AMD dando uma de Intel?

Recentemente a AMD divulgou que os novos Ryzen 4000 (Zen 3) não serão compatíveis com as placas-mãe X470 e anteriores, o que deixou todo mundo de cara pois os Zen 3 continuarão no soquete AM4. Será que vai ser assim mesmo?



Sim, conforme o anúncio da AMD, apenas as placas-mãe X570 e B550 suportarão os Ryzen 4000 mediante uma atualização do firmware, além, é claro, das novas placas com os chipsets da série 600 que serão apresentadas juntamente com os novos Ryzen. Oficialmente todos os chipsets anteriores (X470, B450, X370, B350 e A320) não terão suporte, conforme mostre este slide da própria AMD:


Mas qual é o motivo?

Não é nenhuma questão lógica e/ou elétrica que impediria o funcionamento dos Zen 3 com os chipsets anteriores. Segundo a AMD, o problema reside na falta de espaço nos chips Flash ROM das placas-mãe para acomodar o microcódigo de tantas gerações de processadores, principalmente aqueles de 128 Mb (16 MB).

Se for apenas este o problema, menos mal, pois os fabricantes de placas-mãe podem facilmente modificar a imagem do firmware de modo a enxugar a mesma, como por exemplo, removendo o suporte às APUs da série A (Bristol Ridge) e mesmo aos Ryzen de primeira geração. Na verdade, esta preocupação não é de agora.

Vale lembrar que, no advento do lançamento dos Ryzen 3000 no ano passado, a AMD também afirmou que as placas com chipsets da série 300 não teriam suporte oficial, o que foi facilmente resolvido pelos fabricantes: até mesmo as mais simples placas A320 possuem suporte. Desta forma, acredito que vale a pena aguardar antes de arrancar os cabelos.

Comentários

  1. Pelo menos deram uma justificativa razoável, diferente do que ocorre com a concorrente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a AMD voltou atrás. Os chipsets X470 e B450 terão suporte oficial.

      Excluir

Postar um comentário