Blackbox Free #2

Enquanto que na primeira parte os componentes foram apresentados, aqui mostrarei a montagem e configuração da minha workstation pessoal.


Como o PC já estava montado e seria substituída apenas a placa de vídeo, não senti a necessidade de tirar tudo do gabinete. Entretanto, aproveitei o ensejo para trocar a pasta térmica do processador uma vez que não fazia isto desde que instalei o watercooler Castle 280 RGB lá nos idos de 2020.


Já com a base do Castle e a Radeon RX 590 nos seus devidos lugares:


Positivo e operante! 😎


Certamente que todo esse carnavalesco RGB garante muito mais desempenho ao conjunto! 😁


Aqui também estou com o Debian Sid e até o momento em que escrevo não tive qualquer problema. Optei pelo ambiente Gnome pelo melhor suporte ao Wayland, e também pois já uso o KDE no New Rebuild - First Ryzen.


As informações do processador conforme o ótimo CPU-X:


Até mesmo as taxas de transferência dos três níveis de cache são mensuradas. Muito bom!


Quem disse que no Debian não dá para monitorar as temperaturas dos componentes?


No Sid os pacotes são bem recentes, como o Gnome 42.4 e o kernel 5.18. Uma característica interessante desta ramificação do Debian é o fato de ser rolling release, ou seja, que será atualizada indefinidamente.


Até o próximo projeto!

Comentários

Mais lidas da semana

RIP IBM