Baixa no PC de Testes do Windows 10

Depois de seis anos de bons serviços prestados (foi a placa mãe do meu PC Principal por um bom tempo), tudo indica que a placa mãe Gigabyte EP45-UD3L do meu PC de Testes do Windows 10 passou desta para uma melhor. Durante a instalação do Build 10525, o sistema reiniciou sozinho e não voltou mais – na verdade, ao ser ligado entra em um círculo vicioso de resets intermináveis e não sai disto. Tentei um Clear CMOS, remover todos os componentes menos o processador e um módulo de memória, substituir o módulo por outro modelo e nada. Alguma condição a está impedindo de terminar a inicialização, neste caso muito provavelmente é algo no hardware mesmo, para a minha tristeza.

Realmente é uma pena, pois esta plaquinha foi a rainha do custo x benefício da sua época: contava com o chipset carro-chefe da Intel para a plataforma (P45 + ICH10), PCIE 2.0 (a maioria das 775 são 1.1), seis portas SATA-300, interface de rede Gigabit Ethernet e um codec de áudio bem razoável, o Realtek ALC888. Estou buscando algumas opções para substituir a placa (gosto bastante do meu Q6600, gostaria de continuar o utilizando para o nobre propósito), porém encontrar uma LGA 775 com estes recursos em pleno agosto de 2015 não é tão fácil, então provavelmente terei que me contentar com algum modelo mais simples.

RIP GA-EP45-UD3L


Até lá, as avaliações do Windows 10 podem ficar um pouco prejudicadas, então conto com a vossa compreensão. Utilizar uma máquina virtual não tem a menor graça! :p

Veja também:

Comentários

  1. Fará falta a porta para drive de disquete.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felizmente quase todas as placas 775 possuem Floppy e IDE. Achei uma AsRock G41 com slots DDR2 e DDR3, bem interessante, até mesmo pela possibilidade de comparar o desempenho com as duas tecnologias de memória.

      Excluir
  2. Não valeria a pena tentar recuperar a placa-mãe? Eu mesmo já precisei desse tipo de serviço e a placa voltou 100%.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As placas mãe atuais são tão complexas (sem falar que possuem vários layers) que para fazer isto em casa seria procurar uma agulha em um palheiro: é possível mas demanda muito tempo (o que não tenho muito...) e paciência (essa eu tenho! :p). Infelizmente não tenho conhecimento deste tipo de mão-de-obra aqui na minha cidade, as eletrônicas que perguntei só mexem com eletrodomésticos mesmo.

      Já as placas mãe mais antigas e dispositivos mais simples como placas de expansão são bem mais tranquilas de mexer.

      Excluir
    2. Era em uma placa AM3 que precisei de reparo, uma Asus M4A78T-E. Enviei pra Mobofix, em São Paulo. Dias depois, recebi de volta em pleno funcionamento.

      Excluir
    3. Obrigado pela dica! Acabei providenciando outra placa para remontar o quanto antes o PC de testes, porém não desisti desta e assim que recuperá-la será aproveitada em outros projetos. Um hora eu ressuscito essa plaquinha.... rsrsrs

      Excluir
  3. Se estiver procurando alguém para reparar, indico ele: https://www.facebook.com/profile.php?id=100008199552494

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela indicação, mas decidi reparar eu mesmo. Só não sei quando vou poder mexer nela, mas assim que tiver alguma novidade vocês serão os primeiros a saber!

      De qualquer modo, a nova placa mãe já está comigo: consegui achar uma 775 com DDR3, o que facilitará bastante futuras expansões de RAM. Além da placa mãe também haverão outras novidades interessantes para o simpático PC de testes. Aguardem!

      Excluir

Postar um comentário