Matrox Millennium Falcon

Ao lado das S3, as placas de vídeo da Matrox eram consideradas como as rainhas do 2D no seu auge. Confira aqui a avaliação do modelo Millennium.


A placa e a plataforma de testes

A Matrox Millennium foi testada na plataforma oficial de testes de hardware antigo do blog, que consiste em um Athlon Thunderbird de 1,2 GHz, a placa-mãe Asus A7V133-C e 512 MB de RAM, com o sistema operacional Windows 98 SE.

As especificações da Matrox Millennium são as seguintes:
  • Chip gráfico MGA-2064W-R2 rodando a 50 MHz;
  • 4 MB de memória de vídeo SGRAM rodando a 50 MHz e interface de 64 bits (largura de banda de 400 MB/s);
  • Litografia de 350 nm;
  • Resolução máxima de 1280 X 1024 a 85 Hz;
  • RAMDAC rodando a 220 MHz;
  • Custo de US$ 549 em 1996.
Este é o meu exemplar da Millennium


Instalando os drivers oficiais no Windows 98:


Testes

Uma surpresa foi o Unreal Tournament 99 ter reconhecido a Millennium como um dispositivo Direct3D capaz. De fato, em 800 X 600 a placa da Matrox conseguiu 22 quadros por segundo, um resultado respeitável para a época.


Entretanto a boa surpresa não se manteve no 3DMark 99, o qual requer que o chip gráfico também consiga manipular texturas no DirectX 6:


E também no Quake III, uma vez que o driver da Matrox não fornece suporte ao OpenGL. Realmente esta é uma placa voltada para aceleração 2D apenas.


Todos os resultados estão compilados no gráfico abaixo:

De fato, em 2D a Matrox brilha e em alguns testes chega perto até mesmo da 3dfx Voodoo4 4500, a placa de vídeo de testes do blog.

Para ilustrar os resultados comparei a Millennium com a S3 ViRGE, para verificar qual delas foi a “rainha do 2D” na época. Ambas ficaram bastante próximas, com uma leve vantagem em torno dos 5% para a Matrox:

Enfim, a Matrox Millennium é uma boa opção de placa de vídeo para a interface do sistema operacional e jogos 2D, tais como aqueles para MS-DOS. Caso o foco seja jogos 3D ela deve ser evitada.

Até a próxima!

Comentários

  1. Até poucos anos atrás, servidores da Dell, Lenovo e HP usavam chips Matrox G200E alguma coisa! Talvez modelos atuais ainda usem (não tenho acompanhado). Super básico e tal, mas suficiente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, em servidores geralmente nem é instalado o driver de vídeo, ficando com o driver padrão do próprio sistema operacional para minimizar possíveis instabilidades oriundas de drivers de terceiros.

      Assim essas Matrox são plenamente suficientes.

      Excluir
  2. Para 2D realmente é uma boa placa. Eu tenho varias S3 e resolvi não comprar mais nenhuma placa 2D.
    Minha intenção agora seria comprar uma 3D por um preço razoável da década de 90, mas devido a minha opção por “preço razoável”, não sobrou opção nenhuma!!!
    O Pc vai ficar bem original!!!
    Olha só!
    -placa mãe 486
    -placa de video dos anos 2000
    -SSD ide
    -Fonte ATX
    -monitor LCD
    -Floppy emulator
    -só faltou im mouse wireless!!!

    Fonte AT tenho algumas que até troquei todos os capacitores, mas se der um erro de tensão, queimo a MB

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma S3 casa muito bem com um 486, vai ser possível se divertir bastante com toda a enorme biblioteca de jogos 2D para MS-DOS.

      Fontes AT antigas eu considero como não confiáveis, mesmo fazendo um recap. Como achar fontes AT novas é algo difícil hoje em dia, acredito que um adaptador ATX para AT é o ideal.

      Excluir
    2. Sim!
      Eu tenho uns ótimos jogos 2D.
      Quanto a fonte, eu recentemente construi um adaptador montado em placa de circuito impresso onde inclui um regulador 5 volts negativo, filtro e conector para chave liga desliga.
      Existem vários modelos de adaptadores a venda mas eu quis montar um mais completo.

      Excluir
    3. Outra coisa que vou fazer, é modificar minha fonte ATX dell para AT.
      Vou eliminar a fiação 3.3v, remover o conector e colocar os dois P8 -P9, e o conector liga/desliga.

      Excluir
  3. Michael, voce acha que vale a pena comprar para meu 286?

    https://www.ebay.com/itm/263434915175

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tendo em vista a dificuldade de achar discos IDE de baixa capacidade em bom estado, achei muito interessante!!

      Excluir

Postar um comentário

Mais lidas da semana

Ryzen versus FX