Doeu até na alma

Americano conseguiu a façanha de entornar os pinos de um poderoso Ryzen 9 3900X. Cenas fortes!
(E também aproveito para discorrer sobre os rumores de um suposto Ryzen 9 3900 que poderá ser lançado pela AMD).


Confiram a tragédia no vídeo abaixo. Não é recomendado para crianças e pessoas sensíveis:


Ainda bem que ele é um feliz contribuinte do tio Trump, assim o prejuízo dele é comparativamente muito menor e sem falar que o 3900X entortado havia sido doado pela AMD. Se fosse eu, teria me enforcado em um pé de couve! 😱

Aproveitando o gancho, há rumores cada vez mais fortes de que a AMD pretende lançar um Ryzen 9 3900 (sem o X) com frequências mais baixas, de modo a aproveitar os caros chips de 12 núcleos que estejam perfeitos, mas que apenas não consigam chegar na frequência boost declarada do 3900X. Outro ponto positivo é que estes processadores seriam de 65 W apenas, permitindo a instalação até nas mais simples placas-mãe A320.

Dependendo da precificação da AMD, o 3900 poderá ser um excelente custo x benefício para montar workstations de grande desempenho e ótima eficiência energética.

Comentários

  1. Com uma ponta de faca eu desentortaria tudo isso aí, eu vivo fazendo isso com processadores catados do ferro-velho, coisa mais fácil que existe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também já desentortei muitos pinos de 486, Pentium, K6-2 e afins. O problema é que pela enorme quantidade (os Ryzen tem 1331 deles!) os pinos destes processadores modernos são incrivelmente finos. O cara até que tentou desentortar, mas eles acabaram quebrando!

      Nos comentários do vídeo alguns malucos afirmam que dá para soldar os pinos de volta, mas não sei se um ser humano normal com um ferro de solda conseguiria fazer isso sem fechar curto em um ou mais pinos adjacentes. Acredito que usando algum equipamento profissional seria possível, mas mesmo assim longe de ser garantido. Uma pena.

      Excluir
  2. Nessas horas acredito que os Intel levam vantagem, pois possuem só o contato, sem pinos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No caso dos Intel o que pode ser danificado é a placa-mãe, a qual dependendo do modelo geralmente custa menos do que o processador.

      Excluir
  3. Eu sempre tive um excesso de cuidado ao manusear hardware, nem sequer toco nos pinos. Meu receio em comprar hardware antigo não é pelo tempo de uso, mas em não saber como este foi manuseado, porque tem gente realmente sem noção!
    A AMD tem os pinos no processador, é uma vantagem para quem tem uma mb cara. Já a Intel tem os pinos na mb, e li a respeito que o ideal é não inserir e remover por mais de sete vezes pois os pinos começam a se deformar.
    Porque a Intel colocou os pinos na placa mãe??? Talvez pensando no fato de que seus processadores seriam muito mais caros que qualquer placa mãe, então sairia mais barato trocar a placa mãe! Como a Intel é boazinha!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou dar uma de advogado do diabo.... rsrsrs.

      Eu tenho algumas placas LGA 775 e 1155 antigas na quais já troquei de processador dezenas de vezes e continuam funcionando normalmente. :-)

      Excluir
  4. É porque foi voce que trocou! Kkkk

    ResponderExcluir

Postar um comentário