Dicas Debian #15 – Usando o OneDrive

Quem disse que não dá para usar o armazenamento do OneDrive de forma nativa? Yes, we can!


O que é e como obter o Onedriver

O Onedriver é um projeto de software livre mantido com o apoio da comunidade do OpenSUSE, o qual basicamente consiste em um driver FUSE (o qual roda no ambiente de usuário) que permite montar a sua pasta no OneDrive para uso de forma nativa no ambiente Linux.

Ele é distribuído em vários formatos, e os pacotes em DEB podem ser obtidos aqui

Adicionando o repositório e a instalação

Embora seja perfeitamente possível baixar e instalar o pacote DEB diretamente, acredito que adicionar o repositório seja uma melhor escolha para termos sempre a versão mais atualizada. O primeiro passo é baixar o arquivo de autenticação do mesmo e importá-lo, o que pode ser feito pelo utilitário Software & Updates.

Basta clicar no botão importar arquivo de chave e navegar até a pasta onde o arquivo .key foi baixado. Será requerida a autenticação do usuário para concluir a operação.


Agora iremos adicionar o repositório. Para tanto, abra a guia other software e clique no botão adicionar - como uso o Debian Sid o repositório é este:

deb http://download.opensuse.org/repositories/home:/jstaf/Debian_Unstable/ /


Já para o testing é este:

deb http://download.opensuse.org/repositories/home:/jstaf/Debian_Testing/ /

E para o stable:

deb http://download.opensuse.org/repositories/home:/jstaf/Debian_11/ /

Após a autenticação o repositório será adicionado. Para instalar o Onedriver basta abrir o terminal e digitar:

$ sudo apt update
$ sudo apt install onedriver

Utilização

Primeiro é necessário adicionar a sua conta do OneDrive. Abra a interface principal do aplicativo e clique no botão +:


Agora escolha a pasta local (ponto de montagem) para a sincronização dos arquivos – deve ser uma para a qual o seu usuário tenha permissões totais de acesso. Na dúvida crie uma pasta dentro do /home.


Forneça as suas credenciais de acesso:


Pronto! Agora os seus arquivos remotos estarão acessíveis na pasta indicada. Para que a montagem seja automática clique no botão com o “check”, conforme mostrado abaixo:


Em relação ao cliente oficial da Microsoft só notei uma latência maior na sincronização inicial, mas depois disso o desempenho do Onedriver é muito bom, sem nada a dever ao oficial (o uso diariamente).

Por fim, vale lembrar que todas as postagens sobre o Debian podem ser conferidas aqui. Até a próxima! 

Comentários

Mais lidas da semana

RIP IBM