Atualização do capiroto

O Windows 10 novamente tem uma atualização problemática, só para variar. Fujam da KB4541335 a todo custo! 😱


A fatídica KB4541335 surge no Windows Update como uma atualização cumulativa opcional. Quem avisa amigo é: não a instalem!

Eu cometi a besteira de a instalar em dois dispositivos meus e em ambos houve problema. No notebook Samsung Odyssey ela simplesmente quebrou o sistema (não inicia mais) e no meu PC a maledeta conseguiu a proeza de sobrecarregar o Ryzen 9 3900X (o sistema fica com um lag absurdo e com alto uso de CPU), outro sintoma amplamente reportado Web afora que é causado por ela.

Mas nem tudo está perdido. Se você, assim como eu, fez a 💩 de instalar a KB4541335 e o PC deu problema, há duas possíveis saídas sem precisar formatar tudo.

Se o Windows não inicia

De tanto tentar iniciar, mais cedo ou mais tarde o Windows vai entrar no console de restauração:


Clique em “Ver opções de reparo avançadas”:


Escolha “Solução de Problemas”:


Em seguida, “Opções avançadas”:


Enfim, “Configurações de Inicialização”:


Clique em “Reiniciar”:


Na tela que é apresentada após o PC reiniciar, pressione F4 para entrar no modo de segurança:


Caso tudo correr bem, o próprio sistema automaticamente reverterá a instalação da KB4541335 e voltará a funcionar normalmente.

Se o Windows está lento

Execute o Painel de controle clássico e abra a opção “Desinstalar ou alterar um programa”. Em seguida, clique em “Exibir atualizações instaladas”:


Clique com o botão direito sobre a KB4541335 e escolha “Desinstalar” para mandar a maldita para as profundezas do inferno!


Mas você deve ser rápido: por outro motivo obscuro o prazo para desinstalar a KB4541335 é de dez dias após a instalação. Depois disso, só reinstalando o Windows para resolver! 👿

Opcional: pausando as atualizações

Como a Microsoft está dando uma de Armless John (João sem braço) e declarou que não está ciente dos problemas da KB4541335, eu recomendo pausar as atualizações do Windows por algum tempo até ver onde esta história vai dar, principalmente em PCs de produção.

Para tanto, abra o Windows Update e clique em opções avançadas. No campo “Pausar atualizações”, escolha uma data até a qual as atualizações estarão suspensas. Eu escolhi 15 dias, sendo que o limite máximo é de 35 dias.


É realmente incrível como o Windows 10 sofre com atualizações problemáticas e não é de agora. Será que a Microsoft as deixou a cargo dos estagiários?

Comentários