Primeiras impressões: Unidade óptica Asus DRW-24F1MT

Conheça aqui o drive de DVD-RW da Asus que custa menos do que uma pizza.




Eu ainda uso bastante unidades e mídias ópticas, seja para ripar CDs, DVDs e Blu-Rays ou ainda gravar discos para uso com os meus PCs antigos. Encontrei este Asus por um preço abaixo dos 50 temers e resolvi comprá-lo para o utilizar como unidade secundária, e deixar a minha unidade Blu-Ray apenas para estas mídias.

Devido ao baixíssimo custo a unidade é vendida no formato OEM, ou seja, sem caixa ou acessórios, vindo embalada em um plástico antiestático. Acompanha a mesma apenas um DVD com o software de gravação Power2Go 8 que não utilizarei, pois prefiro o gratuito e eficiente CDBurnerXP.


A unidade possui interface SATA-150 e buffer de 4 MB.


As velocidades de gravação da unidade são as seguintes:
  • DVD+R: 24X
  • DVD-R: 24X
  • DVD+R dupla camada: 8X
  • DVD-R dupla camada: 8X
  • DVD+RW: 8X
  • DVD-RW: 6X
  • CD-R: 48X
  • CD-RW: 24X

E as de leitura:
  • DVD+R: 16X
  • DVD-R: 16X
  • DVD+R dupla camada: 12X
  • DVD-R dupla camada: 12X
  • DVD+RW: 12X
  • DVD-RW: 8X
  • DVD-ROM: 16X 
  • DVD-ROM dupla camada: 12X
  • DVD Vídeo: 6X
  • CD-R: 48X
  • CD-RW: 40X
  • CD-ROM: 48X

Lembrando que a velocidade de 1X para CDs é de 150 KB/s e para DVDs é de aproximadamente 1352 KB/s.


Até o momento a unidade Asus vem se comportando muito bem, sem qualquer ressalva apesar do seu baixo custo. As mídias são reconhecidas rapidamente.

Falando em custo, a evolução da tecnologia espanta até mesmo neste aspecto. Nos idos de 1996 e 1997 um gravador de CDs custava facilmente acima dos 500 dólares, enquanto que em 2005 um bom gravador de DVDs custava na faixa dos 400 reais. E hoje custa pouco mais do que uma caixa de cerveja... 😱

Enfim, para os que quiserem aprender mais sobre a evolução das unidades ópticas recomendo a leitura da postagem a ascensão e queda das unidades ópticas. 😉

Comentários

  1. Lembro como se fosse hoje, indo numa loja de informática em 2001/2002 pra saber o preço de um "Combro Drive" LG (lembra dessa?) e o bicho custava R$ 450,00! Era um terço do preço de um PC!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, lembro bem desse Combo LG. Era uma unidade CD-RW e DVD-ROM (não gravava DVD, apenas lia). Eram bem caras mesmo!

      Excluir
  2. Devo ter umas duas unidades ópticas perdidas por aqui. Às vezes, esqueço que tenho drive óptico nos meus PCs. No PC Windows instalei um leitor/gravador de Blu-Ray da LG que deve ter uns 4 anos. Se ele tiver 6 horas de uso é muito. Nunca rodei blu-ray de filme nele e não lembro se já rodei DVD de filme. Só usei ele para fazer backup em um blu-ray, além das instalações clássicas do Windows e de alguns games off-line. Instalação de jogos com mídias físicas de jogos da Origin, Ubisoft e Steam eu dispenso; é mais fácil registar o código do jogo e baixar o software já todo corrigido e atualizado.

    Sabe o que me lembrou? Os kits da Creative Labs dos anos 90!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah, em 98, eu acho, namorava um kit da Diamond, mas que não era multimidia. Ele permitia que você jogasse jogos do videogame 3DO no DOS e Win 3.11. Sabe-se lá como isso chegou numa loja de computadores do interior do RS!

      Excluir
    2. Eu lembro de ler sobre os kits da Diamond nas primeiras Revistas PCs, mas as placas não eram mais vistosas que as primeiras da Creative. A placa era bonita. Ganhei uma do meu tio que sobrou de um upgrade do PC dele, na época um "incrível" 166; aliás, o gabinete também era da Creative, Blaster, modelo horizontal, quem lembra? Enfim, foi orgástico ouvir meu 486 "falar" pela primeira vez. Foi a melhor sensação do mundo ouvir um CD de música através dela, abrindo pela primeira vez o tocador de CDs do Windows 95! Engraçado, né? Hoje em dia aquelas placas de duas camadas foram reduzidas a uma pequena área nanométrica dentro da pastilha de silício de qualquer SoC atual.

      Excluir
    3. Eu já tive um kit multimídia da Creative no meu DX4 100. :-)

      Confira:
      http://www.michaelrigo.com/2014/01/o-dia-em-que-o-meu-pc-falou.html

      Excluir

Postar um comentário