Testes de hardware: uma nova abordagem (e um novo discoringa)

Decidi mudar a forma de produzir e publicar os testes de hardware aqui do blog. Veja como vai ficar!

Com a introdução do poderoso Avenger PC decidi que era hora de mudar a forma como avalio e publico os componentes de hardware. Até então os mesmos eram focados em configurações completas, cujos resultados geram longas e complexas tabelas que tornam difícil visualizar os dados e fazer comparativos.

A partir de agora os testes se focarão em componentes específicos, divididos em três grandes famílias: placas de vídeo, processadores e dispositivos de armazenamento. Isto permitirá que os resultados sejam facilmente compilados em elegantes gráficos ao invés de rústicas tabelas, tornando a leitura muito mais prezerosa.

O Avenger PC será a plataforma de testes para placas de vídeo e unidades de armazenamento, enquanto que a GeForce GTX 1070 será a placa de vídeo oficial para a avaliação dos processadores (e tenho muitos!). As configurações completas continuarão tendo destaque, mas de uma forma diferente: através de vídeos mostrarei o desempenho em jogos.

Confira aqui como ficaram os novos benchs!

Discoringa atualizado

O novo discoringa é este SSD Kingston A400 de 960 GB:

Componentes antigos

Para mim o limiar entre os componentes contemporâneos e os antigos é a introdução do PCI Express, ou seja, plataformas anteriores ao PCIE (tais como AGP, PCI, VLB, ISA...) eu considero como antigas. Uma vez que há uma grande variedade de padrões antigos, será necessário desenvolver uma metodologia que consiga abordar todos eles. 

Fica para os próximos capítulos. 😉

Comentários

  1. Realmente vai dar mais clareza para entendimento.
    Quando comparo algumas placas de video, acho interessante a visão em formato de grafico.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais lidas da semana

Pentium versus 5x86

O restritivo Windows 11

Microsoft Batch 98