Dicas Debian #7 – Extensões do Gnome

Que o Gnome não oferece muitas opções de personalizar a interface nós já sabemos, mas com as extensões é possível contornar tais limitações. Veja aqui como habilitá-las e aquelas que eu costumo usar. 🐧


Atualmente a loja de extensões do Gnome utiliza uma interface Web, sendo assim necessário instalar um plugin no navegador para acessá-la.

Google Chrome

No navegador do Google primeiramente é necessário instalar o pacote chrome-gnome-shell que está presente nos repositórios oficiais do Debian, o que pode ser feito com o comando:

sudo apt install chrome-gnome-shell

Feito isto é só entrar no catálogo de extensões do navegador e adicionar a Integração com Gnome Shell:



Mozilla Firefox

No Firefox basta acessar diretamente a loja do Gnome, clicar no ícone na barra de endereços e confirmar a instalação da extensão:




Obtendo as extensões

Com o navegador configurado basta pesquisar na loja pela extensão, selecionar a mesma e clicar no botão On/Off para ativar ou desativar:



As extensões que eu uso

Particularmente eu gosto do jeitão simples do Gnome, assim uso extensões que de alguma forma melhorem a minha produtividade. A primeira delas é a places status indicator que habilita o clássico menu Locais que fazia parte do Gnome 2, atual Mate.


A sound input & output device chooser permite selecionar os dispositivos de áudio facilmente, sem precisar acessar as configurações do Gnome:


Por fim, como o próprio nome indica, a floating dock cria um dock no estilo Mac OS diretamente na área de trabalho, o que agiliza bastante a alternância entre as aplicações:


Estas são as extensões eu que uso, entretanto, a loja do Gnome possui uma infinidade delas e certamente vocês encontrarão outras conforme as vossas preferências. Vale lembrar também que todas as postagens sobre o Debian podem ser conferidas aqui.

Até a próxima!

Comentários

Mais lidas da semana

AGP Beast #3