Super Cobaia (Parte 2 – Montagem & Over & Benchs)

O PC Cobaia bombado começa a tomar forma! Será que houveram ganhos com o overclock?

A apresentação dos componentes do Super Cobaia está na primeira parte da série, confira lá caso ainda não tenha visto! 😉

Uma vez que os componentes do Cobaia bombado, tais como o processador Ryzen 7 2700X e a placa-mãe Asus Prime X470-Pro já foram mostrados em alguns outros projetos do blog, não darei muita ênfase à montagem e mostrarei o resultado final, que fica bem interessante em conjunto com o gabinete Corsair Carbide Air 540 branco.


Como ficou a área de trabalho... 😛

Overclock

Mesmo em conjunto com o watercooler Corsair H100i, o máximo que consigo extrair do 2700X foi cerca de 4225 MHz em todos os núcleos, sem ser necessário recorrer a voltagens fora da realidade. Uma vez que a frequência boost (ou seja, em um único núcleo) deste chip é de 4300 MHz, o resultado obtido pode ser considerado muito bom.

Outro bom resultado foi o obtido pelos módulos de memória Kingston HyperX DDR4-2133, que conseguiram chegar aos 2933 MHz apenas subindo a tensão de alimentação para 1,28 V.

O Corsair H100i não teve dificuldade para segurar a temperatura do 2700X de 105 W:

Informações sobre a GeForce GTX 1070:

Benchs

Mas será que este overclock realmente traz ganhos dignos de nota? Nos testes que fiz em 2018 o resultado foi negativo, entretanto decidi repetir os testes com a nova metodologia de benchmarks do blog.

Os resultados estão na tabela abaixo:

Teste Stock Overclock Diferença
PCMark 10 (Score) 5693 5417 -5,10%
3DMark Time Spy Extreme (Score) 2883 2913 1,03%
3DMark Time Spy (Score) 6294 6357 0,99%
3DMark Fire Strike Ultra (Score) 4492 4505 0,29%
3DMark Fire Strike Extreme (Score) 8413 8342 -0,85%
3DMark Fire Strike (Score) 16222 16352 0,80%
3DMark Sky Diver (Score) 39513 41627 5,08%
3DMark 11 (Score) 20741 21120 1,79%
3DMark Vantage (Score) 55930 58252 3,99%
3DMark 06 (Score) 34836 36487 4,52%
3DMark 05 (Score) 34851 44717 22,06%
3DMark 03 (Score) 128308 141803 9,52%
3DMark 2001 SE (Score) 74748 74850 0,14%
Cinebench R15 CPU (CB) 1745 1909 8,59%
Cinebench R15 CPU Single Core (CB) 175 176 0,57%
Cinebench R20 CPU (CB) 3923 4300 8,77%
Cinebench R20 CPU Single Core (CB) 434 434 0,00%
CPU-Z Multi Thread (Score) 4838,3 5255,9 7,95%
CPU-Z Single Thread (Score) 467,8 485,3 3,61%
7-Zip Multi Thread (MIPS) 67447 69740 3,29%
7-Zip Single Thread (MIPS) 4319 4493 3,87%
Super PI 1M (Segundos) 10 10 0,00%
Unigine Heaven (Score) 5751 6058 5,07%
Unigine Valley (Score) 3797 3858 1,58%
Unigine Superposition (Score) 12686 12698 0,09%
V-Ray CPU (Ksamples) 11721 12445 5,82%
Handbrake (Segundos) 356 343 -3,79%

A meu ver, os resultados continuam não sendo compensadores. Em relação aos demais PCs testados pelo blog, o conjunto GeForce GTX 1070 e Ryzen 7 2700X ficou no segundo degrau do pódio, atrás apenas do Black Power NG que é o meu PC de produção baseado nos poderosos Ryzen 9 3900X e GeForce RTX 2080 Ti.

Até a próxima parte!

Comentários

Mais lidas da semana

Salvando uma placa 286

Ficou feio

Avaliando o ReFS