 Plus Bronze). Detalhes.


Gabinete – Corsair Carbide 500R

É um gabinete muito bem construído e espaçoso, além de ter um "jeitão" de servidor e ter se integrado perfeitamente ao novo mobiliário. Detalhes.


Sistema operacional – Debian 11

O Debian é um sistema operacional estável, seguro, poderoso e flexível para diversos cenários de uso. Aqui ele não terá ambiente gráfico instalado e rodará apenas em modo texto, sendo administrado remotamente via SSH. Detalhes.


Até a próxima parte!

Comentários

Mais lidas da semana

RIP IBM