O Pequeno Notável (Parte 2 – Montagem)

Este é o primeiro PC Mini ITX que eu já montei, e olha, foi muito divertido! Confiram aqui as principais "highlights" do processo!


Primeiramente, caso você não tenha visto, a configuração completa deste projeto está na primeira parte. Confira lá!

Para iniciar os trabalhos, é necessário deixar o gabinete Shark Zone C10 exatamente como veio ao mundo:


Em seguida é hora de instalar a fonte de alimentação. Há duas máscaras (para fontes ATX e SFX) na qual a fonte deve ser fixada, que será posteriormente parafusada ao gabinete:


A fonte entra “de ré”:


Fonte instalada. Não se esqueça de deixar a chave na posição ligada!


Partiremos agora para a placa-mãe e demais componentes. Como a placa Biostar X370GTN possui o soquete M.2 no lado das soldas, o SSD deve ser colocado com a placa fora do gabinete.


Com o Ryzen 5 1400:


Com os dois módulos de memória Kingston HyperX e o cooler padrão:


Placa mãe e componentes instalados no gabinete, juntamente com a macarronada de fios da fonte.


Quase no fim! Aqui já temos a GeForce GTX 1660, assim como o drive de Blu-Ray Sony. Para instalar dispositivos de 5,25” primeiro é necessário remover o adaptador para 3,5”.



Fiz o meu melhor para “esconder” a macarronada de fios... 😁


Principalmente para não abafar o cooler do processador.


Como ficou a parte inferior do gabinete:


Montagem finalizada! 😀




Na hora da verdade, o bravo Pequeno Notável despertou pronto para a batalha! 😁


Como era de se esperar, o setup é idêntico ao da placa-mãe Biostar Racing B350 ET2 que já avaliei.


Embora tenha um visual espartano, o setup da Biostar tem todas as funções para fazer um overclockzinho básico:


Como curiosidade, o LED indicador de atividade das unidades de armazenamento do gabinete tem um efeito bem legal:


Abaixo seguem as informações dos diversos componentes do PC:





Um abraço e até a próxima parte! 😉

Comentários