RetroTeste – Nvidia Riva TNT AGP

Em 1998 a linha Riva TNT da Nvidia veio para sacudir o mercado dos ditos “chips aceleradores 3D”, que ainda eram novidade na época. Confira a avaliação da lendária Diamond Viper V550 AGP, uma das mais famosas placas a contar com o TNT.


A placa é bastante compacta. O chip é resfriado por um dissipador de calor e há apenas uma saída de vídeo DB15 (VGA).


As características técnicas deste modelo são as seguintes:
  • Chip gráfico Riva TNT (cuja arquitetura é conhecida como NV4) com frequência de 90 MHz e litografia de 350 nm;
  • 16 MB de memória SDR-SDRAM com frequência de 110 MHz e interface de 128 bits, com largura de banda de 1760 MB/s;
  • Interface AGP 2X de 3,3 V;
  • Suporte ao DirectX 5 e OpenGL 1.2;
  • Lançada em abril de 1998.

Este é o painel de controle dos drivers da Nvidia:


Testes

Estes foram os resultados obtidos pela Riva TNT no rol de testes do blog. Decidi compará-la com a antecessora Riva 128, para termos uma ideia de como era brutal a diferença de desempenho entre duas gerações naquela época (ao contrário de hoje em dia, onde o que mais aumenta é a ineficiência elétrica e térmica). Vale lembrar que todas as plataformas de testes são descritas aqui.

Nos benchs sintéticos a TNT conseguiu executar até o 3DMark 2000


Em relação às demais placas de vídeo antigas já testadas pelo blog, de um modo geral a TNT ficou atrás apenas da ATI Rage 128 e da 3dfx Voodoo4, um resultado que era esperado.

Até a próxima!

Comentários

  1. Eu me lembro dessa época! Tinha o sonho de comprar uma destas mas nunca consegui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu sonho de consumo era uma Voodoo2... que na época também nunca consegui ter.

      Excluir
  2. Adorei seu blog, também tenho um (http://rezenhando.wordpress.com). Cheguei aqui pesquisando muito para comprar um gabinete OLIVETTI (nem precisa estar funcionando). Mas é humanamente impossível encontrar!

    ResponderExcluir
  3. Eu não cheguei a ver uma dessas, mas o que lembro claramente é de querer muito uma Diamond Viper V770, havia muita propaganda dela e uma enxurrada de elogios. Ah, anos dourados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certeza! Era uma placa dos sonhos na época... mas eu só consegui comprar uma TNT2 M64, e mesmo assim fiquei louco de contente.

      Excluir
  4. Michael, agora sim essa dúvida é importante, eu tava lendo o manual da minha placa pc-chips aquela antiga la que contei no post anterior, aquela de 2000, e disse no manual que os slots PCI e ISA são compartilhados, e que so da pra usar um por vez("Esta placa-mãe possui um slot de expansão PCI de 32 bits e um slot de expansão de 8/16 bits slot ISA. Os slots são compartilhados. Isso significa que você só pode usar um dos slots de uma vez"). O que isso significa, isso significa que eu se eu colocar uma placa isa e outra pci as duas nao vao funcionar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To preocupado com isso porque meu plano original era colocar uma soundblaster Isa e uma placa de rede 8139D no PCI, mas agora que eu descobri essa merda de slot compartilhado da pcshits agora não sei se compro aquele rabicho pra placa de rede onboard dele, que não sei se ela tem compatibilidade com msdos, ou compro uma 8139D, que melhor ainda, achei em uma loja de informática aqui perto, não vou ter que esperar chegar da internet, é só comprar inclusive se eu quiser agora mesmo e ter ela agora, só não comprei porque ainda estou indeciso sobre esses slots compartilhados, alguém da uma luz?? Tem como colocar uma PCI e Isa ao mesmo tempo apesar desses slots compartilhados?? Pelo amor de deus alguém me responde pfv

      Excluir
    2. Geralmente tais slots compartilham o mesmo espaço físico, assim é impossível instalar duas placas ao mesmo tempo.

      Excluir
    3. Mesmo espaço físico? Depois vou dar uma olhada pra ver se realmente é isso, agora só não plugo uma Isa e outra PCI, porque não tenho nenhuma placa Isa aqui em casa, essa sound blaster awe64 que vou colocar é plano futuro, nesse final de semana vou ver direito

      Excluir
  5. Bom, eu abri o pc e vi que realmente não dá pra colocar duas, então o jeito vai ter que ser comprar aquele rabicho mesmo, e a placa de rede tambem, acho que vou deixar duas placas de rede, uma pra windows e outra para ms-dos(que no caso vai ser a 8139D), aí quando eu arrumar uma awe64 isa eu coloco lá, mas agora eu tô com outro problema, eu vou fazer o backup do hd dele para instalar o windows 98, mas não tô conseguindo de jeito nenhum, eu dei boot no linux para fazer backup de tudo mesmo, até do sistema, liguei um hd seagate usb de 1TB que tenho aqui em casa, e meu deus, o computador ficou um tempão tentando reconhecer o hd, e todos os seus arquivos, depois que finalmente reconheceu fui copiar os arquivos, e tava copiando tudo MUITO lento, MUITO lento mesmo, aí travou tudo, até o mouse não mexia mais, aí reiniciei a força e quando dei boot no xp, alguns arquivos do internet explorer estavam corrompidos, e alguns setores do hd também, aí passei um chkdsk, e tudo resolvido, depois fui tentar fazer backup de novo, peguei um pendrive de 64GB que está quase vazio, e o pc reconheceu rápido, mas quando fui copiar os arquivos começou bem lento e travou tudo de novo, acredito que esse USB 1.1 da placa é muito lento, o que você surgere para eu ter uma cópia mais rápida? a primeira opção que eu pensei foi fazer em rede, com aquela plaquinha usb wifi, que eu tenho, que o linux reconheceu sem problemas, aí fiz o compartilhamento samba, e o négocio nao copiava nunca no outro pc, não saia de 0%, mas a conexão de rede tambem estava muito lenta. Agora tenho três opções, usar uma placa de rede decente, usar um apaptador sd-ide como hd secundário e copiar tudo pra lá, eu não tenho esse adaptador e ele é caro e terceira opção: colocar o hd dele em um pc mais moderno, você acha que um hd antigo assim vai funcionar legal numa bios mais moderna? Tô com medo de perder todos os dados

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais lidas da semana

286 turbinado #6

As idas e voltas da tecnologia

Pentium versus 5x86

Adeus Gotek!