Montando um novo PC-XT (Parte 3 – Instalando o Windows 1.04)

Neste mais novo episódio da série sobre o PC-XT, instalarei a primeira versão do sistema do tio Bill exatamente como era feito no seu lançamento há mais de trinta anos, e o melhor: em um hardware da época. Confira aqui!




A configuração do XT

Primeiramente vamos revisar a configuração do XT (para mais detalhes consulte a primeira e a segunda postagens da série):

  • Processador AMD 8088 rodando a 10 MHz;
  • 512 KB de RAM;
  • Interface de vídeo e monitor CGA;
  • Disco rígido Seagate ST-238R de 32 MB (aproximadamente 26 MB após formatado);
  • Placa controladora de disco Seagate ST-11R;
  • Placa controladora de disquete baseada no chip UMC UM8397.

Convém também destacar que neste texto abordarei a instalação e configuração do sistema. Para mais detalhes técnicos recomendo a leitura da postagem Minha experiência pessoal com o Windows 1, ok? 

Executando o Windows 1 em conjunto com versões mais novas do MS-DOS

Sempre instalo nos meus PCs antigos o MS-DOS 6.22, que é a última versão disponibilizada pela Microsoft e contém diversas melhorias e correções de bugs. As versões mais antigas do sistema, principalmente as anteriores à 5, são incrivelmente limitadas em diversos aspectos.

Porém o Windows 1 possui uma rotina rudimentar que checa a versão do MS-DOS que está instalada: se for qualquer uma acima da 3.34 a instalação é abortada com uma mensagem de erro. Para contornar esta limitação recorreremos ao utilitário SETVER.EXE, o bisavô do modo de compatibilidade presente nos Windows modernos.

Conforme vimos na postagem sobre a configuração dos arquivos CONFIG.SYS e AUTOEXEC.BAT, o SETVER deve ser carregado como um dispositivo através do CONFIG.SYS pela instrução DEVICE (ou DEVICEHIGH se o processador for um 80386 ou superior). Como estamos em um simples 8088, a linha para carga do SETVER fica assim:

DEVICE=C:\DOS\SETVER.EXE

Com o SETVER devidamente carregado em memória, devemos então apontar que o arquivo binário do Windows 1 reconheça o MS-DOS na versão 3.34 (ou anterior) com o comando:

SETVER WIN100.BIN 3.34

Basta reiniciar o PC para que as alterações entrem em vigor.


A instalação

O Windows 1 foi distribuído em seis disquetes de 360 KB e 5,25”, nomeados desta forma:

Disco 1 – Setup
2 – Build
3 – Utilities
4 – Font
5 – Desktop Applications
6 – Write Program

Além destes também há um sétimo disquete com drivers para algumas impressoras, porém o mesmo não é necessário para a instalação. Para iniciar o processo basta inserir o primeiro disquete e rodar o SETUP.EXE:


Como discos rígidos eram artigos de luxo na época pelo seu alto preço, o Windows 1 também pode ser instalado em disquetes. Porém aqui o instalaremos no glorioso disco ST-238R:


Aqui escolhemos a pasta para a instalação do sistema. Como sempre o padrão é C:\WINDOWS:


O utilitário avisa que você deve ter em mãos todos os disquetes de instalação e ter noções básicas sobre o modelo do mouse (se houver), o tipo de placa de vídeo e das impressoras que estiverem conectadas ao PC.


Aqui escolhemos o tipo do teclado:


E fazemos o mesmo para o mouse. O meu XT não conta com um.


A minha placa de vídeo é uma CGA genérica. Na dúvida deixei na opção padrão.


A cópia dos arquivos…


Devemos agora inserir o disquete Build e assim sucessivamente até o sexto disco.


Após a cópia dos arquivos de todos os disquetes, chegou a hora de configurar a impressora. Como não tenho nenhuma instalada no XT, pulei esta etapa.


Instalação concluída!


O sistema

A clássica tela inicial do Windows 1, com todo o charme que apenas uma interface CGA pode oferecer:


Segundo os anais da história da computação pessoal (recomendo que vocês assistam ao filme Piratas do Vale do Silício, vale muito a pena!), depois de ver um protótipo do Macintosh em funcionamento Bill Gates ficou inquieto, e com razão: a interface gráfica era o futuro dos computadores pessoais, e o astuto Bill também percebeu que o domínio do MS-DOS estava com os dias contados se nada fosse feito.

Desta forma ele direcionou todos os esforços da Microsoft para desenvolver uma interface gráfica para os IBM-PCs e seus clones, o Windows, que após muitos atrasos foi finalmente lançado em 1985. Inicialmente o sistema tinha muitos bugs e limitações, assim não foi bem recebido (virou até piada) e era visto como uma cópia malfeita do Mac OS. Porém Bill não desistiu e foi aos poucos evoluindo o sistema, até finalmente conseguir a dominação mundial nos PCs como vemos nos dias de hoje.

Mas voltando ao Windows 1, o seu principal componente é o chamado MS-DOS Executive, que nada mais é do que um gerenciador de arquivos (o tataravô do Windows Explorer) que permitia rodar as aplicações.

(Um parênteses: como as fotos foram tiradas diretamente da tela a câmera acaba capturando a atualização do monitor – a minha placa de captura não é compatível com o padrão CGA. Peço desculpas pelo inconveniente 😉).



Diversas aplicações estão presentes no Windows até hoje, como a calculadora:


O editor de textos Write (ancestral do WordPad):


O Painel de Controle era bem minimalista:


Como o Steve Ballmer disse na propaganda, o Windows 1 também vem com o Reversi!


Além do Paint!


Para finalizar, eis um vídeo com o funcionamento do Windows 1 no XT:


Espero que tenham curtido e até a próxima!
Anterior:

Veja também:

Comentários

Postar um comentário