Home Office Vintage

Fazem uns 20 anos que eu não trabalhava em casa. Decidi resgatar o espírito da época!

Imagem meramente ilustrativa

No início deste século, quando eu podia trabalhar em casa, as coisas eram diferentes. Por exemplo, sempre gostei muito de trabalhar ouvindo música e naquela época streaming ainda era ficção científica, até mesmo pois as conexões de banda larga eram raras e caras. Assim, resgatei a minha antiga coleção de CDs. 💿


Mas agora há uma diferença: como os bits seguem do CD de forma totalmente digital pela interface SATA (não há mais a conversão em sinais analógicos para a placa de som como antes) e os codecs de áudio atuais são bem mais eficientes, as músicas ficam com uma profundidade e limpeza infinitamente melhores. A diferença é perceptível, e ouso dizer que chega a ser melhor do que o streaming!


Sem falar que nem tudo está disponível on-line. Por exemplo, ótimo disco do Heaven And Hell simplesmente sumiu do Spotify de uma hora para a outra...


Na época o meu sistema operacional de trabalho era o Windows NT 4.0 Workstation, assim decidi resgatar este espírito lembrando que o Windows 10 é um descendente direto do velho e bom NT. Com direito ao Winamp Classic para ouvir os CDs! 😎


É isso aí meus amigos e minhas amigas. Que Deus nos abençoe neste momento difícil! 🙏

Comentários

  1. Winamp sem uma skin bizarra (que praticamente o torna inutilizável) não é Winamp raiz kkkkkk... Além disso, pra ficar oldschool de verdade, pelo menos a resolução deveria ser uns 1280*1024 ou 1600*1200... =P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehehe, melhor do que isso somente com um monitor CRT... mas a minha vista não aguenta mais! :-)

      Excluir
  2. Independente de problemas com essa pandemia opino que essa modalidade de trabalho deveria ser mais explorada pelas empresas. Mais conforto para o funcionário e corte de gastos para a empresa! Eu nunca usei Windows NT 4.0 em máquina física (só em máquina virtual). Durante muito tempo trabalhei com o Windows Me (que todo mundo xinga), até que gostava dele...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. Já passou da hora das relações trabalhistas serem modernizadas.

      O Windows Me nunca usei muito a fundo, então não tenho uma opinião formada. Talvez eu monte um PC antigo aqui com ele para o avaliar melhor - usar hardware da época é mais indicado do que máquinas virtuais para este propósito.

      Excluir
    2. O que ferra o Windows Me é o fato dele não ter o modo real facilmente ativável, o fato dele ter menos drivers disponíveis e inúmeros relatos de travamentos/incompatibilidades... além do fato de que o Win98SE atualizado tornava o Windows Me inútil (para que instalar um novo OS se o Win98se atualizado tinha quase tudo que o Me tinha?)... mas o Windows Me tinha vantagens sobre o Win98 como visualizador de imagens e drivers de USB integrados... Claro que outro fator que pode ter ferrado com a fama do Windows Me era as placas mãe Pcchips que travavam e o usuário botava mais lenha na fogueira contra o Windows =/

      Excluir
    3. Sem falar que os requisitos de hardware do Me não eram tão distantes do Windows 2000.

      Lembro que a revista PCs até falava na época que máquinas mais antigas e/ou simples era melhor ficar no 98 SE, e as melhores já partir para o 2000 direto. Segundo eles, o Me era um produto sem sentido.

      Excluir
  3. Esse álbum do Heaven and Hell (basicamente Black sabbath com DIO) é ótimo... meu favorito é o Heaven and Hell...

    ResponderExcluir

Postar um comentário