O supercomputador mais poderoso do mundo será 100% AMD

Previsto para entrar em funcionamento em 2023, o El Capitan será dez vezes mais rápido do que o maior supercomputador atual. Ele contará com CPUs Epyc e GPUs Radeon.


Produzido pela Cray para o Lawrence Livermore National Laboratory (LLNL), que faz parte do departamento de energia americano, o El Capitan terá impressionantes 2 exaflops (2000 petaflops!!) de capacidade computacional. Além de ser dez vezes mais poderoso que o maior supercomputador atual, ele também terá mais capacidade computacional do que os 200 primeiros supercomputadores combinados. Wow! 😱

A sua principal tarefa será simular por inteligência artificial o envelhecimento do estoque de armas nucleares do tio Sam, bem como também ajudará nas pesquisas de drogas para o câncer e naquelas das mudanças climáticas.

O El Capitan terá CPUs Epyc Genoa (já na microarquitetura Zen 4) combinadas com GPUs Radeon Instinct com a terceira geração da arquitetura Infinity, na proporção de 4 GPUs para cada CPU.


Este é o terceiro anúncio recente de um supercomputador com os Epyc, sendo que os outros dois foram o Archer2 da Universidade de Edimburgo e o supercomputador da Marinha americana.

Com os recorrentes problemas de segurança dos processadores Intel desde o Meltdown e Spectre, não é de se admirar o crescimento da AMD também neste segmento. É por isso que concorrência nunca é demais!

PS: e o marketing da AMD continua no seu habitual silêncio. Se quiserem me contratar para criar algumas peças publicitárias aqui no blog é só entrar em contato. Como pagamento, nada que um Ryzen 9 3950X não resolva. 😉

Comentários

Postar um comentário