Ryzen 5 1600 AF: análise, testes e jogos em 2021

Em tempos de pandemia, crise econômica e escassez de semicondutores, o 1600 AF é considerado como um dos melhores custo x benefício do mercado. Será que esta afirmação ainda é verdadeira atualmente?


Identificando o AF

Aos que ainda não sabem, apesar de ter a nomenclatura 1600 o modelo AF na verdade é um chip Zen+ de 12 nm. Para identificar a revisão, verifique as duas últimas letras do código do modelo como mostrado no exemplo abaixo. Se elas foram AF é um Zen+, se forem AE trata-se do Zen original de 14 nm.


Benchs

Na postagem sobre o unboxing deste processador eu mostrei todos os seus detalhes técnicos, mas ficou faltando os testes com a suíte oficial de benchmarks do blog


De um modo geral o 1600 AF consegue obter um nível de desempenho similar ao do Ryzen 7 2700 na maioria dos testes, tirando aqueles que fazem uso de todas as threads dos processadores. Como o único outro chip de seis núcleos que tenho aqui é o Core i5 10600K, resolvi comparar os dois:


Em média a diferença de desempenho ficou na casa dos 18%. Considerando que a frequência nominal do 10600K é consideravelmente maior, a diferença foi menor do que eu esperava.

Overclock

No meu exemplar do 1600 AF consegui atingir 3,9 GHz em todos os núcleos, com uma tensão de alimentação bem conservadora. Como a frequência boost original é de 3,6 GHz acredito que o resultado é muito bom.


Após o overclock houve um aumento médio de 14% na performance, com o 1600 AF ficando meros 4% atrás do 10600K. É claro que o Intel também pode ser overclockado, mas o resultado não deixa de ser espetacular pela diferença de preço dos dois processadores.

Jogos

Associado com a GTX 1070 que é a placa de vídeo oficial de testes, em todos os jogos o 1600 AF conseguiu manter-se sempre acima dos 100 quadros por segundo em 1080p. Não caiam na conversa fiada de que os modelos anteriores de Ryzen não servem para jogar em um monitor 1080p de mais de 60 Hz.


Como tudo relacionado à tecnologia o 1600 AF subiu consideravelmente de preço nos últimos meses, mas mesmo assim continua um ótimo custo x benefício para quem precisa montar um PC que seja pau para toda obra. Olhar no mercado de hardware usado pode ser uma boa alternativa.

Outra vantagem dele é o caminho de upgrades oferecido pela plataforma AM4: com uma placa-mãe B450 ou superior é possível chegar até ao Ryzen 9 5950X, o topo de linha. Coisa que as plataformas Intel como a LGA 1200 do 10600K falham miseravelmente em oferecer.

Comentários

Mais lidas da semana

Pentium versus 5x86

O restritivo Windows 11

Microsoft Batch 98