Rebuild #5: eXtreme Performance (Parte 5 – Murphy está de sacanagem)

O projeto Rebuild #5 não está progredindo como eu gostaria. Confiram o que rolou no mais novo episódio desta novela!


Enquanto que a série começou com boas expectativas na primeira e segunda partes, a partir da terceira a coisa degringolou e assim tive que partir para outras aproximações de modo a tentar diagnosticar o problema da GeForce FX 5900 no 3DMark 2003.

Após a apresentação da ECS KT600-A, chegou a hora de testar se nesta placa o problema será resolvido. Como não há certeza, decidi fazer o teste em bancada sem montar a placa no gabinete: deixei apenas o Athlon XP 2200+, a GeForce FX 5900 e o módulo de memória DDR-400 instalados para minimizar a chance de problemas.


Aproveito aqui para mostrar alguns detalhes do setup da ECS KT600-A:


O parâmetro AGP Mode pode ser crucial para o diagnóstico, uma vez que ele permite forçar o AGP a trabalhar no modo 4X. Esta opção inexiste no setup da Asus A7V8X-X.


O setup também permite alterar a frequência do barramento frontal (FSB):


Bem como a frequência e temporizações dos módulos de memória:


Um novo problema

Quando eu estava prestes a reinstalar os sistemas operacionais Windows 98 e XP para iniciar os testes, o disco rígido Samsung SpinPoint começou a emitir o clássico clique da morte e o PC passou a demorar para detectá-lo.


Apertem os cintos, o sistema sumiu! 😱


Cadê as partições que estavam aqui? O disco comeu!


No lugar do Samsung entrou este clássico Seagate Barracuda 7200.7, também de 80 GB com rotação de 7.200 RPM e 2 MB de cache. É exatamente o mesmo disco que eu usei na época.


No good...

Com o Seagate pronto reinstalei os Windows 98 e XP e pude proceder com os testes. Desta vez instalei os drivers do chipset Via Hyperion mais recentes compatíveis com o KT600.


Bem como desativei o V-Sync no driver de vídeo.


Mesmo forçando o AGP em 4X, desabilitando o Fast Writes e ajustando o Calibration Cycle o resultado foi... a mesma shit. 😓


O velho Murphy está pegando pesado com este projeto. Uma vez que o problema se manifestou em duas placas-mãe e com diferentes versões dos drivers da Via e da Nvidia, tudo indica que é algum problema na placa de vídeo mesmo. Avaliarei as opções que restam.

Comentários

Postar um comentário