A batalha dos six cores

A maior crítica aos processadores AMD FX sempre foi quanto ao seu baixo IPC, considerado inferior até mesmo em relação aos modelos anteriores. Será que isso é mesmo verdadeiro?


Os concorrentes e a plataforma de testes

Para este comparativo reuni três chips: os Phenom II X6 1055T e 1090T, e o FX 6300.
 

A placa-mãe utilizada é a Asus M5A97 LE R2.0 baseada no chipset AMD 970, além de 8 GB de RAM DDR3-1600 (dois módulos de 4 GB em dois canais), a placa de vídeo oficial de testes GeForce GTX 1070 e o notório discoringa bombado.


Phenom II X6 1055T e 1090T

Estes processadores são baseados na lendária microarquitetura K10, com seis núcleos na revisão Thuban e litografia de 45 nm. O modelo 1055T possui frequência base de 2,8 GHz e turbo de 3,3 GHz.


Enquanto no 1090T a frequência base é de 3,2 GHz e a turbo é de 3,6 GHz. Por ser da linha Black Edition o seu multiplicador é destravado.


FX 6300

O 6300 traz a microarquitetura Piledriver, uma pequena evolução da Bulldozer que era a microarquitetura original dos FX. Conta com litografia de 32 nm, frequência base de 3,5 GHz e turbo de 4,1 GHz, com o multiplicador destravado.


O aspecto mais polêmico dos processadores FX é o seu conceito de módulos. Cada módulo conta com duas unidades de execução de inteiros com os seus respectivos caches L1, uma unidade de decodificação de instruções, uma unidade de ponto flutuante e o cache L2 – no caso, o 6300 possui três destes módulos. A AMD teve que recorrer a este formato pois a microarquitetura Bulldozer/Piledriver é tão complexa que, em conjunto com a litografia de 32 nm, todas as estruturas simplesmente “não caberiam” dentro dos núcleos.

Como o marketing dos processadores FX afirmava que eles tinham 4, 6 ou 8 núcleos, a AMD levou vários processos judiciais por propaganda enganosa, com os quais a empresa lida até hoje no pagamento de indenizações.

Benchs

Seguindo o rol de benchmarks do blog, os resultados estão compilados no gráfico abaixo. De um modo geral o FX saiu-se bem apenas no CPU-Z, sendo dominado pelos Phenom II nos demais testes:


A média dos resultados mostra o cenário. Mesmo com uma frequência de operação superior, o FX sucumbiu devido à ineficiência da sua microarquitetura e ao conceito dos módulos, tendo em vista que os núcleos dos Phenom II são completos e com maior IPC (instruções por ciclo).


Os resultados de todos os processadores já testados pelo blog podem ser vistos aqui.

Jogos

Fiz um vídeo mostrando o desempenho do Phenom II 1090T e do FX 6300 lado a lado, usando a resolução de 1080p e os mesmos ajustes gráficos, com as configurações no nível “médio” de modo a transferir a maior carga da placa de vídeo para os processadores. O 1090T foi superior no Battlefield V e o 6300 venceu no F1 2020, enquanto no GTA V e no DiRT 5 houve empate técnico. Confira:


A maior vantagem do FX

Apesar das suas limitações de arquitetura, o FX possui uma vantagem substancial em relação ao Phenom II: o suporte a um leque muito maior de conjuntos de instruções, notadamente o SSSE3 e o SSE 4.X, as quais são requeridas por vários jogos e softwares atuais.

Por exemplo, nos testes os processadores Phenom II não foram capazes de rodar os benchmarks 3DMark Time Spy e V-Ray, além do jogo Doom Eternal.



Concluindo, é certo que a arquitetura dos Phenom II é muito mais elegante e eficiente, porém os FX envelheceram melhor devido ao suporte aos novos conjuntos de instruções. Quem tem um FX ainda poderá mantê-lo por mais algum tempo, enquanto para os Phenom II o bicho está começando a pegar pela falta das instruções, o que é uma pena.

