Nintendinho reloaded

(Será que o retro way of life vai chegar ao mainstream?) A Nintendo surpreende o mundo e anuncia o lançamento de uma versão compacta do lendário Nintendo Entertainment System (NES), carinhosamente apelidado de Nintendinho pelos jogadores brasileiros. O aparelho vem com 30 jogos na memória:

  • Balloon Fight
  • Bubble Bobble
  • Castlevania
  • Castlevania II: Simon's Quest
  • Donkey Kong
  • Donkey Kong Jr.
  • Double Dragon II: The Revenge
  • Dr. Mario
  • Excitebike
  • Final Fantasy
  • Galaga
  • Ghosts 'N Goblins
  • Gradius
  • Ice Climber
  • Kid Icarus
  • Kirby's Adventure
  • Mario Bros.
  • Mega Man 2
  • Metroid
  • Ninja Gaiden
  • Pac-Man
  • Punch-Out!! Featuring Mr. Dream
  • Startropics
  • Super C
  • Super Mario Bros.
  • Super Mario Bros. 2
  • Super Mario Bros. 3
  • Tecmo Bowl
  • The Legend Of Zelda
  • Zelda II: The Adventure Of Link



Infelizmente pelas dimensões compactas o console não aceitará cartuchos, mas por outro lado terá várias atualizações contemporâneas como hardware gráfico melhorado, saída HDMI e a possibilidade de salvar os jogos a qualquer momento. Outro barato é o seu joystick que é idêntico ao modelo original, porém também compatível com o Wii e o Wii U. 

O aparelho chegará ao mercado norte-americano no dia 11 de novembro por 59 doletas. No HuehueBr sempre é tudo mais complicado, sem falar que oficialmente a Nintendo não mais atua aqui - desta forma somente via importadores independentes.


Vale lembrar que por aqui a Tectoy oferece versões repaginadas do Master System principalmente, porém sem melhorias no hardware e a possibilidade de salvar os jogos. Como a empresa ainda deve deter os direitos de comercialização dos finados consoles da Sega, imagino que se a mesma lançasse versões compactas e atualizadas de clássicos como o já citado Master, o Mega Drive, o Saturn e o Dreamcast seria um sucesso absoluto, visto que o Brasil é um dos países com o maior número de seguistas saudosistas por metro quadrado do mundo, inclusive este que vos escreve. Fica a dica Tectoy!

Ou ainda, quem sabe assim a Sega não se anime e saia do ostracismo? Nem precisa lançar um console novo, o que eu escrevi no parágrafo anterior para a Tectoy também se aplica perfeitamente à Sega, apenas que neste caso o sucesso seria mundial.

Veja também:

Comentários

  1. Por 60 dólares vale a pena. Infelizmente já antevejo chegando aqui custando os tubos. Estou curioso para ver qual é o hardware dentro da caixinha.

    Bem que a Nintendo poderia fazer o mesmo com o SNES e como você diz a Sega com a dupla Master System/Mega Drive.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não seria um exagero estimar que chegue aqui por uns 300 temers ou mais. HuehueBr é foda. Enfim, se não enfiarem muito a faca compro um sem dúvida, 30 anos depois finalmente vou ter um Nintendinho! Antes tarde do que mais tarde ainda! :-p

      Outra alternativa seria comprar diretamente na Amazon americana, se o dólar continuar caindo pode valer a pena visto que compras abaixo dos 100 obamas agora são isentas de imposto de importação e o frete da Amazon para cá até que não é tão caro.

      E realmente, se a Nintendo fizer isto com o SNES seria épico!

      Excluir
    2. Aposto um café (puro, por favor) que será mais de R$ 300 no varejo. Menos que isso nos muambeiros do ML talvez. Mas torçamos para que eu perca o café... :-p

      Excluir
    3. Concordo. O negócio é torcer para o dólar continuar caindo para comprar na Amazon ou mesmo num AliExpress da vida...

      Excluir
  2. Míiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiticoooooooooooooo

    ResponderExcluir
  3. Aí está:

    https://www.reddit.com/r/nintendo/comments/5avo9m/nes_classic_hardware_if_this_picture_is_true/

    Um SoC ARM com 256 MB de RAM e uma memória flash de 512 MB para o sistema/jogos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário