Pequeno mais que notável

O Pequeno Notável, o meu PC Mini ITX, recebeu mais dois upgrades e ficou ainda mais poderoso. Como dizem por aí, tamanho não é documento!


Tudo começou quando, por culpa da AMD e/ou da Asus, o meu PC de produção não ficava mais estável em conjunto com quatro módulos de memória e assim fez uma doação de dois módulos ao PC de testes Super Cobaia, que por sua vez repassou os seus ao Pequeno Notável, o qual agora também ostenta nada menos do que 32 GB de RAM. Aproveitei também para colocar um disco rígido tradicional de 3,5" e 7.200 RPM, mais rápido que o de 2,5" e 5.400 RPM que equipava o PC.


Módulos instalados:


O disco rígido fica de ponta cabeça, logo abaixo da baia de 5,25”:


Coloquei também uma ventoinha de 80 mm na posição de exaustão, para melhorar a expulsão do ar aquecido do gabinete.


Para este que vos escreve montar um PC Mini ITX foi uma grande diversão, mas o espaço para trabalhar e passar os cabos é exíguo:


O cooler Wraith Prism consegue segurar a temperatura do processador em um patamar aceitável. Todos os detalhes sobre este projeto estão aqui.


Quem vê por fora dificilmente imagina que um PC tão pequeno possa ter um processador de 8 núcleos e 16 threads, uma GPU GeForce GTX 1070 de 8 GB, 32 GB de RAM DDR4-2133@2933, SSD NVMe PCI Express de 120 GB para o sistema operacional e disco rígido de 7.200 RPM com 1 TB para armazenamento. Visível mesmo somente fica a unidade de Blu-Ray, que é capaz de reproduzir discos ópticos tanto de filmes quanto de dados. Ótimo para emuladores de consoles antigos.


Sem dúvida é uma estação de trabalho poderosa, além de ser também um PC Gamer extremamente qualificado para jogar em 1080p e até mesmo em 1440p. Apesar de não ter a mesma portabilidade de um notebook, é bem mais parrudo e do que um e muito mais fácil de transportar do que um desktop ATX padrão. Fica em um meio termo.

PCzinho é o carvalho, meu nome agora é Zé Pequeno Notável!

Até o próximo projeto! 

Comentários

Mais lidas da semana

Ficou feio

Avaliando o ReFS