As idas e voltas da tecnologia

Até um passado muito recente acreditava-se que os PCs seriam cada vez mais frugais no consumo elétrico e dissipação térmica. Mas a Nvidia e a AMD trouxeram um enorme retrocesso.


No início da última década a corrida por fontes de alimentação mais potentes era intensa, em grande parte motivada pelo aumento da popularidade dos arranjos multi GPU (teve até um louco que montou um 3-Way SLI). Com o declínio de tais arranjos e melhorias nos processos fabris (litografias reduzidas) os PCs passaram a ter requerimentos elétricos cada vez menores, e as grandes fontes de alimentação ficaram restritas a um nicho muito específico.

Mas infelizmente esta tendência foi quebrada pelos últimos lançamentos, principalmente da AMD e Nvidia: Ryzen 7000 com TDP de 180 W (bulldozer, é você meu filho?), e RTX 4000 de 400 W requerendo fonte de nada menos do que 1000 W, além do infame problema dos conectores derretidos e de ocuparem nada menos do que três slots. Estou longe de ser um militonto militante, mas em um planeta com matrizes energéticas viáveis cada vez mais restritas isso é um completo absurdo. 

Shame on you, AMD and Nvidia!

Comentários

  1. Essas preocupações ambientais são válidas, mas há problemas bem piores. O descarte de PCs velhos, por exemplo, não é feito de forma adequada ao redor do mundo. Muitos PCs velhos (mas ainda bons para o uso) são abandonados em lixões irregulares ou comuns e a reciclagem dos componentes não é feita! Os metais presentes nos componentes acabam contaminando o solo ou água! Isso quando não mandam o lixo todo para algum país pequeno da África (https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/01/160109_lixao_eletronicos_ab).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, infelizmente!

      https://www.michaelrigo.com/2015/05/cemiterio-eletronicos-africa.html

      Excluir
  2. Será que tudo isso é um aviso que a ARM é o futuro? Que o x86 está chegando ao seu limite?
    Estamos chegando a fase de 4-5 nm, os Ryzen são dessa litografia, por isso me assustei ao ver o TDP dele, praticamente estão aposentado os air-cooler, será essa a nova tendência? Os watercooler virarão padrão e talvez baratear sendo feito em massa?
    Também achei negativo a AMD obrigar o uso somente de DDR5 na nova geração, ainda é pouco usado, e vai fazer aumentar o custo da plataforma, mesmo a AMD dizendo que a longo prazo, a economia dos produtos AMD seja maior, não custava nada fazer uma transição mais. leve, logo a AMD, a rainha dos pobres, a rainha do baixo custo, está fazendo tudo que sempre criticou na Intel, está fazendo o inverso que sempre fez.
    Estou na esperança que os novos processadores da Qualcomm e Mediatek totalmente orientado para PCs seja acertada, vamos ver uma revolução daqui pra frente, eu acho!

    ResponderExcluir
  3. Sobre as placas de vídeo virarem pequenos monstros, não sei muito como funciona a arquitetura dessas placas, a Apple fez um bom trabalho fazendo uma GPU super eficiente, potente e econômico, os celulares estão virando pequenos monstrinhos de poder, é muito desproporcional o consumo dessas placas, a obsessão por resolução que o olho sequer identifica tá causando tudo isso.
    Mais uma vez, acho que, a Apple com o M1 e M2 tá mostrando o caminho, eficiência em primeiro lugar. Eu que sou uma pessoa cega (acima de 1080 numa tela grande não consigo ver qualquer diferença) fico com minha pobre e já gasta GTX 1060, roda tudo que quero em 1080 ou 720, com uma fonte de 500W

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais lidas da semana

286 turbinado #6

Pentium versus 5x86

Adeus Gotek!