Nos anos 1990, as conexões eram assim (Parte 4 – Configurando e utilizando uma conexão discada)

Enquanto que na parte anterior desta série mostrei como configurar um modem discado, na presente abordarei como configurar a conexão em si e bem como se é viável utilizar uma conexão destas na Web atual. Desta forma, antes de você reclamar que “a sua Internet está lenta” dê uma olhadinha nesta postagem...


Com o meu US Robotics de 33,6 @ 56 K consegui uma conexão de 42,6 Kbps, 
que é cerca de 230 vezes mais lenta que a minha atual de 10 Mbps


Configurando a conexão

Enquanto que hoje em dia basta plugar o cabo do modem na placa de rede do PC ou então ativar o Wi-Fi no seu dispositivo móvel, naquela época após a instalação e configuração do modem (que vimos no capítulo passado) também era necessário configurar manualmente a conexão. Até haviam os famigerados "discadores" que automatizavam a configuração e vinham presentes naqueles CDs promocionais como os que a AOL distribuía aos milhares, mas eles instalavam tantas porcarias no Windows que era muito melhor configurar a conexão na unha mesmo. Aqui veremos como proceder.

Todas as versões do Windows desde o 95 contam com um utilitário que facilita o processo. Aqui estou utilizando o presente no Windows XP e o primeiro passo é indicar que a conexão será feita através de um modem discado (dial-up):



Entre com uma identificação para a conexão. Aqui vou utilizar o clássico provedor IG



Sim, você tinha que saber o número do telefone para conexões do provedor! Fica a dica para quem for de Curitiba/região e quiser também matar a saudade do acesso discado... :p


Entre agora com o nome de usuário e senha para autenticação. No caso do IG pode ser utilizado o usuário ig com senha em branco.



Finalizando o assistente é criada uma nova conexão de rede no sistema com o nome inserido no segundo passo, aqui no caso IG:


Na aba Rede é interessante desmarcar os itens cliente para redes Microsoft e compartilhamento de arquivos e impressoras. Embora seja improvável que alguém oriundo da Internet acesse os seus compartilhamentos através de uma conexão discada pela baixíssima velocidade (seria necessário uma paciência oriental), nunca se sabe. Este procedimento é recomendável para qualquer tipo de conexão à Internet (seja ela discada, ADSL, cabo, fibra...) a partir de PCs com Windows.


A interface para a conexão do Windows XP. Agora basta clicar em discar!


Navegando na Web

Depois de efetuada a conexão - somente com muita sorte e em uma linha telefônica com pouco ruído é possível conectar a mais de 33,6 Kbps como o mostrado na imagem de abertura, isto logicamente com um modem 56K - vamos começar a (tentar) navegar! A minha intenção era utilizar as últimas versões estáveis do Chrome e Firefox para que o navegador não fosse mais um fator limitante como vimos no ensaio com o 80386, porém o Chrome não instalou no Athlon 600 com Windows XP nem com reza brava (já o Firefox funcionou normalmente).

Erro exibido pelo instalador off-line do Chrome de 32 bits

No caso de conexões discadas, conectar é uma coisa e navegar é outra! Mesmo com uma conexão ativa e teoricamente funcional, erros de timeout e de servidor não encontrado são comuns:




Em vídeo é possível ter uma noção muito melhor de como é utilizar um acesso discado na Web atual – lembre-se disto antes de reclamar da sua conexão! :)



Como pudemos observar no vídeo, somente o Google é minimamente funcional. YouTube e grandes portais tais como o Blog RETROWARE nem pensar, pois ficam impraticáveis. Até cheguei a filmar estas tentativas de acesso, porém não as incluí na edição final para não deixar o vídeo por demais monótono e evitar a fadiga. :p

Um abraço e até a próxima!

Anterior:

Comentários

  1. Ainda funciona a discada iG em Sao Paulo - SP?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí não sei... aqui em Curitiba até a última vez que testei ainda funciona.

      Excluir
  2. Muito bom, eu me recordo que aqui normalmente se conectava a 42Kbps ~ 48Kbps, mas as vezes dava uns ruídos na linha telefônica e a conexão ficava a 33Kbps ~ 38Kbps. Aí eu tinha que limpar as tomadinhas e ver se os fios da linha telefônica aqui em casa estavam nos conformes.

    Quando eu mudei de cada e já tinha linha digital a conexão normal era de 48Kbps ~ 52Kbps e eu falava: "Puxa!! A internet aqui está voando!!" Hahahha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrsrsrrsrrsrs

      O meu US Robotics 33.6 @ 56K dificilmente passava dos 42-43 Kbps. O problema é que na época eu morava em um prédio e com certeza a linha telefônica devia ter muitas emendas até chegar no meu apartamento no último andar.

      Excluir
  3. Pfff, é capaz da minha internet demorar mais que isso dependendo do dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha também: http://www.michaelrigo.com/2015/06/no-ano-2015-conexao-e-assim.html

      Excluir
  4. Existia um truque enganoso que consistia em colocar o comando no modem at&fxS11=50 ... e o modem conectava a velocidade máxima de 115,2Kbps ou ainda 921,6Kbps... mas era tudo ilusão pq as páginas continuavam carregando na mesma lerdeza hahaha

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais lidas da semana

Ficou feio

Avaliando o ReFS