Dicas Debian #9 – Compartilhamento de arquivos

Veja como compartilhar arquivos na rede local com Debian de forma simples e rápida! 🐧


Sem dúvida a troca de arquivos em redes locais é um recurso muito prático e bastante utilizado atualmente. No Debian há várias maneiras de se fazer isto, mostrarei aqui dois dos mais simples métodos.

O método rápido (e sujo)

O ambiente gráfico Gnome possui um recurso que permite compartilhar a pasta de arquivos públicos presente na partição /home do usuário logado. Para tanto basta abrir as configurações e clicar no item compartilhamento, habilitando o recurso pelo botão presente na barra de título e em seguida clicando em compartilhamento de arquivos.
Agora basta habilitar o compartilhamento pelo botão na barra de título. Opcionalmente também é possível inserir uma senha para controlar o acesso.
Harmonia do Samba

A grande vantagem do protocolo Samba (ou SMB) é a compatibilidade com uma ampla gama de sistemas operacionais além do Linux, como o Windows e o macOS. Ele pode ser instalado com o comando abaixo:

$ sudo apt install samba

Após a instalação todas as configurações são feitas no arquivo smb.conf. Aqui usei o nano, mas você pode optar pelo gedit ou qualquer outro editor de textos da sua preferência.

$ sudo nano /etc/samba/smb.conf

Logo no início do arquivo, na seção Global Settings, é definido o grupo de trabalho da rede local:
Agora role o arquivo até a seção Share Definitions. O formato básico para se definir um compartilhamento no Samba é o seguinte:

[Nome do compartilhamento]
comment = comentário sobre o compartilhamento
path = o caminho completo da pasta
browseable = yes/no se será visível a outros computadores da rede
guest ok = yes/no permissão de acesso por usuários não registrados
read only = yes/no autoexplicativo
create mask =
directory mask = definem as opções de segurança

Confira o exemplo abaixo. Após a definição dos compartilhamentos pressione Ctrl+O para salvar o arquivo e Ctrl+X para sair do nano.
Por fim resta definir um nome de usuário e senha para o protocolo SMB, o que pode ser feito pelo comando:

$ sudo smbpasswd -a nome

Note que o usuário deverá estar presente no sistema, ou o comando não funcionará.
Para efetivar as configurações reinicie o serviço do Samba:

$ sudo service smbd restart

Agora os compartilhamentos estarão acessíveis. Se o usuário e senha cadastrados no SMB forem os mesmos presentes no Windows a conexão será imediata (vale lembrar que no Windows os compartilhamentos são acessados no formato \\nome_do_servidor\nome_do_compartilhamento).


Por fim, vale lembrar que todas as dicas do Debian podem ser conferidas aqui. Até a próxima!

Comentários

Mais lidas da semana

AGP Beast #3