Unboxing e primeiras impressões: headset Husky Storm 7.1

Em uma posição intermediária na tabela de preços, este modelo da Husky traz suporte ao modo 7.1 surround virtual e iluminação RGB, que garante muito mais desempenho nos jogos. Veja as minhas impressões sobre o modelo.


Eis o Husky Storm 7.1:


Para um produto que não consta entre os mais caros, o acabamento de couro sintético é muito bom. O alto falante é de 50 mm com impedância de 21 Ohm e intervalo de frequências de 20 Hz a 20 KHz.


A haste é flexível e o microfone tem sensibilidade de -42 dB.


A conectividade é USB 2.0 com cabo trançado de 2,2 m, com controle de volume, do microfone e dos LEDs.


Para quem gosta, os efeitos de cores são bem bacanas inclusive no microfone. Os LEDs podem ser completamente desligados pelo controle presente no cabo.



O software

O headset é detectado como um “USB PnP Audio Device” pelo Windows 10.


No site do fabricante é possível baixar o software controlador (que não é reconhecido pelo SmartScreen do Windows...):


Porém o funcionamento é satisfatório:


O software traz vários recursos, dentre os quais destaco o equalizador gráfico, o modo 7.1 surround virtual (que sim, faz diferença) e o ajuste de ganho do microfone.




Claro que trata-se de uma observação puramente empírica e pessoal (e passo longe de ser um audiófilo), mas a qualidade de som é muito boa, com bom volume e graves. O modo 7.1 surround virtual funciona bem nas trilhas de áudio compatíveis com o padrão.

Para finalizar, na opinião deste que vos escreve, o Husky Storm 7.1 é uma boa opção aos que procuram um headset “gamer” que não detone a conta bancária.

Comentários