E saíram os primeiros testes das GeForce RTX

Começaram a pintar os primeiros testes das novas placas GeForce e, ao menos para mim, o resultado foi decepcionante.


Finalmente as primeiras análises das GeForce RTX estão pintando na Web. Selecionei o teste feito pelo Clube do Hardware com a RTX 2080 para ilustrar esta postagem por um simples motivo: acompanho o Gabriel Torres, uma grande influência deste que vos escreve, desde 1996 e até hoje eu jamais tive qualquer motivo para duvidar da seriedade do seu trabalho. Algo que não tenho segurança para afirmar sobre nenhum outro laboratório, ainda mais depois que um mocorongo do Tom´s Hardware escreveu algo como “a vida é curta demais para deixar passar um produto como as GeForce RTX”. Mais vendido, impossível! 

Mas confiram o teste lá e depois voltem aqui.

Já voltaram? E então, o que acharam? Para mim são ganhos pequenos demais para um produto de mais de cinco mil temeres-picaretas. Até mesmo o meu SLI lixo de GTX 1070 chegou junto no 3DMark, surpreendentemente vencendo no teste Time Spy que, por ser baseado no DirectX 12, se beneficia bem menos de mais de uma GPU. Sem falar que o Clube do Hardware usou nos testes um Core i7 8086K @ 5 GHz, teoricamente bem mais forte em jogos do que o meu Ryzen 7 2700X @ 4,3 GHz.

No Time Spy as minhas GTX 1070 comeram a RTX 2080 com farinha

E tem mais ainda: qual o motivo de se investir tanto em uma simples placa de vídeo para rodar jogos “velhos” como o GTA V (2015 no PC), Hitman (2016), Deus Ex (2016) e o The Witcher 3 (2015), apenas para citar alguns exemplos? A verdade é que o mercado de jogos para PC está uma porcaria, se você quiser desfrutar de lançamentos realmente bons compre um PS4 Pro por menos da metade do preço e seja feliz. Sem falar que também em 4K a RTX 2080 não convenceu, sofrendo para ficar entre os 50 e 60 FPS em muitos dos jogos testados.

A conclusão do artigo do Clube do Hardware versa que ainda falta que os jogos tirem proveito das novas tecnologias das RTX, o que é uma verdade incontestável. Porém a indústria de jogos para PC é tão modorrenta que, quando isto acontecer, pode ser que a implementação destas tecnologias feita nas RTX se revele não ser boa o bastante. Nós já vimos esse filme.

Por fim, se você quiser trocar de placa de vídeo é uma hora boa de pegar uma Pascal "usadinha". O que vai ter de tonto se desfazendo das suas GTX 1080/1080 Ti (algumas com pouquíssimo tempo de uso) para pegar uma RTX não está no gibi.

Atualização em 25/09/2018: saiu o teste com a GeForce RTX 2080 Ti. Ela mostra um desempenho mais convincente em 4K e finalmente ganha das minhas GTX 1070 no Time Spy, mas ao custo de nada menos do que 1200 trumps (mais de 7 mil temeres-pilantras no Huezil 😱), que é considerado deveras elevado até mesmo pelos felizes norte-americanos.

Comentários

  1. Nossa! É muito dinheiro por uma placa de video, e, acho que não coerente com o ganho.
    Eu to contente com a minha pequena gtx 1050 que paguei uns 160 trumps. Não é nenhuma top mas me atende bem, e com um consumo de 70 watts.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, não há motivo algum para trocar uma Pascal pelas RTX. Se você sentir falta de mais potência na GPU, é muito melhor pegar uma 1080 ou mesmo 1080 Ti usada.

      Excluir

Postar um comentário