Papo retro

Estou com uma baita dúvida sobre os futuros projetos do blog. Aqui o papo é retro!


Para a continuidade dos projetos do blog cheguei a uma grande indefinição sobre qual caminho seguir, visto que as três alternativas possuem os seus atrativos. Por mim faria todos, mas o espaço é limitado e assim devo escolher bem quais PCs montar. As opções são:

  1. Prosseguir com a série New Rebuild de forma mais conservadora como mostrado no PC First Ryzen;
  2. Montar PCs "viajando na maionese" como eu fiz com o 286 turbinado e o AGP Beast;
  3. Assumir-me de vez como um grande fanboy da AMD e montar as mais lendárias plataformas de processadores lançadas pela empresa.

E aí, qual vocês acham melhor? Também fiquem à vontade para sugerir outras opções que não estejam na lista. Todos os comentários serão considerados! 😉

Comentários

  1. Opção 2, mas acho que todas merecem, mas já que só uma pode, a 2, já que gosto muito de computadores antigos

    ResponderExcluir
  2. Você sabia que o windows 3.1 consegue iniciar em modo protegido nos 286? eu testei e funciona, não sei como, pelo bug dos 286, e ele conseguiu acessar os 4MB de ram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade ele usa um gerenciador de memória para acessar a quantidade total mesmo no modo real - uma versão do HIMEM.SYS feita para os 286.

      Excluir
  3. JTBA ABTJ
    Eu ficaria com a opção 3 para assumir de vez que é fã da AMD e colocaria Windows e Linux nas máquinas. Tambem estou em processo de me assumir fã da AMD. Dos 3 PCS que tenho, 2 são da AMD e provavelmente o próximo que comprar será AMD também, 😀

    ResponderExcluir
  4. As opções 2 e 3 são as mais sedutoras.... Fico com a opção 2, vários setups bem loucos haha

    ResponderExcluir
  5. Com certeza opção 2, mais emocionante, não que as outras sejam menos interessantes, mas como é somente uma escolha, fica difícil.

    ResponderExcluir
  6. Opção 2
    Eu ultimamente to mergulhado no mundo 486. Já tenho umas cinco placas mãe 486 que estou testando e mai tres 286. Acho fascinante e agora quero montar dois para conecta-los e jogar em dupla.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O 486 foi a era de ouro dos PCs. Haviam diversos barramentos (ISA, VLB e PCI) e uma infinidade de fabricantes de chips: Intel, AMD, Cyrix/IBM, Texas, UMC...

      A partir do Pentium as coisas começaram a ficar mais "chatas".

      Excluir
  7. Opção 2 sem duvida!
    Eu tambem viajo na mainese com minhas "velharias" - Jogando Morrowind num p1 233 mmx! (na velocidade de uma lesma cansada, claro kkk)
    Agora vou ver o que da pra fazer no 486 com processador amd 5x86 133mhz.
    Pra falar a verdade, ultimamente acho que fiquei viciado no meu hardware antigo.
    Muito bacana Michael suas novas ideias!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais lidas da semana

RIP IBM