Utilizando o recurso de reset do sistema operacional no Windows 10 e 8.X

Não sei quanto a vocês, mas comigo quando o Windows apresenta problemas de solução mais trabalhosa não fico perdendo muito tempo tentando “consertá-lo” e logo parto para uma nova instalação do sistema operacional. Tradicionalmente isto é feito inicializando o PC através de uma mídia de instalação (que pode ser tanto um DVD ou um pendrive) para reformatar a partição do Windows e reinstalá-lo – porém desde o Windows 8 há um recurso muito prático para esta finalidade (o qual foi bastante melhorado no Windows 10) e nesta postagem demonstrarei como utilizá-lo em todos os detalhes!


No Windows 10

Para acessar o recurso, abra o applet de Configurações do Sistema, opção Atualizações e Segurança, e finalmente o item Recuperação. Acionando o botão correspondente você deverá escolher entre manter os seus arquivos pessoais ou então remover tudo. Note que esta opção diz respeito apenas aos arquivos que estejam armazenados na mesma partição do Windows (como os que estão na pasta “Meus documentos”) - outras partições e discos não são afetados.


Caso a opção por manter os arquivos pessoais for selecionada é exibida uma tela mostrando quais softwares instalados serão apagados. Após os procedimentos também é gerado um arquivo HTML que fica armazenado na área de trabalho contendo esta mesma lista.


Aqui utilizarei a opção de remover tudo por ser mais abrangente.


Agora o utilitário pergunta se será feita uma exclusão simples ou então uma exclusão completa (segunda opção). Para quem não saiba, quando um arquivo é apagado somente as suas entradas na tabela de alocação de arquivos são excluídas e o mesmo continua fisicamente presente na mídia até ser sobrescrito. Isto permite que arquivos excluídos sejam recuperados com a ajuda de softwares especializados, porém isto pode ser feito tanto por pessoas com boas ou más intenções, o que é um grande problema quando se tratam de dados sigilosos. No modo completo, além do processo de exclusão normal a unidade será sobrescrita com 0s e 1s para dificultar a recuperação dos arquivos.

Caso a partição não contenha dados sigilosos selecione a primeira opção para poupar tempo.


A última confirmação antes de prosseguir. Depois não há como voltar atrás!


O PC então será reiniciado e o processo executado, o que pode levar vários minutos.



Após o final do processo algumas configurações básicas são necessárias, tais como o layout do teclado e o fuso horário.


A tradicional tela de dizeres legais que ninguém lê.


Aqui geralmente escolho as configurações expressas para ganhar tempo, uma vez que as mesmas podem ser revistas depois a qualquer momento no Painel de Controle.


Agora é só fornecer um nome de conta de usuário e aguardar o término da configuração.



Tudo pronto! Agora temos uma instalação do Windows nova em folha! Como curiosidade e em caso de necessidade, a instalação anterior fica salva na pasta Windows.old.


Porém é possível removê-la com a ajuda do utilitário Limpeza de Disco para recuperar o espaço ocupado.


No Windows 8.X

A única diferença de procedimentos em relação ao Windows 8 e 8.1 reside no fato de que nestas versões é necessário fornecer a mídia de instalação do sistema operacional, esteja ela em um DVD ou pendrive. Os demais passos são os mesmos.



Opções de inicialização

Em caso de necessidade o processo pode ser executado diretamente pelo menu de opções de inicialização do Windows: selecione a opção de solução de problemas que a função de reset do sistema operacional será exibida. Este menu é acessado de forma análoga ao método para entrar no modo de segurança do Windows 8.X e 10: mantendo pressionada a tecla Shift ao acionar o comando de reiniciar o sistema operacional.




Conclusão

Sem dúvida este processo é bem mais rápido e prático do que o modo tradicional de reinstalar o Windows a partir de uma mídia de instalação, principalmente no caso do Windows 10 que dispensa o uso de desta mídia. Outra vantagem é que, salvo em caso de problemas onde houver corrupção destas informações, a ativação do Windows é preservada não sendo necessário refazê-la, o que sem dúvida é uma boa para quem precisa reinstalar o Windows com frequência.

Veja também:

Comentários