Unboxing e primeiras impressões: fonte de alimentação Cooler Master MWE 450

A MWE é uma série de fontes de baixo custo da Cooler Master com certificação 80 Plus Bronze. Confira a avaliação do modelo de 450 W de potência.


O acabamento externo, na cor preto fosca, é bastante razoável para a sua faixa de preço:


Conforme a Cooler Master, a MWE 450 sustenta uma eficiência típica de 85%, conforme prevê a certificação 80 Plus Bronze - isto significa que 15% do que ela “puxa” da tomada é usado para a alimentação dos seus circuitos internos. Se esta fonte estiver consumindo 100 W da tomada em um determinado momento, fornecerá 85 W aos dispositivos por ela alimentados.


Como há um circuito PFC ativo, a fonte pode ser alimentada diretamente por uma tensão entre 100 e 240 V, dispensando desta forma a chave seletora da tensão de entrada.


A MWE 450 possui os seguintes conectores:

  • ATX de 20/24 pinos;
  • Alimentação auxiliar do processador de 4/8 pinos;
  • Dois PCI Express de 6/8 pinos;
  • Quatro SATA;
  • Três para alimentação de periféricos (popularmente conhecido como “Molex”);
  • Um para unidade de disquete.
A ventoinha de refrigeração é de 120 mm.


Acompanha a fonte um cabo elétrico na porcaria do padrão brasileiro:


Apesar de ser bastante improvável que a fonte venha com defeito de fábrica, o velho Murphy nunca pode ser ignorado. Assim, sempre testo as fontes com o Dr. Power II antes do primeiro uso.


Tudo certo com a MWE 450. O conector SATA possui a implementação completa, também com a tensão de 3,3 V:


Custando cerca de 250 mitos no varejo brasileiro, inegavelmente a Cooler Master MWE de 450 W é uma boa opção para a montagem de PCs básicos e intermediários com baixo requerimento elétrico. Os seus destaques são o bom número de conectores e a certificação 80 Plus Bronze, algo incomum nas fontes da sua faixa de preço.

Comentários