Unboxing: placa-mãe Gigabyte AB350M-DS3H V2

Confira a apresentação desta placa-mãe AM4 de entrada da Gigabyte, baseada no clássico chipset B350.


Mais detalhes da embalagem:


A placa já veio de fábrica com o firmware atualizado para os Ryzen 3000, o que certamente facilita bastante a vida daqueles que forem montar um processador Zen 2.


Retirar hardware da embalagem... ô coisa boa! 😍


As especificações são as seguintes:
  • Soquete AM4 compatível com os Ryzen 1000/2000/3000 e as APUs da série A;
  • Chipset AMD B350;
  • Quatro soquetes para módulos DDR4 de até 3200 MHz e até 64 GB no total;
  • Um slot PCIE 3.0 x16 controlado pelo processador;
  • Um slot PCIE 2.0 x16@x4 e um slot 2.0 x1 controlados pelo chipset;
  • Um conector M.2 compatível com o modo PCIE 3.0 x4 ou SATA-600, com suporte aos formatos 2242/2260/2280/22110;
  • Quatro portas SATA-600;
  • Codec de áudio Realtek ALC887;
  • Chip controlador Gigabit Ethernet Realtek;
  • Chip controlador de I/O ITE IT8686E;
  • Formato Micro ATX.


O circuito VRM possui dissipador de calor e seis fases, sendo quatro para o processador:


Detalhe dos slots PCI Express e do conector M.2:


Os conectores do painel traseiro, da esquerda para a direita:
  • Duas portas USB 2.0;
  • PS/2 para mouse ou teclado;
  • DVI-D;
  • HDMI;
  • Quatro portas USB 3.0 (ou USB 3.1 Gen 1);
  • Conector Gigabit Ethernet (RJ 45);
  • Duas portas USB 2.0;
  • Conectores de áudio analógico.


Os acessórios são os básicos: espelho traseiro, dois cabos SATA, folheto com instruções de instalação e o clássico DVD que ninguém usa.


Para finalizar, a Gigabyte AB350M-DS3H V2 é uma placa de entrada bastante honesta, com a vantagem de trazer o chipset B350 com suporte a overclock. É uma boa opção aos que querem montar um PC Ryzen intermediário ou mesmo para jogos, embora pessoalmente eu recomende que seja utilizado um processador de até 65 W, pelo seu modesto circuito regulador de tensão.

Comentários

  1. Parabéns pela compra, é uma ótima placa. Uma pena que a série 300 não vai ganhar a BIOS pro Ryzen 3, seria uma notícia mais que boa. O que vamos aprontar com essa coisinha, hein!?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda acho que os fabricantes vão adicionar suporte por conta própria, como fizeram com as A320 em conjunto com os Ryzen 3000.

      Mas de qualquer modo, mesmo que não haja suporte ainda haverá três gerações de Ryzen para brincar nessa plaquinha. 😃

      Excluir

Postar um comentário