RetroUnboxing: processador AMD Phenom II X6 1055T

Baseados na eficiente e honesta arquitetura K10, os processadores Phenom II X6 foram o topo de linha da AMD até a chegada dos Ryzen. Confira aqui a apresentação do modelo 1055T.


Provavelmente muitos devem estar se perguntando: Phenom II topo de linha até o Ryzen? Como assim? E os FX? Bem, em certos aspectos como o IPC, a arquitetura K10 do Phenom é melhor do que a Bulldozer do FX – esta arquitetura, assim como a descendente Piledriver, marcou um período onde a AMD ficava correndo atrás do próprio rabo sem sair do lugar, enquanto que a Intel reinava absoluta. Sem falar que o conceito de módulos da arquitetura Bulldozer é controverso até hoje.

Mas voltando ao Phenom II, eis a embalagem do modelo 1055T:


As características técnicas deste processador são as seguintes:

  • Seis núcleos de processamento, sem HT ou SMT;
  • Frequência base de 2,8 GHz, e 3,3 GHz no modo turbo;
  • Cache de 9 MB;
  • Litografia de 45 nm;
  • TDP de 125 W;
  • Controladora de memória DDR3 de dois canais, com suporte oficial a módulos até DDR3-1333;
  • Conjuntos de instruções MMX, 3DNow!, SSE, SSE2, SSE3 e SSE4A;
  • Soquete AM3 (938 pinos);
  • Lançado em abril de 2010.



Este é o kit: cooler, folheto de instruções básicas e o processador (dã!).


O cooler box do 1055T tem os condutores de calor e base de cobre:


O modelo é fabricado pela AVC e transmite uma robustez bem maior em relação do cooler box do FX 8300.


Há um componente térmico pré-aplicado, que será removido para a utilização de pasta térmica "de verdade".


Eis o processador AMD Phenom II X6 1055T:


938 pinos vos contemplam

Muito em breve o Phenom II integrará um projeto bem bacana. Até! 😎

Comentários

  1. Ai, meu corassaum! Aí, sim, hein!? Baita notícia botar os fenão pra rodar aqui no blog :)

    ResponderExcluir
  2. Fui feliz por um bom tempo com meu 1055T @ 3,5 GHz e minha HD5770. Boas lembranças. Esse cooler box dele é bastante barulhento. Troquei por um Corsair A70 que utilizo até hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na época eu tinha um Core 2 Quad Q6600. Vai ser a primeira vez que vou operar um Fenão!

      Excluir
    2. É um processador bastante honesto. Boa parte deles belisca os 4 GHz em overclock. Meu exemplar ia de boa a 3,5. Acima disso só com bem mais vcore, mas estabilizei ele a no máximo 3,8 ou algo assim.

      Uma sugestão de pauta agora: Sabe aqueles Xeon 771 que o pessoal adapta pra placas-mãe 775? Temos pouca literatura sobre isso em português. Tenho aqui um E5450 em uma placa Gigabyte G41 e funciona que é uma belezura. Ví sua menção ao Q6600 e lembrei disso.

      Excluir
    3. Quem sabe não fica para uma pauta futura?

      Excluir

Postar um comentário