Xeontosh (Parte 3 – Instalando o macOS Catalina)

Finalmente chegou a hora de instalar o macOS no Xeontosh. Confira!

Primeiramente, confira a seleção dos componentes e a montagem do Xeontosh, caso ainda não tenha visto. 👍

Obtendo o macOS e gerando a mídia de instalação

Para evitar problemas prefiro não colocar aqui no blog o link direto para o download da imagem do macOS Catalina, mas deixo uma dica: façam uma pesquisa por “Oralila Catalina”, que vocês não terão muita dificuldade para achar a imagem. 😉

Com a imagem baixada, será necessário gerar uma mídia para instalar o sistema. Para tanto eu usei o software de código aberto balenaEtcher, que tem versões para Windows, macOS e Linux. Após o instalar, abra-o e clique na opção Flash from file:

Selecione a imagem:

E o pendrive de destino:

Agora é só clicar em flash e aguardar o término.


A instalação

Com o pendrive criado, inicie o PC a partir dele:

Curiosamente, uma vez que o SSD usado aqui estava no meu MacBook de 2009 e continha o El Capitan, o Xeontosh iniciou por ele sem problemas. As perspectivas de sucesso eram ótimas!

Mas como queremos o Catalina, que é o último macOS exclusivo para x86, reiniciei novamente o PC e no menu escolhi a opção para instalação. Esta é a tela de boot:

Escolha o idioma:

Antes de partir para a instalação propriamente dita precisamos preparar a unidade de armazenamento. Para tanto, abra a opção Utilitário de Disco:

Iremos aqui apagar completamente o disco para o deixarmos exclusivo para o macOS. Portanto, faça um backup antes de prosseguir caso o disco contenha dados.

Aviso dado, clique no botão Apagar:



Com o disco limpo, clique em Particionar. Na tela exibida, entre com o nome do volume e selecione o sistema de arquivos APFS:

Partição criada!


Após a formatação encerre o utilitário de disco. Agora é possível iniciar a instalação:

Você concorda em vender a alma para a Apple? 👻

Selecione o disco de destino:

Aguarde a cópia dos arquivos:

Após o término o PC irá reiniciar e a instalação será retomada:

Instalação concluída! Clique em Continuar nas próximas telas:




Aqui escolhi para configurar mais tarde, mas fica a seu critério. Um ID da Apple é preciso para baixar softwares da App Store.

Novamente o termo venal da sua alma:

Hora de criar uma conta de usuário:

Particularmente não ativo os serviços de localização, seja qual for o sistema operacional: macOS, Windows, Ubuntu, Android...

Escolha o fuso horário:



Como este é um hackintosh “la garantia soy yo”, acho que não devemos compartilhar a análise do “Mac” com a Apple...

Clique em configurar mais tarde:

Para este que vos escreve estes “assistentes” tais como a Siri, Cortana e afins são pura perfumaria.

Escolha o tema:

As configurações serão aplicadas:

Como o nosso hackintosh possui um teclado “padrão PC”, precisamos informar o tipo do teclado:


Ufa! Instalação concluída! 😁

Embora o macOS esteja positivo o operante, ele ainda inicia apenas pelo pendrive. Na próxima parte mostrarei como solucionar isto, além de outros ajustes. Até lá!

Comentários