Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Cooling

Especial Ryzen: Unboxing do processador AMD Ryzen 7 1700

Imagem
Iniciando a série especial sobre o processador Ryzen 7 1700 que faz parte da minha nova configuração, confira aqui o seu unboxing!

Utilizando o Windows Vista com um hardware moderno

Imagem
Quando foi lançado em janeiro de 2007, o Vista era considerado um devorador de hardware. Muitos diziam que o sistema estava muito à frente da tecnologia da sua época, e para colocar isto à prova avaliarei o sistema com uma configuração muito mais avançada em relação às que haviam há dez anos. Será que o Vista foi um sistema realmente injustiçado? Confira!

Unboxing e primeiras impressões: Cooler Master Blizzard T2

Imagem
Nesta postagem mostrarei detalhes sobre o Blizzard T2, solução de refrigeração de baixo custo da Cooler Master. Confira!

Grata surpresa: o velho Corsair H100i é plenamente compatível com o soquete AM4

Imagem
Quando comprei o watercooler Corsair H100i em 2015 ele já estava saindo de linha. E não é que o mesmo é um dos poucos modelos da Corsair que suportam as placas AM4 sem necessitar de adaptadores? Aproveite e veja também a lista de compatibilidade feita pela Corsair, expandida com a riqueza de informações habitual.

Rebuild #1 – O meu primeiro PC próprio (Parte 4 – Upgrades)

Imagem
O glorioso DX4 100 MHz recebeu alguns incrementos, sendo que alguns deles o deixaram ainda mais parecido com o que o meu primeiro PC era em 1995 e 1996. Confira aqui em todos os detalhes!

O encontro de duas lendas: Intel Core i5 2500K e AMD Radeon HD 5970 (Parte 1 - Apresentação e montagem)

Imagem
Finalmente chegou a hora de eu revelar o meu novo projeto, que marca a reunião de dois componentes clássicos absolutos. Não perca mais tempo e confira todos os detalhes!

Unboxing e primeiras impressões: Cooler Master Hyper TX3 Evo

Imagem
O Hyper TX3 Evo é uma solução de refrigeração de médio custo da Cooler Master, com ventoinha de 92 mm com suporte ao controle de rotação PWM e condutores de cobre. Confira aqui as minhas impressões sobre o produto.

Rebuild #1 – O meu primeiro PC próprio (Parte 1 – Apresentação dos componentes e montagem)

Imagem
A Rebuild é uma das séries que sempre quis fazer aqui no blog. Afinal de contas, é um sentimento único reviver as configurações que você já teve, com as boas lembranças que sempre estão associadas e elas – é quase como pegar emprestado o DeLorean do Doc Brown e voltar diretamente no tempo. 
A principal premissa é que a configuração deve ser a mais próxima possível a do período, enquanto que a única “licença poética” permitida diz respeito a componentes que você quis ter mas jamais conseguiu comprar na época, ou seja, é uma forma de satisfazer a sua vontade mesmo muitos anos depois. Também é feita uma exceção caso algum componente seja de difícil obtenção ou não funcione.
Nesta primeira temporada da série Rebuild, voltaremos 21 anos no tempo quando após muito sacrifício a minha família finalmente pode comprar um PC próprio, baseado no processador Intel 80486 DX4-S de 100 MHz. Apertem os cintos do DeLorean e voltem comigo diretamente até 1995!

O sentido das ventoinhas do radiador interfere no desempenho dos Watercoolers?

Imagem
Na postagem sobre o Watercooler Corsair H100i um leitor me questionou sobre o sentido do fluxo de ar das ventoinhas que tinha sido montado, no caso ventilação. Respondi que eu havia seguido as orientações presentes no manual do H100i, as quais diziam:
“For the best cooling performance, we recommend mounting the fans as an air-intake to your PC case”
Tecla SAP:
“Para um melhor desempenho de refrigeração, recomendamos que as ventoinhas sejam montadas como entradas de ar no gabinete”
Porém mesmo com a orientação do manual resolvi testar. Para tanto rodei o Prime 95 por 15 minutos na opção Small FFTs que maximiza o uso do processador, cuja configuração é mostrada abaixo:


Eis as temperaturas máximas apuradas com as ventoinhas montadas para ventilação (soprando ar para dentro do gabinete), conforme orienta o manual:


Parei o teste, desliguei o PC e inverti a posição das ventoinhas no radiador do H100i, montando-as para exaustão (ar para fora). Depois de mais 15 minutos rodando o Prime 95 Small FFT…

Lavou tá novo! Dicas de limpeza para coolers e gabinetes

Imagem
Como diz a minha avó, para tirar a “craca” somente um bom banho. Pois bem, decidi levar esta velha máxima para componentes tais como coolers, ventoinhas e gabinetes, visto que muitas vezes o acúmulo de pó é tamanho que uma limpeza a seco pode não ser suficiente. Veja aqui como fazer aquela faxina em tais componentes!

Montando um PC de captura

Imagem
Das cinzas do meu antigo servidor doméstico surgiu um equipamento dedicado para a tarefa de capturar imagens e vídeos. Confira aqui as minhas escolhas e a configuração em detalhes.

Boa sacada da MSI

Imagem
Quando se associa três ou quatro placas de vídeo, com certeza uma das principais preocupações é quanto a temperatura que as placas e GPUs do arranjo irão atingir - eu mesmo noto isto em dias mais quentes, quando as minhas três GeForce GTX 760 esquentam e as ventoinhas ficam próximas da rotação máxima.
Pensando nisto a MSI teve uma ótima sacada e desenvolveu pontes 3-Way e 4-Way SLI com uma ventoinha da Cooler Master integrada:


Com certeza ajudará a manter a temperatura do conjunto em níveis menores, além do visual ficar maneiro:


Se chegar aqui por um preço razoável (tá, eu acredito no coelhinho da Páscoa...) certamente compraria a versão 3-Way.


