Empurroterapia em 8K

No último parágrafo da postagem que fiz sobre os "novos" PS4 e Xone e sobre a modinha do 4K, escrevi sem a menor intenção de soar profético:


"Isso se até lá não estiverem querendo empurrar o 8K goela abaixo"
RIGO, Michael. República de Curitiba, 2016.


Pois bem. Hoje me deparo com a notícia de que a Sony e a Panasonic vão tentar empurrar a todo custo TVs 8K até as Olimpíadas de Tóquio em 2020. Bingo! Estes fabricantes não desistem mesmo de aumentar o lixo tecnológico do planeta ao forçar trocas de aparelhos em perfeito estado de funcionamento.



Se você foi contraído pela febre do 4K, sinto-lhe informar mas você já está "ultrapassado". E àqueles que compraram TVs 3D e já as trocaram por aparelhos 4K, apenas posso lamentar duplamente. A vida realmente é um grande e contínuo aprendizado.

Quanto ao Pai Ambrósio que vos escreve, informo que não tenho dinheiro para sustentar grandes empresas como estas. Minha TV 1080p, meu monitor/TV Ultrawide e o meu monitor QHD vão ficar comigo por muitos e bons anos ainda, pelo bem do meu bolso e principalmente do planeta.

Comentários

  1. Pois é, esses fabricantes sempre tentando empurrar "novidades" para os consumidores. Fora que, do que adianta uma tela 8k sem conteúdo para consumir ? Steaming de vídeos 8k no Brasil, quando as operadores estão adotando cotas de dados nas conexões ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem observado. A minha conexão engasga em 1080p, e dependendo do horário até mesmo 720p fica complicado.

      Excluir

Postar um comentário