Comentários

  1. comentario feito do windows 98, esta um desafio navegar na internet nele, deu muito trabalho para instalar o firefox 45 mas agora estou no seu blog, esta muito bugado que nem consigo ver o que estou digitando, mas pelo menos consigo assistir youtube no windows 98!. Viva o Windows 98 e o XP, esses sáo windows muito icönicos e nunca morrem o XP ainda esta vivo e o 98 recussitou depois que melhoraram o KernelEX, agora em pentium III vai ser asssim: vou instalar windows 98 e kernelEX e firefox 45, náo faco ideia se vai ficar lento ou náo, mas acho que talvez eu consiga rodar videos em 144p no meu bravo Pentium III com 312mb de RAM com 10GB de HD que esta neste momento rodando o xp parecendo uma lesma, depois vou instalar o 98, náo sei porque vim aqui mas quero registrar essa conquista aqui!, e muito bom para hardware antigo. Print de como esta o seu blog no windows 98: (https://drive.google.com/file/d/1K2yQxKPCkdV7Vq2ZqMj3_Qlppp3GE3jJ/view?usp=sharing)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe por ter comentado meio nada a ver com o texto mas como você gosta de hardware antigo resolvi comentar

      Excluir
  2. A AMD na época não estava com condições financeiras em fazer uma nova arquitetura, quis abraçar o mundo com as pernas, apostou tudo e o tiro saiu pela culatra.

    Eu acho que devido a situação delicada da AMD na época, eles deveriam fazer um Phenom 3, reutilizar a arquitetura K10 porém com litografia menor e hyper threading, seria muito mais barato, mais eficiência e teria melhor retorno.

    O conceito de módulos é ideal para servidores, não para PCs domésticos, ainda mais em 2011, onde a esmagadora maioria dos PCs eram de 1 ou 2 núcleos, foi um risco desnecessário que a AMD correu.

    A Intel nadou tranquilamente nos últimos 15 anos na liderança e prestígio apenas atualizando ano a ano a plataforma Core (que é uma evolução do Pentium 3).

    Demorou, mas a AMD aprendeu a lição com os Ryzen, nos próximos anos, tanto Intel quanto AMD vão só atualizar a arquitetura, mudar radicalmente, nunca mais, não compensa.

    JÁ prevejo aqui no blog daqui 10 anos, comparativo Core i5 20100 vs. Ryzen 5 15100X

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "JÁ prevejo aqui no blog daqui 10 anos, comparativo Core i5 20100 vs. Ryzen 5 15100X"

      :-)

      Excluir
  3. Os FX estavam caindo vertiginosamente de preço com a chegada dos Ryzen, porem veio a pandemia, a crise dos semicondutores, e tudo ficou extremamente caro, até para peças que são consideradas antigas, o FX por exemplo, o preço delas caíram muito em 2017/2020, porem com a crise, voltaram a subir como tudo, e ja estão na faixa de 200-300 reais no Aliexpress, também subiram muito os preços dos Core das primeiras gerações, tem gente vendendo Core i5 da segunda geração por 500 reais no ML, é de chorar.

    A falta de instruções realmente complica para softwares novos, mas quem compra esses processadores tem que ser ciente que não vai rodar um Cyberpunk 2077 nem as ultimas versões do Photoshop e tals, porem para uso básico, tipo escolas e escritórios, os Phenom ainda são uma alternativa boa pra quem quer gastar o mínimo possível pra um PC básico, pagar mais de 500 num processador Celeron não dá, e um Raspberry Pi só vai ser realmente viável como PC básico daqui uns anos quando a arquitetura ARM tiver mais consolidada.

    Em breve vou comprar um Phenom X4 e fazer um desafio de montar o pc mais barato que possa ser utilizavel para 2021/2022 para tarefas mais basicas, acho que consigo, porem só quando o dolar abaixar de 5, senão, não dá. Esse PC que montar, pretendo doar depois dos testes pra alguma instituição que precise!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba, até os FX subiram de preço? Ultimamente os preços estão tão escrotos que nem estou acompanhando mais o mercado, os componentes que mostro aqui foram comprados antes desta loucura.

      Na minha opinião a melhor opção para dar sobrevida a hardware antigo são distribuições Linux mais otimizadas, com gerenciadores de janelas peso leve.

      Excluir
    2. Sim, tudo aumentou, isso porque estamos falando de Aliexpress, os FX já estão na faixa de 250-300 reais la, mesmo preço dos Core 2a geração e dos Phenom X6 (mais raros) e num para más um pouco inferior, Core 2 Quad (que está inflacionado a parte) , os Phenom X4 existe em abundância e custa entre 80/120 reais, mais baratos que os Core 2 Duo.

      Devem fazer sucesso, pois lá ainda se encontram em grandes quantidades placas AM3, 775, 1155, eles estão virando os queridinhos da crise.

      Mas já vi no Mercado Livre gente com coragem de vender Core 2a geração e FX a 600/700 reais

      Excluir

Postar um comentário

Mais lidas da semana