Veja também:
Montando um arranjo 3-Way SLI (Parte 3 - Verdades e Mitos)
Montando uma supermáquina de jogos
Desativar o serviço de streaming realmente aumenta o desempenho das GPUs Nvidia? Unboxing da placa de vídeo MSI GeForce GTX 760 Twin Frozr Gaming

Unboxing e primeiras impressões: Watercooler Corsair H100i

Imagem
Depois de cinco anos de bons serviços prestados, chegou o momento de descomissionar o bravo Cooler Master Hyper N620 (que agora está servindo brilhantemente no PC de Testes). Depois de muito protelar, finalmente o PC Principal conta agora com uma solução de resfriamento líquido, o Corsair H100i. Confira aqui todos os detalhes sobre o produto, sua instalação e desempenho de resfriamento.

As preciosidades que temos em casa e nem nos lembramos

Imagem
Como talvez vocês saibam, o meu PC de testes do Windows 10 é baseado em um Intel Core 2 Quad Q6600, conhecido por ser “esquentadinho” principalmente devido à sua litografia de 65 nm, e com o cooler box anêmico da Intel é ainda mais difícil manter a sua temperatura sob controle. Pois bem, estava enfrentando problemas de temperatura no meu exemplar do Q6600 (me obrigando a tirar o overclock) e cogitava substituir o cooler box por outra solução - felizmente antes de qualquer coisa decidi checar o meu armário de componentes e descobri esta preciosidade escondida e esquecida, que compartilharei com vocês!

EDIT 03/08/2015: adição das telas do CPU-Z e do HWMonitor.

Nota de falecimento do controlador de ventoinhas NZXT Sentry 2

Imagem
O mais novo integrante do hall dos meus dispositivos falecidos é o controlador de ventoinhas NZXT Sentry 2, o qual já estava a algum tempo dando sinais de que o seu fim estava próximo: muitas vezes ao ser ligado não acionava mais todas as ventoinhas (sendo que algumas vezes ele deixava de acionar a ventoinha do processador!) e a backlight do seu visor estava cada vez mais fraca. Pois bem, na última semana o seu visor se apagou totalmente deixando o dispositivo inutilizado, isto com pouco mais de um ano de uso.


Ando meio cagado ultimamente. Primeiro foi o Core i7 2600K que faleceu (substituído por um 3770K), depois foi o Samsung Galaxy SIII (trocado por um Moto G 2014) e agora o Sentry 2. Que urucubaca!

Porém ao contrário dos outros dispositivos mortos não pretendo comprar um substituto para o controlador de ventoinhas, o qual na minha opinião mostrou-se um componente de utilidade bastante limitada além de aumentar de forma brutal a quantidade de fios dentro do gabinete. Salvo para quem …

Overclock e benchmarks: processador Intel Core i7 3770K

Imagem
Retomando o tema do processador Core i7 3770K, substituto do meu finado 2600K, nesta postagem irei complementar a análise deste fantástico processador com informações sobre o overclock do mesmo e os tão aguardados resultados de diversas suítes de benchmarks. Confira todos os detalhes na sequência!

Unboxing e primeiras impressões: processador Intel Core i7 3770K

Imagem
Rei morto, rei posto. Após a morte do meu antigo processador Core i7 2600K, não adiantava muito ficar lamentando a passagem do meu companheiro de longas jornadas e decidi ir atrás de um substituto, além de que ficar sem PC em casa estava prejudicando bastante o andamento dos meus trabalhos e a produção de material para o Blog. Desta forma, tirei o escorpião do bolso e providenciei um substituto à altura do finado 2600K.  Todos os detalhes e o unboxing do novo processador vocês curtem nesta postagem!

A Arte do Overclock (Parte 3 - A Prática)

Imagem
Neste episódio do especial sobre a técnica de overclock mostrarei mais o lado prático dos procedimentos. Enquanto que as primeiras duas partes foram um tanto quanto teóricas, com bastante texto, esta parte será mais ilustrativa para demonstrar os resultados que obtive no meu equipamento. Vamos lá! :-)

EDIT 12/09/2014: muito possivelmente o overclock contribuiu para que o meu processador Core i7 2600K tivesse danos permanentes, embora seja difícil afirmar com absoluta certeza. Desta forma, caso deseje experimentar siga com cautela os procedimentos e esteja ciente dos riscos envolvidos - também não posso me responsabilizar caso haja problemas no seu equipamento. Apesar do revés, jamais irei abandonar a prática do overclock! :-)

EDIT 26/09/2014: com o processador Core i7 3770K desenvolvi uma técnica de overclock mais moderado. Confira lá!

A Arte do Overclock (Parte 1 - A Teoria)

Imagem
Não existe uma tradução ao pé de letra para a língua portuguesa do termo overclock. A tradução mais próxima seria algo "acima da frequência". Em termos práticos, overclock é um procedimento que consiste em fazer com que um determinado componente opere em uma frequência acima do que foi designado pelo fabricante. É possível fazer overclock em praticamente todos os componentes de um PC: processador, memória RAM, placa de vídeo... neste texto irei me focar no overclock feito no processador principal do PC. Uma boa leitura!




Faça você mesmo: trocando a placa mãe do seu PC (Parte 2 - Preparativos)

Imagem
Nesta postagem vamos prosseguir com o tema da troca e montagem da sua (e da minha também... rs) nova placa mãe! Na Parte 1 havíamos finalizado a desmontagem do cooler e a retirada do processador, além de também termos passado pelo processo de limpeza dos componentes. Para o presente texto partiremos do sistema inteiramente desmontado, exatamente como mostra a imagem abaixo. Uma boa leitura!