Unboxing e primeiras impressões: SSD Kingston UV500 de 480 GB

Disponível tanto nos formatos de 2,5” quanto M.2, o UV500 é um SSD de entrada da Kingston que utiliza a sinalização SATA/AHCI. Confira aqui a apresentação e as minhas impressões sobre o modelo de 480 GB no formato M.2 2280.


O UV500 utiliza chips de memória flash NAND TLC, ou seja, que gravam três bits de dados em cada célula de armazenamento, aumentando desta forma a densidade e reduzindo o custo por gigabyte, ao custo de uma menor durabilidade se comparado aos chips MLC e SLC que gravam dois e um bit em cada célula, respectivamente.

Logo após os contatos do soquete M.2 podemos ver o chip controlador, um Marvell 88SS1074.


Conforme a Kingston, esta unidade sustenta até 520 MB/s para leitura e 500 MB/s para escrita, ambas sequenciais. O CrystalDiskMark mostrou que o UV500 até supera os números publicitários:


Mais informações sobre o dispositivo:


Ainda segundo a Kingston, o TBW (Total Bytes Written) desta unidade de é de 200 TB. Trata-se da quantidade de dados que podem ser gravadas no dispositivo sem que ocorra diminuição de performance, é como se fosse a garantia do fabricante. Duzentos terabytes é bastante coisa: se todo dia eu reinstalar o Windows 10, que ocupa cerca de 20 GB, eu levaria 10.240 dias ou 28 anos para atingir o TBW da unidade. 😮

Enfim, o Kingston UV500 é uma boa unidade SATA, porém o seu preço inflou consideravelmente nas últimas semanas, ultrapassando os 600 bolsonaros no varejo (o comprei no Mercado Livre em novembro do ano passado por 400), valor que prejudica bastante o seu custo x benefício.

Comentários