Um nerdgasm da Blizzard

Após muita expectativa, nesta semana a Blizzard finalmente lançou o Warcraft III Reforged, um remaster do clássico Warcraft III e do pacote de expansão Frozen Throne. Oh yeah! 😛


Ao lado do Ayrton Senna´s Super Monaco GP II do Mega Drive, os jogos da série Warcraft foram os que eu mais joguei em todos os tempos, por isso eles sempre trazem consigo uma grande carga nostálgica e até mesmo emocional para este que vos escreve.

Comecei com o Warcraft II no meu primeiro PC próprio, o lendário 486 DX4 de 100 MHz. Eu babei na primeira vez que o vi! Incontáveis foram as horas que passei desfrutando desta obra-prima da história dos jogos!


Em 2002 saiu o Warcraft III, o qual juntamente com o pacote de expansão Frozen Throne é outra obra-prima que me cativou totalmente, o rodando no meu inesquecível Athlon Thunderbird. Quantos e quantos dias eu fui trabalhar sem ter dormido direito após passar a madrugada jogando Warcraft III, na juventude o corpo suporta muito mais este tipo de “abuso”, já hoje em dia, sem chance! 😕


O motivo da minha euforia é que o Reforged é um remaster do Warcraft III original (e da expansão Frozen Throne) com gráficos, animações e áudio atualizados. E o mais importante, mantendo todas as campanhas single player originais! Ao todo são cerca de 60 missões distribuídas em sete campanhas – como um jogador raiz, o meu maior desafio é vencer a “máquina” e não adolescentes cheios de espinhas trancados no quarto.

O trailer é simplesmente fodastico:


Se considerarmos os valores de outros lançamentos recentes, o preço do Reforged está bem em conta: 79 mitos pela versão padrão na loja da Blizzard, o que para mim é plenamente suficiente visto que eu cago e ando para multiplayer. Há também a mais cara Spoil Of War por R$ 159, que traz novas “roupas” para o modo multiplayer e outras frescuras a mais.

Abaixo estão os requisitos de sistema:

Mínimos

  • Intel Core i3 530 ou AMD Phenom II X4 910;
  • Nvidia GeForce GTS 450 ou AMD Radeon HD 5750;
  • 4 GB de RAM.

Recomendados

  • Intel Core i5 6400 ou AMD Ryzen 7 1700X;
  • Nvidia GeForce GTX 960 ou AMD Radeon R9 280X;
  • 8 GB de RAM.

O jogo ocupa 30 GB de armazenamento e funciona nos Windows 7/8.1/10 e no macOS, pena que não no Linux (ao menos por enquanto).

Enfim, fazia tempo que eu não ficava tão empolgado com um lançamento de jogo para PC. Blizzard, please take my money! 😍

Comentários

  1. Confesso que não fui pego pela febre de WOW (eu preferia Lineage II), mas vendo os gráficos e sabendo que manterá as campanhas principais e, principalmente é um suspiro no meio de um mar de Battle Royales, acho que vou experimentar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também nunca gostei do WOW. Um jogo com um modo single player tão completo como este é uma benção nos dias atuais!

      Excluir
  2. A minha sensação de nostalgia é para o Command & Conquer Red Alert, pois acho que foi meu primeiro contato com jogos para pc. Eu e meu amigo jogávamos na casa dele, pois nessa época eu ainda não tinha computador. Era um 486 dx4 rodando DOS, num pc sem tampa, com a mesa cheia de placas e componentes eletrônicos.(bem nerd!).
    Mas ainda quero experimentar o Warcraft!!!!

    ResponderExcluir
  3. E o povo está reclamando do jogo... tudo indica que a Blizzard adiantou muito o lançamento, mas ele deve ficar bom quando os problemas forem resolvidos, justamente pelo single player.

    E não, ainda não comprei o jogo. Estou completamente sem tempo para jogar... :-(

    ResponderExcluir

Postar um comentário