O projeto Heaven And Hell

Na metade final da década passada, os mestres Ronnie James Dio, Tony Iommi e Geezer Butler juntaram-se novamente no espetacular projeto Heaven And Hell.


Após a segunda passagem de Dio pelo Black Sabbath em 1992 (confira todos os detalhes nesta postagem), a banda meio que perdeu o ímpeto. Lançou mais dois discos com o vocalista Tony Martin e reuniu-se rapidamente com Ozzy Osbourne para lançar em 1997 o ótimo disco ao vivo Reunion. Depois disto, entrou em um período hibernatório por diversos anos.

Dio, por sua vez, continuou com a carreira solo produzindo bons discos, mas com hiatos consideráveis entre os lançamentos. Porém, na metade final da primeira década dos anos 2000, ele juntamente com o guitarrista Tony Iommi, o baixista Geezer Butler e o batera Vinnie Appice resolveram deixar as picuinhas de lado e fazerem o que eles sabem muito bem: boa música!

Entretanto havia um “probleminha” legal: a megera esposa do Ozzy, a Sharon Osbourne, havia registrado o lendário nome Black Sabbath e assim o mesmo não estava mais disponível para ser usado sem ser com o Ozzy nos vocais. O bravo quarteto não ligou muito para isso e nomeou o projeto como Heaven And Hell, o nome do clássico e perfeito primeiro disco do Black Sabbath com Dio nos vocais lançado em 1980.

Da esquerda para a direita: Tony Iommi, Geezer Butler, Dio e o Vinnie Appice

No ano de 2009 eles lançaram o disco The Devil You Know, cujo CD eu encomendei na pré-venda no mesmíssimo dia que foi anunciado. O meu hype estava no teto e o disco felizmente não decepcionou!


Podemos dizer que este disco é uma continuação do Dehumanizer de 1992, pois a pegada mais seca e direta é a mesma, como também o peso, para a nossa alegria! É um álbum muito coeso e bem produzido, que não decepcionou tanto os fãs do vocalista Dio quanto os do Black Sabbath, sendo muito bem recebido pelo público e crítica. Infelizmente este seria o último disco gravado pelo mestre Dio.


Todas as músicas têm os seus predicados, porém destaco as faixas Atom & Evil, Double The Pain, Rock & Roll Angel e a Breaking Into Heaven. A combinação do vozeirão do Dio, com os riffs do grande Iommi e o baixo pesado do Geezer é algo inigualável!



Em 2007, antes mesmo do lançamento do disco The Devil You Know, os quatro partiram para uma bem-sucedida turnê mundial. Como não estavam usando o nome Black Sabbath, focaram-se apenas nas músicas dos discos do grupo com Dio nos vocais, isto é, o Heaven And Hell, Mob Rules e o Dehumanizer.


E olha, nesta turnê estes senhores sessentões detonaram, colocando no bolso quaisquer bandinhas de hoje em dia cujos integrantes tem idade para serem filhos deles! Dio foi um dos poucos vocalistas cuja voz, assim como um bom vinho, sempre melhorou ao longo dos anos, além da técnica. Nem mesmo os também monstros Robert Plant, Ian Gillan e Bruce Dickinson conseguiram tão distinto feito!



A receptividade nos shows foi tão boa que animou o quarteto a gravar um disco ao vivo, no teatro Radio City Music Hall de Nova Iorque, com uma seleção especialíssima de músicas desta formação. Ouso dizer que supera o também ótimo Live Evil de 1982!


A turnê prosseguiu durante todo o ano de 2008 até meados de 2009 (a última apresentação foi no dia 29 de agosto), quando teve que ser interrompida por um fato deveras triste: Dio foi diagnosticado com câncer no estômago. Ele lutou bravamente, porém sucumbiu à maldita doença no dia 16 de maio de 2010, aos 67 anos.

Uma das mais belas vozes da música havia se calado para sempre, entristecendo enormemente os fãs. Nos meses após o diagnóstico do câncer torci muito pela sua recuperação, e lembro-me bem do dia da sua morte, quando vi a notícia parecia que era um parente meu que havia falecido. Muito, mas muito triste! Meus amigos, uma voz como a do Dio jamais haverá igual!

Descanse em paz e obrigado por tudo, grande mestre!

A última apresentação do Heaven And Hell foi no dia 24 de julho de 2010, no High Voltage Festival em Londres, quando foi prestada uma póstuma homenagem ao grande Dio - os vocais ficaram a cargo da também lenda Glenn Hughes e do vocalista norueguês Jørn Lande. O projeto foi então encerrado, e no ano seguinte Tony Iommi e Geezer Butler reativaram o Black Sabbath juntamente com Ozzy Osbourne, enquanto que o batera Vinnie Appice foi para a banda Kill Devil Hill do ex-baixista do Pantera, Rex Brown.

O Heaven And Hell foi um projeto interrompido muito precocemente por uma triste fatalidade. Fico imaginando o que eles não teriam feito em todos estes anos, as obras-primas da música que não puderam ser compostas, os discos não gravados e os shows não realizados, os quais infelizmente ficarão para sempre no nosso imaginário.

Comentários