Análise rápida: compatibilidade do Windows 10 com o VirtualBox (Atualizado)

Na esteira da análise do Windows 10, segue aqui uma breve avaliação do uso do novo sistema com o software de máquinas virtuais Oracle VirtualBox.

EDIT 12/10/2014: a Oracle disponibilizou a versão 4.3.18 que nos meus testes não mais apresentou problemas de compatibilidade. Desta forma, caso você deseje testar o Windows 10 ou o Windows Server Technical Preview no VirtualBox a instalação desta versão é obrigatória.



Na versão 4.3.16 foi possível instalar o Windows 10 porém com certas limitações. Abaixo encontram-se as configurações da minha máquina virtual, rodando sob o Windows 8.1 Update 2 no meu PC principal.



O importante é reservar ao menos 2 GB de RAM e um disco virtual de pelo menos uns 40 GB. Quanto mais RAM melhor mas não se empolgue tanto, pois alocar muita memória para a máquina virtual pode deixar o sistema lento pela falta de memória para o sistema operacional principal. No meu caso deixei em aproximadamente 3 GB visto que o meu PC principal conta com 16 GB de RAM. Use como base o modelo de VM para o Windows 8.1.

No VirtualBox 4.3.16 os drivers para a máquina virtual não funcionaram no Windows 10, nem mesmo no modo de compatibilidade com o Windows 8 (neste caso a VM reiniciou sozinha durante a instalação) e com o Windows 7 (os drivers até instalam mas não funcionam, ficam com o sinal de exclamação no gerenciador de dispositivos). Aliás notei também que o próprio VirtualBox fica relativamente instável enquanto uma máquina virtual com o Windows 10 está em execução.




Enfim, só nos resta aguardar uma atualização da Oracle para o VirtualBox ficar plenamente compatível com o Windows 10 (vide nota no início do texto).

EDIT 10/10/2014: o VirtualBox 4.3.16 também não é totalmente compatível com o Windows Server Technical Preview.


Veja também:

Windows 10 Technical Preview: um passo sólido rumo à integração total
Primeiras impressões do novo Windows Server Technical Preview

Comentários