Nvidia Turbo Pascal

Até que enfim foram oficialmente anunciadas as novas GeForce GTX 1080 e 1070 baseadas na nova arquitetura Pascal, que conforme a Nvidia representa um grande salto de performance mantendo a eficiência energética. Ainda segundo a empresa uma única 1080 superará com sobras a Titan X e até mesmo um SLI com duas 980. Wow!

As especificações da GTX 1080 são as seguintes:

  • 2560 núcleos CUDA com litografia de 16 nm (FinFET);
  • Frequência de 1607 MHz (1733 MHz no modo turbo);
  • 8 GB de VRAM GDDR5X acessada a 256 bits (banda de 10 Gbps);
  • Interface PCIE 3.0 x16;
  • TDP de 180 W;
  • Suporte ao DirectX 12 e OpenGL 4.5;
  • Preço de 599 obamas na versão normal e 699 verdinhas na versão especial Founders Edition.



Quanto à GTX 1070, a Nvidia informou que ela será mais rápida do que a Titan X, terá generosos 8 GB de VRAM GDDR5 e que custará 379 dólares na versão normal e 449 na Founders Edition. A litografia e o processo de fabricação são os mesmos da 1080. Além das demais tecnologias proprietárias da Nvidia tais como a G-Sync, ambas as GPUs suportarão o novo recurso Ansel que captura imagens dos jogos em 360 graus. 

Segundo o CEO da Nvidia Jen-Hsun Huang foram empregados bilhões de dólares em pesquisa e desenvolvimento. Ficamos no aguardo da resposta da AMD com a arquitetura Polaris.



Enfim, se você estiver querendo trocar de placa de vídeo neste ano fique ligado nas queimas de estoque das GTX 980, 980 Ti e até mesmo da Titan X – fico com pena das lojas que tem em estoque as Titan X, que agora terão que ser vendidas com preço (muito) reduzido ou simplesmente ficarão encalhadas. E tenho mais pena ainda de quem comprou uma, que será suplantada por uma placa de nicho intermediário. A tecnologia realmente é cruel com os afobados (e abonados).

Quanto a mim, vou ficar quieto com as minhas três GTX 760. Espero somente que a Nvidia em nome das glórias passadas não sacaneie com as guerreiras Kepler nas novas versões dos drivers.

Veja também:

Comentários

  1. A GTX 1070 só vai superar a Titan X em VR. Duvido muito que a própria 1080 seja melhor. Os resultados divulgados na página dela, aposto que foram com o overclock de 2100MHz que fizeram ao vivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto realmente é algo que somente os primeiros reviews vão poder apontar.

      PS: Nvidia, se você quiser me mandar uma GTX 1080 para testar estou às ordens! :-)

      Excluir

Postar um comentário